O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

Fabricio Paiva

Movimento de pinça contra síndicos tiranos?

Por Fabricio Paiva
Perguntou há mais de 1 ano

A melhor maneira de combater tiranias duradouras acompanhadas de seu séquito de corruptos é a seginte:
- junte provas e mais provas de descumprimento da convenção, RI, leis;
- passe a registrar nas atas o seu voto contrário e a impugnação da votação ou da ata por esses descumprimentos;
- abra os processos pelos motivos acima, se forem fortes o bastante;
- vá com um advogado nas reuniões e com uma pauta sua para se encaixar no edital;
- deixe o advogado falar, mas mantenha-o no seu script de contestar tudo o que for irregular;
- use os primeiros procesos para juntar mais provas para novos processos mais direcionados e pesados;
- comece a destruir as alianças pelo medo de mais processos contra o condomínio;
- faça todos se rebelarem contra a tirania e se nirem a você para tomar o poder;
- junte munição pesada e abra fogo pesado de processos contra os líderes da corrupção e tirania.

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (3)

Ordenar:

Jussara Cunha
Jussara Cunha

Respondeu há mais de 1 ano

?

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ver todos os comentários (1)
Fabricio Paiva
Fabricio Paiva

Comentou há mais de 1 ano

Receita de bolo contra a pilantragem sindicalizada....

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Eduardo Gimenez Junior
Eduardo Gimenez Junior

Respondeu há mais de 1 ano

É assim que começaram as tiranias, alguem acha que esta sendo prejudicado e quer tomar o poder a qualquer custo.
No futuro será mais um tirano e tera oposição para fazer com ele o que ele fez com outros.
Assumir o cargo de sindico antes de tudo é ter responsabilidade e transparencia, mesmo que para alguns seja status de poder. É gerir o que ninguem mais quer, é exercitar a paciencia poir os seres humanos não são faceis de se lidar.
É tolerar a falta de conhecimento de leigos que acham e se acham., etc...,etc...

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ver todos os comentários (1)
Jussara Cunha
Jussara Cunha

Comentou há mais de 1 ano

ahahahaha Disse tudo Eduardo! Os Arautos do proletariado! Depois os próprios se tornam os tiranos.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Tania Pereira
Tania Pereira

Respondeu há mais de 1 ano

È Verdade , nao podemos julgar , temos que compreender, acontece sim este tipo de tirania, aonde algumas pessoas ao se tornarem "sindicos" se acham acima do bem, e do mal, e deixam de lado o bom senso, o velho e bom dialogo, e resolvem "punir" aqueles que discordam ou questionam a sua administração, agruras e prazeres de se morar em comunidade,

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ver todos os comentários (1)
Luiz Carlos Chiconi
Luiz Carlos Chiconi

Comentou há mais de 1 ano

Exatamente Tânia, infelismente depois que descobri que a administradora colocada em nosso condomini é amigo do sindico, este(sindico, administradora e advogado) todos unidos me perseguem me acusando de inadimoplencia, mesmo apresentando comprovantes, m acusram de agressão fisica e me ameaçam de processos.. quero viver em paz mas não posso ficar quieto qdo vejo que o sindico faz algo errado, ae ele pune com esses atos!!

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação
Entenda como funciona
Ranking geral

Faça suas cotações agora:

7.146 Compradores
14.703 Cotações
6.000 Fornecedores
Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.