O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

quando 1/4 dos condominos requerem uma A. E.prest. c/ contas o sindico indefere que fazer

Por Ivan Estreano
Perguntou há mais de 1 ano

O condominio foi intalado em fevereiro , temos uma inadimplencia de cerca de 35 % , que poderá no próximo mês compremeter os pagamentos de fornecedores , prestadores de serviços e funcionários , o sindico não fala pessoalmente , por telefone ou via e-mail com ninguem do conselho , fiscal ou cnsultivo se quer com o sub-sindico , temos situações de construções irregulares , sem autorização do mesmo ou regulamentação junto a Orgaôs publicos , o condominio está sem administração sómente está semana nos foi disponibilizado a cópia da convensão e regulamento interno , temos uma lista enorme de não cumprimento e queremos uma reunião para acertar todas estas não conformidades .
Grato !

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (2)

Ordenar:

Maria Telma Falcão de Carvalho
Maria Telma Falcão de Carvalho

Respondeu há mais de 1 ano

IVan,

O sindico não tem poder para indeferir uma assembléia convocada por 1/4 dos proprietários.

Se no início já está assim, façam o mesmo abaixo assinado para destituí-lo, pois ele já está enquadrado em itens que constam n codigo civil atravpes dos quais é passível a destituição do sindico: mal administração do condomini (30% de inadimplencia, não atende os moradores, construções irregulares), não presta contas e, se for o caso, pratica irregularidades e não atende a vontade dos moradores através de convocação de assembléia através de abauxo assinado.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez

Respondeu há mais de 1 ano

Ivan, vamos devagar com o andor porque o santo é de barro.

Primeiro um esclarecimento: o síndico pode até não aparecer na AG, mas 1/4 dos condôminos têm poder para convocá-la e ela acontecerá, queira ou não o síndico.

Segundo vamos para os fatos básicos da vida:

- Fará 4 meses que o seu condomínio foi instalado. Por praxe a gente ajuiza ações contra inadimplentes no terceiro mês da inadimplencia, e senta e espera. E, enquanto isso, os adimplentes arcarão com os custos de carregar os inadimplentes nas costas. Quanto a isso nada que qualquer um de vocês possa fazer, talvez vocês se arrisquem a protestar antes de ajuizar mas só.

- O síndico não pode autorizar construção nenhuma então tudo o que foi construido irregularmente (fora do projeto) deve ser derrubado. A parte ruim é que, se o condômino infrator não derrubar numa boa, quem manda derrubar é o juiz. E vai grana para a ação.

- Vocês precisam verificar se ainda existem muitos apes da construtora, porque é normal que ao menos na primeira eleição o incorpordor tenha poder de voto suficiente para eleger o síndico. E mantê-lo no cargo.

Condomínio novo é uma fonte de dor de cabeça, não que vocês não devam tomar a frente mas as coisas não vão acontecer com a presteza que vocês esperam, chame a AGE e vejam o que dará para ser feito; se o síndico não disponibilizar a lista de condôminos para que vocês possam encaminhar os editais, vocês deverão entrar com ação de obrigação de fazer contra ele. E já terão um forte motivo para a destituição.

Boa sorte

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação
Entenda como funciona
Ranking geral

Faça suas cotações agora:

7.146 Compradores
14.703 Cotações
6.000 Fornecedores
Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.