ganhe pontos, vire um especialista!
Publicidade

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação

Entenda como funciona a pontuação
  • Início 100 pontos
  • Perguntar -5 pontos
  • Responder 5 pontos
  • Boa Resposta 7 pontos

Garatidora de Taxas Condominiais

Por: GLAILSON FALEIRO

Prezados, gostaria de saber se algum síndico trabalha tem parceria com empresas garantidora de taxas de condomínio. Recebemos uma visita de uma empresa ASSISCON (GO)e fechamos o contrato com ela. Aparentemente, não teremos mais inadimplência, pois esta empresa irá nos ressarcir 93% do valor global das taxas.

1059 dias atrás
Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.

Respostas (17)

  • Luciano Assis respondeu há 1059 dias atrás

    Glailson, apenas sugiro verificar se essa suposta garantia que lhes fora dada, consta em contrato e se sim, quais as garantiam e tempo. Ex: no contrato consta a garantia de pagamento de 93% do valor da taxa condominial, porém, apenas por X unidades inadimplentes ou X período. Não desconfiando da empresa, mas hoje ninguém oferece serviço sem algo em troca. Boa sorte.
    Luciano Assis

  • Osni - PROCOND respondeu há 1059 dias atrás

    Complementando o Luciano Assis, ..... e que essa atitude (de contratar por 93%) tenha sido aprovado em assembleia. O Síndico sozinho não tem esse poder!

  • Carlos Martins respondeu há 1058 dias atrás

    Essa para mim é novidade, garantir a inadimplencia... boa sorte

  • GLAILSON FALEIRO respondeu há 1058 dias atrás

    Prezados, fizemos uma extensa avaliação dessa empresa, cuja matriz é em Curitiba. Aqui em Goiânia, essa empresa já garante condomínios no valor de até 70 mil reais por Mês, onde ligamos e confirmamos esta informação. Ela não trabalha de graça. Pois como disse, ela ressarce 93% desse valor. A fonte principal de renda dessa empresa é que ela faz parte de um grupo de escritórios jurídicos, especializados em cobranças de condomínios, pois segundo consultor que nos atendeu, disse-me que eles ganham exatamente na cobrança dos inadimplentes, cobrando os juros e multas estabelecidos por lei.
    Em relação aos prazos para pagamento, eles nos ressarcem até o segundo dia útil do vencimento da taxa de condomínio.
    Claro que aprovamos em assembléia, a contratação dessa empresa, pois nosso condomínio é novo e está apenas 20% habitado, portanto a maioria das pessoas que não mudaram, não estavam pagando as taxas condominiais, o que levou a gente contratar essa empresa de garantidora.
    Caso queiram maiores informações desta empresa, acessem o site www.assiscon.com.br

  • Angela Merici Grzybowski respondeu há 1058 dias atrás

    Glailson, ao fechar o contrato com essa empresa você está concordando em ter sempre 7% de inadimplência, você está abrindo mão de 7% da sua arrecadação.
    Se fosse aqui eu teria prejuízo, hoje tenho 6 condôminos que pagam com cerca de 1 mês de atraso, ou seja, consigo receber 100% da minha arrecadação em 60 dias. no meu caso, acho que vale a pena esperar mais 30 dias para receber esse atraso com multa, 1% de juros e a correção monetária, ao invés de conctratar um serviço como o que você contratou.
    Mas, cada qual administra a seu modo, na próxima Provisão Orçamentária, leve esse fator em consideração, pois sua arrecadação diminuiu em 7%.
    Boa sorte.

  • ANTONIO CARLOS EVANGELISTA respondeu há 1058 dias atrás

    Glaison.
    Boa Noite.
    Existe Bancos e Seguradoras que fazem este tipo de negócio.
    É necessário sim verificar primeiro onde já ocorreu a necessidade e tenha sido atendido.
    Idoneidade da Empresa,
    Pedir assessoria do Contrato de um advogado para ver na realidade o que este seguro cobre. Porque usual é Seguro de Locatários para garantia do Locador.
    Precaução e canja de galinha não faz mal a ninguém!

