ganhe pontos, vire um especialista!
Publicidade

Pontuação

Entenda como funciona a pontuação
  • Início 100 pontos
  • Perguntar -5 pontos
  • Responder 5 pontos
  • Boa Resposta 7 pontos

Como sair do conselho?

Por: Roberto

Eu e outro morador somos parte do conselho do condomínio. Ocorre que já faz muito tempo que discordamos com o síndico no que tange a transparência das contas (síndico e administradora) , atitudes e até a importância (ou falta dela) em vários assuntos. Enfim, gostaríamos de sair do cargo de conselheiros. Para isto bastaria uma carta informativa aos condôminos (fazemos questão) e síndico c/ cópia no livro de ocorrências ou é necessária alguma outra atitude ?

1000 dias atrás
Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.

Respostas (5)

  • Osni - Sindico Profissional respondeu há 1000 dias atrás

    Alexandre. Quem os elegeu? A assembleia, não foi? Portanto é para a assembleia que devem entregar seus cargos. A assembleia deve eleger outros se assim desejar. Como é bem provável que o Síndico não queira convocar para ouvir o que os senhores tem a dizer, coloquem numa carta a TODOS os condôminos (além dos motivos que possuem) que pediram para o Sindico convocar e este não o fez!

  • Maria Telma Falcão de Carvalho respondeu há 1000 dias atrás

    Alexandre, boa noite,

    Para sair do conselho basta fazer uma carta ou email desistindo do cargo. Se achar necessário, faça uma carta aos moradores relatando fatos em que tenha havido irregularidade, caso não tenha nada a dizer, é só comunicar que está saindo.

  • ANTONIO CARLOS EVANGELISTA respondeu há 1000 dias atrás

    Alexandre.
    Boa Noite.
    Se no Caso foi eleito pela Assembleia, nada mas justo que envie uma carta para cada Condômino, dando as suas razões porque estão saindo do Conselho para que não venham posteriormente acusá-los de haver conivência, omissão ou negligência da parte dos Senhores. Mande uma carta para o Síndico fazendo a mesma afirmação. Se os Condôminos acharem que devam fazer uma Assembleia para explicarem as razões com fundamentos e não apenas com palavras, se apresentem e falem.
    Caso contrário, se mantiverem também uma Administradora, que seja notificada por carta, cercando de todos lados vossas responsabilidades e deixando que o Síndico vá responder ou por essa assembleia que queira ele ou outros efetuarem, ou no final, na prestação de contas quando os Condôminos já terão conhecimento aí em documentos, as falhas cometidas pelo Síndico.
    Essa é minha opinião que não estarão denegrindo a ninguém , apenas falando as razões porque desistem dos cargos, e garantindo suas posições que lhes foram confiadas.
    Abraços.

  • Edmilson Marsilli respondeu há 1000 dias atrás

    Roberto tenho outra visao do assunto.
    Voce quando se candidatou tinha conhecimento que teria algumas atribuiçoes e tarefas para com os condominos e una delas era a de fiscalizar as atitudes do sindico principalmente na transparencia das contas, logo, o melhor no meu ponto de vista, seria o de enviar uma carta registrada se for o caso para que o sindico e a administradora possam esclarecer suas duvidas sobre as contas e permanecendo a duvida ou nao se esclarecendo os fatos, ai sim voce teria argumentos mais do que suficientes nao para sair do conselho, mas quem sabe destituir o sindico e por consequencia a administradora tambem, podendo levar o seu condominio de uma forma mais transparente como acredito que queira.

  • Enio Peixoto respondeu há 1000 dias atrás

    Pelo que entendi, vocês não concordam com a administração e estão querendo deixá-la. Se for isso, não acho que você deva sair do conselho.

    Conselho, pela lei atual não faz parte da administração do Condomínio. É um orgão fiscalizador da Administração. Logo, se você e outro conselheiro não concordam com a falta de transparência, informem isso a todos os condôminos. Esse é o trabalho para qual foram eleitos.

    Agora, se quiser sair, basta fazer uma carta de renúncia e informe seus motivos a todos condôminos, para não deixar dúvidas.