O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

em que caso é exigido o quorum de 100% dos condôminos?

Por mayra wolff discher
Perguntou há mais de 1 ano

Em que casos devemos ter quoerum de 100% dos condominos?

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (4)

Ordenar:

Osni - Assembleia.Click
Osni - Assembleia.Click

Respondeu há mais de 1 ano

Exemplo: mudar o uso do edifício de "residencial" para "comercial". Sempre que uma decisão mudar ou tentar mudar as "garantias e direitos individuais" precisaremos de 100% dos condôminos aprovando tal decisão.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Jussara Cunha
Jussara Cunha

Respondeu há mais de 1 ano

E tb qdo a votação implicar em alteração de fração ideal - venda/compra de área comum.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Edylson Campos
Edylson Campos

Respondeu há mais de 1 ano

Sra. Mayra Wolff, boa tarde.

A atual legislação civil/condominial determina que depende da aprovação pela unanimidade dos condôminos: A) a mudança da destinação do edifício; b) modificação da unidade imobiliária.

Att.


Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Jussara Cunha
Jussara Cunha

Respondeu há mais de 1 ano

Artigo sobre quorum:
* http://www.conjur.com.br/2006-nov-07/reflexoes_quorum_acordo_codigo_civil

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.