  • Carlos Fernando de Souza respondeu há 1058 dias atrás

    entre também no site www.reclameaqui.com.br e faça uma pesquisa da empresa e veja se existe alguma insatisfação.

  • Rogério Alexandre Garcia respondeu há 1029 dias atrás

    Sou sindico de condominio em Ribeirão Preto e contratamos esta empresa em 2008, porém ficamos muito insatisfeitos com a cobrança exagerada de juros,multa, encargos e taxas que não eram previstas na convenção, para se ter uma idéia um atraso de 15 dias gera va uma aumento de 30% sobre o valor original, além de tarifas absurdas pela emissão de boletos o que é ilegal e gerou uma serié de processos contra o condominio, na qual o moradores ganharam e tivemos prejuízos imensos.

  • claudio lucio oliveira respondeu Rogério Alexandre Garcia há 477 dias atrás

    Bom dia Rogério. Estou com o mesmo problema em Ribeirão Preto. Como os moradores entraram com processo contra o condomínio? Foi coletivo ou individual?

  • Sandro Araujo respondeu há 1029 dias atrás

    Caro Glailson: a contratação da empresa tem de ter sido aprovada por 2/3 dos condôminos. Se a cobrança for excessiva em termos de juros, quem for cobrado pode processar o condomínio. O Código Civil prevê juros de 1% ao mês, ou o que é estabelecido em convençāo. O máximo aconselhável é de 10% ao mês.
    Se a contrataçāo nāo foi aprovada e os juros nāo foram definidos com a aprovaçāo de 2/3 dos condôminos, a empresa vai ganhar dinheiro, pois o síndico aprovou a contrataçāo. Já o condômino que se sentir lesado,pode processar o condomínio, mostrando que a cobrança dos juros foi maior do que a estabelecida no Código Civil.
    Ninguém é obrigado a fazer nada ou deixar de fazer a nāo ser por força da lei. A lei permite cobrar mais do que 1% ao mês? Só se for aprovado por mais de 2/3 dos condôminos e constar em convençāo. Isto foi feito? Se nāo, o que o condômino pagar a mais, ele pode cobrar na Justiça e a chance de ganhar, nāo só o valor pago, mas o dano moral e material também, é muito grande.
    Além disso, perda de 7% ao mês. Quem cobre este prejuízo mensal?

    Fonte:
    Código Civil Brasileiro

  • GLAILSON FALEIRO respondeu Sandro Araujo há 1029 dias atrás

    Caro Sandro, como dito logo acima, nosso condomínio é novo e está com apenas 20% habitado. Quem ainda não se mudou, não está pagando a taxa condominial, mesmo sendo obrigatório. Quem já mudou e pagava suas taxas em dia, estava amargando com a inadimplência proporcionada pelos proprietários que não se mudaram. Para se ter uma ideia, nosso condomínio sequer tinha interfones nos apartamentos, pois não tínhamos receita para quitar nem as despesas fixas. Em relação a esse processo de cobrança, sendo ele dentro da lei, a obrigação do condômino é pagar sua taxa até a data do vencimento. Se ele não pagar, ele também tem a obrigação de arcar com os juros e multas dentro da lei. O que estava acontecendo é que os bons pagadores estavam sendo prejudicados pelos maus pagadores. Em relação aos 7%, ele é diluído na taxa de condomínio, sendo que já pagávamos quase este valor para o escritório de contabilidade para a emissão de boletos, taxas de cobrança, entre outros e agora não pagamos mais, pois este trabalho é da empresa ASSISCON. Então, acredito que nos próximos 2 anos de contrato com essa empresa, não passaremos por dificuldades financeiras, pois como disse, os bons pagavam pelos maus. Obrigado.

