O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

isenção do sindico, a convenção não permite e para alterar 2/3. O que faço?

Por DELSON REHEM
Perguntou há mais de 1 ano

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (5)

Ordenar:

Ronald Oliveira
Ronald Oliveira

Respondeu há mais de 1 ano

Bom Dia!

Delson, já que a convenção diz que não pode. Então você terá que fazer o trabalho formiguinha. Indo de apartamento e apartamento com um PROCURAÇÃO para o proprietário assinar dando poderes a alguem (QUE NAO SEJA O SÍNDICO) para que possa ser representado e votar na assembleia. Lembrando que fazer alteração da convenção as despesas não são baixa. Pelo menos aqui em Fortaleza é mais de 1.000,00 reais.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Maximus Condomínios
Maximus Condomínios

Respondeu há mais de 1 ano

Bom dia Delson,

Se a Convenção do seu condomínio dizer explicitamente que não pode isentar o síndico, então somente uma assembleia específica para alterar esse item poderá mudar a atual situação. Se não tiver explícita a citação, então pode-se entender que até pode. Ainda assim, você poderá manter a não isenção e fazer uma assembleia para remuneração a título de ajuda de custo por serviços prestados e despesas financeiras provocadas com o condomínio. Se também não tiver nada explícito na Convenção que proíba a remuneração, então ela poderá ser deliberada em assembleia sem a necessidade de se alterar a Convenção.

Boa sorte
Adalberto Ladi

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
E. Rui Franco
E. Rui Franco

Respondeu há mais de 1 ano

Delson, se ela não permitir, só com alteração da mesma, com 2/3 dos condôminos. Mas cuidado. Se iniciar a assembléia e manter ela aberta para garantir quorum, e não encerrar, ela popderá ser cancelada pois demonstrará interesse em manipular resultado. Cuidado com orientação de deixar aberta até atingir quorum e fecha daqui adez dias. O servcentuário poderá se negar a registrar a averbação da convenção. e se pegar um juiz fiel às leis, pode até sobrar para o Síndico. Isso caracteriza até 171, induzir alguém a erro e se benefixciar da própria torpeza. Procure fazrer as coisas como manda o fiigurino, sem lei de gerson ou jeitinho brasileiro. Alguém pode discordar e daí todo o trabalhpo vai por água abaixo.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Eduardo Gimenez Junior
Eduardo Gimenez Junior

Respondeu há mais de 1 ano

Sua convenção não permite, dificil conseguir 2/3 de proprietários para aprovar a mudança.
Só com a alteração na conveção é que vai conseguir a isenção do sindico, o problema será convencer os proprietarios.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Angela Merici Grzybowski
Angela Merici Grzybowski

Respondeu há mais de 1 ano

Delson, é tem que alterar a Convenção não tem jeito. Agora, como conseguir os 2/3?!?! Vocês têm assembleia de sorteio de vagas de garagem, este é o único item de pauta que faz com que o prédio todos desça para a assebleia. Enfim, uma alternativa é a assembleia em aberto, embora alguns já estejam criticando esse tipo de assembleia, ainda é uma das formas de se conseguir chegar aos 2/3. Vou te explicar passo a passo:
- é feita a convocação da assembleia onde a pauta já diz que sera discutida a possibilidade de deixar a assembleia em aberto por 30 dias se não for possivel obter os 2/3 de condôminos necessários.
- na assembleia, verificado que o quorum não foi atingido, aprova-se e registra-se na ata que essa assembleia permanecerá em aberto por 30 dias para a coleta das assinaturas dos condôminos favoráveis mas que não puderam comparecer.
- durante os 30 dias alguém vai bater de porta em porta para conseguir as assinaturas.
- completados os 2/3 de aprovações ou findo os 30 dais, a assembleia se reune novamente, conta as assinaturas e registra-se se foi aprovada a alteração ou não e, então, a assembleia é encerrada.
Dá trabalho, mas é uma forma de conseguir esse quorum. Boa sorte.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.