O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Rodrigo Karpat

Pergunte ao especialista

Essa semana as dúvidas são sobre alçada de trabalho do síndico, prestadores de serviço e presidente da mesa

O advogado especialista em condomínios Rodrigo Karpat responde as dúvidas dos nossos leitores sobre vida em condomínio.

Sua coluna é publicada a cada duas semanas, sempre às segundas-feira, aqui no SíndicoNet.

Para enviar sua pergunta para o Rodrigo Karpat, use o espaço para comentários no final dessa página.

Alçada de trabalho do síndico

Pergunta 1, de Elizete Schopf Tenho alimentado cães de rua em frente ao meu prédio, mas o síndico manda o zelador retirar os potes de ração e água. Pergunta: o síndico pode utilizar o serviços do zelador para retirada dos potes da calçada e pode proibir de pôr ração e água na calçada em frente ao prédio, sendo um espaço público?  

RESPOSTA DO ESPECIALISTA

Elizete, Apesar de ser pessoalmente  simpático a prática de alimentação de cães de rua, a frente do condomínio pode não ser o melhor lugar para isso. Portanto, você deve encontrar algum local nas proximidades para alimentá-los de forma que não interfira na rotina do prédio.  O zelador pode sim interferir na frente do prédio. Inclusive a manutenção do passeio é de responsabilidade do condomínio por força das da Lei 8.616/2003, e  da Lei 9.845/2010.

 

Cachorro no condomínio  

Pergunta 2, de Andreia Miyagi

Sou inquilina de um prédio relativamente novo (menos de 1 ano entregue) e um síndico foi eleito há pouco tempo. Tenho um cãozinho de porte pequeno, cardíaco, que nao pode ficar sozinho por muito tempo por recomendações veterinárias. Como meu marido e eu trabalhamos fora, temos um prestador de serviço que vem buscaá-lo todos os dias. Em alguns desses dias não estamos em casa e ele tem autorização por escrita ( norma do próprio síndico) para subir e deixar nosso cão no nosso apartamento em nossa ausência. Agora, o síndico diz que o mesmo não pode subir para pegar meu cãozinho (sou obrigada a parar meus afazeres antes de ir pro trabalho para descer e leva-lo) e disse que o mesmo nao terá autorização para subir e deixar meu cão na nossa ausência. Agora eu pergunto, faxineiras, empregadas e babás podem subir mesmo na ausência dos empregadores (ja verifiquei essa informação). Entao por que meu prestador de serviço é o único a ser discriminado? Ele é um prestador de serviços de minha confiança que vem todos os dias a minha casa, inclusive na minha ausência (antes dessa regra). O que posso fazer contra esse síndico?

RESPOSTA DO ESPECIALISTA

Andréia, Tanto a manutenção de animais de estimação no interior de unidades, bem com o direito de usar e dispor da sua unidade da forma que melhor lhe convier, são considerados uso regular de um direito, o direito de propriedade. Desta forma, o síndico não pode oferecer qualquer impedimento para a manutenção do seu animal, desde que a manutenção  não perturbe o sossego, saúde e salubridade dos que ali coabitam. Da mesma forma o síndico não pode impedir que você utilize a sua unidade, desde que não prejudique os demais. O que é previsto no Código Civil Art. 1.335 “São direitos do condômino: I - usar, fruir e livremente dispor das suas unidades;”

O abuso ao exercício de qualquer um destes direitos é considerado crime, e o seu exercício poderá ser assegurado judicialmente por meio de ação cível.  

Presidente da mesa

Pergunta 3, de  Gisa Fagundes Olá tenho reunião de condomínio no próximo dia 1ª e tenho uma dúvida que não consigo achar em lugar nenhum. Meu prédio tem dois anos da entrega. Todas as reuniões até agora foram presididas pela mesma pessoa, que eu acho muito autoritária. O que pode ser feito para ele não presidir a próxima?

RESPOSTA DO ESPECIALISTA

Gisa,

O presidente de mesa deverá ser eleito nos termos da Convenção, a qual poderá exigir que o mesmo seja condômino, e ainda fazer outras exigências, tais como, o impedimento do síndico na condução dos trabalhos, entre outros. No caso relatado, caso o presidente  habitual não esteja conduzindo a assembleia de forma prudente, os presentes podem eleger outro candidato, basta que na hora que forem abertos os trabalhos um novo interessado se manifeste. Caso exista mais de um interessado em presidir  os trabalhos o presidente deverá ser eleito por meio de voto aberto pelos presentes.

(*) Rodrigo Karpat é advogado de Direito Imobiliário e sócio do escritório Karpat Sociedade de Advogados

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...