ganhe pontos, vire um especialista!
Publicidade

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação

Entenda como funciona a pontuação
  • Início 100 pontos
  • Perguntar -5 pontos
  • Responder 5 pontos
  • Boa Resposta 7 pontos

Cachorro em condominio, pode ou nao proibir? O que fazer?

Por: CRISTINA DOS SANTOS RAMOS

A convenção do meu condomínio proíbe animais de qualquer espécie (salvo autorização do síndico oi conselho consultivo). Ai comprar o imóvel tomei ciência da proibição, logo nao possuía animais. Porém casei e fui morar em outro condomínio e ganhei meus dois filhotes (york e maltês). Ao me divorciar eles vieram comigo para o condomínio em questão (há 1 ano e 8 meses). Assim que retornei percebi que no prédio existem outras unidades com animais como: gato, cachorro, aves. Faz dois meses que venho recebendo comunicado e mês passado fui multada em 1/3 do salário mínimo. Após o ocorrido fui ate meus vizinhos que se encontra na mesma situação que eu e estes disseram que nunca haviam recebido nenhuma notificação, quiçá multas. Antes das multas ou notificações entrei em contato com a sindica solicitando autorização e esta negou sem justificativa. Posso solicitar autorização ao conselho consultivo, porém sou membro deste conselho e nao sei se seria considerado abuso de poder. Somos três no conselho e um dos membros nao autoriza. O que fazer? Devo continuar pagando as multas(estas vem juntas com o condominio e a convenção nao esclarece como esta deve ser feita). Observo que meus amimais sao de pequeno porte com quase 3 kg cada um, possuem atestado de saúde, vacinados e vermifugados, nao latem, apenas transitam pelo condominio em bolsas para transporte de pet. Cordialmente Cristina Ramos

551 dias atrás
Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.

Respostas (4)

  • Marcos Costa respondeu há 551 dias atrás

    A única coisa que ela pode fazer é lhe notificar por estar andando com ele nas áreas comuns e fazendo sujeira, etc., ou eles estiverem perturbando o sossego dos outros moradores , se você não cumprir aí sim a multa, mas PRIMEIRO a notificação,. Como você está falando que eles tem vacina e tudo mais e carrega na bolsa apropriada, você está dentro de todas as normas. Hoje é certo e ganho na justiça criar animais em condomínio, desde que cumpram as REGRAS da Convenção e Regulamento Interno, Proibir só em casos extremos desde que provados, hoje os animais fazem parte da família. Como você é membro do conselho dever saber de cor e salteado o que diz em sua Convenção e Regulamento Interno. O que eu faria, exigiria a devolução do dinheiro por bem ou Justiça. Mande uma carta protocolado por escrito ao Síndico exigindo explicações e provas das multas, muitas convenções antigas não autorizam Síndicos a multar. Lembre-se, se você está dentro de todas as regras, não tem o que temer, e ainda Pode ganhar uma indenização do condomínio. Muitos síndicos se acham autoritários e mau sabem o que diz na convenção.

    Até ...

  • Edylson Campos respondeu há 551 dias atrás

    Sra. Cristina dos Santos - CONDOMINIO ED. TELOS I

    Boa Tarde.

    A senhora está atravessando - com base em seu relato - um processo interno totalmente inadequado e injusto.

    Em condomínios só existe uma forma de coibir legalmente a permanência de animais (cães e gatos) nas unidades atualmente:

    a) por reiterada perturbação ao sossego comum (com latidos e miados exagerados); e

    b) por comprovada falta de higiene no local.

    Especificamente com base em seu relato é notório que a isonomia condominial não está sendo respeitada - porque seus vizinhos têm animais e não são multados, tampouco advertidos, e a senhora vem passando por tudo que questionou.

    Há outro aspecto importante a considerar em sua explanação: multas não podem vir dessa forma (junto com a cota mensal), porque dependendo da convenção do condomínio há possibilidade do morador pedir uma revisão para o conselho ou recurso próprio para assembleia geral.

    Tecnicamente a aplicação de multa se justifica apenas pela necessidade de proteger os demais condôminos de um ato nocivo atípico, comprovado e específico no condomínio. A negativa de qualquer esclarecimento por parte da síndica já pressupõe que algo no ambiente administrativo não está bem - mesmo a senhora sendo conselheira. Não é comum em administrações modernas observarmos esse tipo de tratamento questionável e notadamente desigual. Há direitos e obrigações para todos, inclusive limites administrativos a cumprir e observar com relação ao direito de propriedade em questão.

    A aplicação de multas normalmente é atribuição da Assembléia Geral ou do próprio Síndico - desde que a Convenção expressamente assim determine.

    Este direito é tão amplo e significativo, que se o recurso específico for encaminhado para a assembleia geral, e o condômino não obteve êxito nesta via, ou não ficar satisfeito com o "julgamento" realizado, lhe será assegurando (por força de princípio constitucional correspondente) a via judicial.

    Por força da prerrogativa legal acima e, não menos, do exercício da ampla defesa previsto em nossa Constituição Federal, não é adequado incluir multas condominiais em boleto único.

    Especificamente, se seus animais não causam transtorno aos vizinhos com certa frequência e abuso, tudo que está sendo feito contra a senhora (advertências, multas, etc) é perfeitamente questionável no plano interno (recursos específicos para a assembleia geral - com cancelamento de multas), e muito mais significativo para o judiciário.

    Boa Sorte.

    Fonte:
    www.condojus.com.br

  • CRISTINA DOS SANTOS RAMOS respondeu Edylson Campos há 550 dias atrás

    Agradeço, sua explicação, pois me fez ter maior forca e respaldo para lutar pelos meus direitos e acima de tudo cumprir meus deveres, respeitando como sempre o bem comum.
    Cordialmente Cristina Ramos

  • Marisa Marta Sanchez respondeu há 550 dias atrás

    Cristina mesmo a convenção proibindo, essa proibição não se mantém na justiça.

    O que você não pode é deixar que os animais incomodem os demais condôminos. E muito provavelmente é proibido, pelo seu RI, circular com eles pela área comum.

    Se a multa foi só pela posse dos animais aconselho você a ir para a justiça em defesa dos seus peludos..

    Abraços e boa sorte