O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

Sandro

EM VOTAÇÃO DE MAIORIA DO TODO, OU SEJA 50% MAIS UM, INADIMPLENTES ENTRAM NESTE TODO ?? OU NÃO??

Por Sandro
Perguntou há mais de 1 ano

HAVERÁ EM MEU CONDOMINIO ASSEMBLEIA PARA VOTAÇÃO DE INDIVIDUALIZAÇÃO DA ÁGUA, NESTA VOTAÇÃO É NECESSÁRIA A MAIORIA DO TODO OU SEJA, 50% MAIS 01, AGORA A DÚVIDA, OS INADIMPLENTES NÃO VOTAM E GIRAM EM TORNO DE 25% DOS MORADORES, COMO SOMOS EM 200 APARTAMENTOS E ESSES INADIMPLENTES SÃO 50, A MAIORIA DESTE TODO DEVE SER TOMADA COMO 200 MESMO OU 150, JA QUE ELES NÃO TEM DIREITO A VOTO??? GRATO A TODOS

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (2)

Ordenar:

Willians Alex Barbosa
Willians Alex Barbosa

Respondeu há mais de 1 ano

Os inadimplentes fazem parte deste percentual mas não possuem direito a voto.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Jussara Cunha
Jussara Cunha

Respondeu há mais de 1 ano

Sandro,
Inadimplentes não têm direito a voto. Assim não compõem universo para quorum.
Porém existem matérias a serem votadas onde a participação do inadimplente seria necessária, por exemplo, se tratar de uma votação que implique na mudança da fração ideal uma vez que afeta o direito de propriedade. (http://jusvi.com/artigos/31814/2)
Mesmo que o inadimplente não vote, ele tem que ser convocado.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.