O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

Estacionamento para Moto

Por Fernando José Lima de Oliveira
Perguntou há mais de 1 ano

No nosso condominio não existe vagas para o estacionamento de motos porem existe uma área comum na qual estamos usando como estacionamento so que alguns condominos só concordam com esta situação se cobrarmos uma taxa mensal alegando que não e justo para com os demais moradores que não possui motocicleta neste caso posso fazer uma assembleia pra discutirmos esse assunto e qual e o quorum para a aprovação sendo que hoje temos 96 moradores até resolver esta situação coloco as motos na rua..

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (5)

Ordenar:

DAILSON BASTOS DE ALMEIDA
DAILSON BASTOS DE ALMEIDA

Respondeu há mais de 1 ano

Os condôminos que tiverem moto, devem estaciona-la em sua área de garagem. Quem tiver carro e moto, tem que dar um jeito de encaixar os dois na sua vaga. Afinal de contas área comum, é área comum, e só pode ser mudado o seu destino depois de aprovado em Assembléia Geral.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ver todos os comentários (2)
Fernando José Lima de Oliveira
Fernando José Lima de Oliveira

Comentou há mais de 1 ano

Boa noite, Dailson não da pra estacionar a moto e o veiculo juntos digo na mesma vaga numa assembleia qual o quorum para aprovação

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Fernando José Lima de Oliveira
Fernando José Lima de Oliveira

Comentou há mais de 1 ano

Boa noite,
Dailson
Por conta da possível cobrança da taxa de estacionamento das motos alguns condôminos estão dividindo o estacionamento que e para o veículo 04 rodas com as motos fica meio apertado à questão e pode ou posso proibir uma vez que consta na convenção que no nosso condomínio temos apartamentos com uma e duas vagas de garagem, pois acho que pode ocorrer outra situação alguns proprietários de motos locarem uma vaga de garagem e colocar 04 motos estacionadas, por exemplo, e ai?

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Maria Telma Falcão de Carvalho
Maria Telma Falcão de Carvalho

Respondeu há mais de 1 ano

Fernando,

Como é difícil tratar com o ser humano não? era tão mais fácil deixar as motos estacionarem nas áreas livres, mesmo dentro da garagem, mas, como tem o direito dos outros, fica mais difícil resolver.

O problema é que, oficilamente, vocês estarão dando um destino diferente para parte da área comum, então teria que ter uma assembléia com 100% dos moraodres presentes, inclusive os inadimplentes e se decidirem por cobrar uma taxa. nada mais justo, já qiue as pessoas são tão apegadas à pequenos espaços e só querem saber de si.

Neste caso, como é difícil juntar todo mundo, podem até pegar procuraçaões com as pessoas que concordam mas não podem estar presentes.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ver todos os comentários (1)
Fernando José Lima de Oliveira
Fernando José Lima de Oliveira

Comentou há mais de 1 ano

Boa Tarde,

Telma

Por conta da possível cobrança da taxa de estacionamento das motos alguns condôminos estão dividindo o estacionamento que e para o veículo 04 rodas com as motos fica meio apertado à questão e pode ou posso proibir uma vez que consta na convenção que no nosso condomínio temos apartamentos com uma e duas vagas de garagem, pois acho que pode ocorrer outra situação alguns proprietários de motos locarem uma vaga de garagem e colocar 04 motos estacionadas, por exemplo, e ai?

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Miguel Lucas Junior
Miguel Lucas Junior

Respondeu há mais de 1 ano

Oi Fernando,

No condomínio onde moro, temos um espaço que não cabe veículos, porém para darmos destino e utilização a este espaço, foi permitido que cada morador possuidor de motocicleta, urtilize-o como vaga de moto, e aquelas unidades que têm mais de uma moto, paga a tx de R$ 50,00.

Se tivermos bom senso, tudo se resolve sem desgaste, mas sabemos que nem sempre é assim.

Boa sorte!

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
francisco freitas mendes
francisco freitas mendes

Respondeu há mais de 1 ano

Fernando, Diz o codigo civil no seu artigo no. 1.342. " A realização de obras nas partes comuns, em acrescimo as ja existentes, a fim de lhes facilitar ou aumentar a utilização, depende da aprovação de 2/3 dos votos totais." Portanto em AGE, reuna 2/3 dos votos e aprove a obra, porem, aprove tambem nesta assembleia, uma taxa de uso e assim contentara GREGOS E TROIANOS.

Francisco

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
DEJANIRA BAZZO
DEJANIRA BAZZO

Respondeu há mais de 1 ano

Fernando!
O problema para o Condomínio que cobrarem pelas vagas de estacionamento dessas Motos é que vão se tornar o responsável por Danos e até roubo das mesmas, e também caso as mesmas venham danificar os carros estacionados.
É muito complicado para ambas as partes!!!!....(Acho que para estacionamento de motos e até mesmo bicicletas deveria ter um lugar específico de espaço comum para uso de todos os moradores , só assim o condomínio não passa a ser responsabilizado caso haja danos.)
Esse problema, ter que estar devidamente definido em regimento interno e aceito pela maioria dos condôminos, não infringindo o código civil.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação
Entenda como funciona
Ranking geral

Faça suas cotações agora:

7.146 Compradores
14.703 Cotações
6.000 Fornecedores
Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.