ganhe pontos, vire um especialista!
Publicidade

Pontuação

Entenda como funciona a pontuação
  • Início 100 pontos
  • Perguntar -5 pontos
  • Responder 5 pontos
  • Boa Resposta 7 pontos

Final de mandato ninguém quer ser síndico

Por: Fábio Borges

Gostaria de saber como proceder:

Sou síndico de um condomínio e pela convenção, o mandato é de um ano, prorrogável por mais um ano. Estou há dois anos no cargo e meu segundo mandato acabou em maio de 2013. Ná época, convoquei uma AGE, fiz a prestação de contas e eleição de síndico, porém NENHUM dos proprietários quis ser síndico do condomínio.
Tentei mais 4 convocações da AGE, sempre com 2 ou 3 proprietários somente, em 13 apartamentos, e nenhum deles quer assumir.
Não tenho mais condições físicas e psicológicas de continuar e não sei o que fazer. Não há ninguém para assumir e eu não consigo sair.
Propus contratar uma administradora profissional, porém não foi aprovado pois iria encarecer os custos do condomínio.
Alguém pode me ajudar? O que posso fazer?

Grato

316 dias atrás
Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.

Respostas (6)

  • Alexandre Marques respondeu há 316 dias atrás

    Olá Fábio. Bom, primeiro você pode ver isso como um bom sinal, né? Sinônimo de que estão aprovando reiteradas vezes suas gestão...já pensou em tirar umas férias e continuar no cargo?
    Agora, se sua ideia for mesmo renunciar, sugira que o Conselho Consultivo fique à frente do condomínio atuando como um colegiado por pelo menos seis meses, quando então, poderão tentar uma nova eleição, costuma dar resultado nesses casos. A sua sugestão de contratar um Sindico profissional é boa e existem bons profissionais aí no Rio, por honorários justos, mas, se os moradores não concordam há realmente de se pensar em outra saída. Existe uma solução extrema que é pedir a intervenção estatal, porém é burocrático e demorado determina o Artigo 1350 do Código Civil:
    Art. 1.350. omissis

    § 1o omissis

    § 2o Se a assembléia não se reunir, o juiz decidirá, a requerimento de qualquer condômino.

    Judicialmente um morador pode pedir em juízo que o Juiz determine a nomeação de um Síndico, terceira pessoa, estranha ao condomínio, mas, é, como disse burocrático, demorado e, certamente não é a melhor solução. Abraços e boa sorte!

  • Maria Telma Falcão de Carvalho respondeu Alexandre Marques há 316 dias atrás

    Prezado Alexandre,

    Pode o condômino ser administrado por um colegiado? acho que não, é melhor partir para a opção estatal, pois tem que seguir a convenção e nela, com certeza, diz que deve ser eleito um síndico pelo prazo de um ano.

  • Maria Telma Falcão de Carvalho respondeu há 316 dias atrás

    Fábio,

    Voce não é obrigado a ser sindico a vida inteira, ainda tem o livre arbítrio. Entregue o cargo e alguém que se mexa. O que não pode é o condomínio ficar sem síndico, mas se não querem pagar mais, alguém, tem que se candidatar.

  • Fábio Borges respondeu Maria Telma Falcão de Carvalho há 316 dias atrás

    Obrigado pelas respostas amigos!

    Mas o problema é que ninguém quer assumir mesmo. Eu tinha um subsíndico, que vendeu o apartamento e saiu. Ninguém quis ser subsíndico.
    Aqui no norte fluminense, a maioria dos apartamentos são para aluguel, temos poucos proprietarios residindo, Aqui no prédio, dos 13 apartamentos, 4 residem somente. Então ninguem quer!
    Acho que vou ter que apelar para intervenção judicial mesmo. O problema é como fazer isso, pois não tenho posses para pagar um advogado e não sei como fazer sozinho (nem sei se posso).
    Alexandre, com certeza, pois deixo o condomínio sem problemas financeiros. Entretanto, é penoso ser síndico, ainda mais em um prédio com quase todos os apartamentos alugados, onde os proprietários não participam na administração.
    Não temos conselho consultivo, sou eu e eu. Então, acho que só me resta a intervenção estatal mesmo.

    Obrigado!

  • Marisa Marta Sanchez respondeu há 316 dias atrás

    Fábio a sua convenção exige que o síndico seja condômino?

    Porque se existe a opção convencional de contratar um profissional já entre na próxima assembleia com um candidato profissional a tiracolo.

    Esqueça o colegiado, a lei diz SÍNDICO.

    Abraços

  • Valmir de Sousa Carvalho respondeu há 314 dias atrás

    Fabio,

    A convenção e o artigo 1.347 do CC, terão que ser cumpridos.