  • Sandro Araujo respondeu GLAILSON FALEIRO há 1029 dias atrás

    Caro Glailson:
    Sua colocação foi perfeita: se o condômino não pagar, ele tem a obrigação de arcar com os juros e multas dentro da lei. Se a empresa contratada por vocês cobrar multa de 2% e juros de 1% ao mês, não há problema algum. Se cobrar a mais, e não houver deliberação da assembleia com aprovação de 2/3 dos condôminos, a cobrança é ilegal.
    A única forma de cobrança, infelizmente, é via judicial. E o juiz na hora de fixar a sentença vai buscar o que está na lei.
    A Assiscon ofereceu um serviço a vocês. Quem contratou foi o síndico. Ela cobra o que o síndico permitiu. É o negócio dela. Se o condômino se sentir lesado, mesmo estando devendo, ele entra na justiça e mostra o que diz a lei e a convenção do condomínio. Quem paga o que foi cobrado ilegalmente é o condomínio ou e somente, o síndico. Por isso, cuidado!

  • Osni - PROCOND respondeu há 1026 dias atrás

    Como fui o 2º a postar comentário, tomo a liberdade de "achar" que virou propaganda eantiética!

  • Amabile abreu Bacelar respondeu há 870 dias atrás

    Olá Glailson e amigos,
    Sou conselheira muito participativa do meu prédio em Curitiba e temos essa empresa ASSISCON como prestadora de serviços a mais de 5 anos com total satisfação pelo serviço prestado.
    Houve um tempo em que o morador dizia que não pagava o condomínio pq o prédio não mantinha e o condomínio dizia que não mantinha o patrimônio pq não tinha dinheiro e isso ocasionou aos condôminos conscientes um ?basta ao inadimplente? dentro do prédio.
    Na ocasião da contratação, a oferta parecia estranha, tomamos a liberdade de checar a idoneidade inclusive com visita a matriz e posso dizer que desde então, estamos muito satisfeitos com o trabalho apresentado pois o problema que era de fluxo de caixa foi resolvido.
    Antes disso gastávamos com outras coisas agregadas o que hoje não mais ocorre por temos dinheiro em caixa. Hoje negociarmos todas as contas do condomínio por antecedência e a vista, sem dificuldade nenhuma, reduzimos em administrativo, jurídico, pessoal e em serviços, de modo que em nosso condomínio não se pensa de forma nenhuma em modificar a gestão.
    Hj nosso síndico gasta seu tempo administrando e nós como condôminos conscientes, ofertamos a ele condições de trabalho com dinheiro em caixa para poder realizar pois entendemos muito bem e incorporamos essa proposta e forma de gestão.

  • CLAITON FERREIRA BORCATH respondeu há 564 dias atrás

    A única questão é que há a cobrança excessiva, acredito que entre 4% e 5% seja o limite para a cobrança, observado que a empresa de cobrança ainda fica com a multa de 2%, juros de mora de 1%, correção monetária e ainda os honorários do advogados, normalmente limitados a 10%.

    Portanto, entendo que o limite seria 5%, existem empresas, inclusive a que presta este tipo de serviço dentro destas limitações, como no caso do meu condomínio.

  • Carlos Martins respondeu há 564 dias atrás

    EU TENHO UMA PARCERIA COM A EMPRESA GARANTE DE CURITIBA, ÓTIMA SEM RECLAMAÇÕES.

  • Leonardo pereira respondeu há 389 dias atrás

    Bom dia...

    Em questão condominial, o serviço das garantidoras é pioneiro e uma realidade na região sul do pais.
    Já na região sudeste, é novidade.

    Mas acreditem, é tendencia para TODOS os condomínios.
    Em um futuro próximo,. acredito que até os bancos irão querer um pedaço da fatia...

    Elas cobram entre 6% a 10% do valor de cada taxa. ( isso em uma assembléia pode ser repassado para o condômino, já que se trata de um serviço)
    Outras vantagens: O valor cai 100% na conta mensalmente.
    A garantidora assume a cobrança do inadimplente.
    Total assessoria jurídica incluída no serviço sem honorários ao Condomínio.

    Aos que escrevem muita besteira, estudem as linhas antes de se manifestarem.

    É o que mais acontece nesse fórum do SindicoNet. Escrever por escrever.
    Principalmente os que querem se manter no ranking dos 10.

    Att;