O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

Há problema o filho da proprietária participar do conselho fiscal, precisa de procuração?

Por F & G Contabilidade
Perguntou há mais de 1 ano

Uns dos eleitos ao cargo do conselho fiscal é filho da proprietária e ambos moram juntos. Há problemas em relação a sua participação, precisa de procuração?

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (4)

Ordenar:

ANGELICA THOMAZ
ANGELICA THOMAZ

Respondeu há mais de 1 ano

Creio que não. é morador e maior de idade.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ver todos os comentários (1)
F & G Contabilidade
F & G Contabilidade

Comentou há mais de 1 ano

Obrigada!

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ronald Oliveira
Ronald Oliveira

Respondeu há mais de 1 ano

Boa Tarde!

Todo e qualquer condômino que não seja o PROPRIETÁRIO deve estar munido de procuração para participar das assembleias, VOTAR e SER VOTADO.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ver todos os comentários (1)
F & G Contabilidade
F & G Contabilidade

Comentou há mais de 1 ano

Obrigada!

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez

Respondeu há mais de 1 ano

Irrelevante ser filho da proprietária, poderia por exemplo ser um inquilino, e ainda assim um e outro não são condôminos. Só que não está escrito na lei que conselho fiscal tenha que ser composto por condôminos, se a sua convenção também for omissa, a eleição de não condôminos está valendo.

MAS VEJA BEM: para participar da AG ele precisa sim de procuração.

Abraços

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ver todos os comentários (1)
ANGELICA THOMAZ
ANGELICA THOMAZ

Comentou há mais de 1 ano

Você está certa. Adoro essas questões, é trocando idéias é que se aprende.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.