O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

Jane Mara Just

No boleto bancário podem ser incluídas as taxas de rateio do gás e da água?

Por Jane Mara Just
Perguntou há mais de 1 ano

Gostaria de saber (e receber um modelo) o que pode ser incluído para cobrança no boleto bancário. Realizarei uma AGE e deliberaremos sobre o rateio da água, já que há apenas um hidrômetro e a leitura mensal e pagamento individual do gás. Atualmente, o condomínio está arcando com esses consumos gerais. A proposta em assembléia será de desvincular essas despesas da taxa de condomínio.
E, se os boletos vierem a ser protestados, somente a taxa de condomínio será considerada para protesto ou os outros pagamento (água e gás) também?
Obrigada!

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (4)

Ordenar:

CONDOMINIO EDIFICIO VALE DO SOL
CONDOMINIO EDIFICIO VALE DO SOL

Respondeu há mais de 1 ano

Olá Jane,

Aqui no nosso condominio individualizamos o gas e agua e todo mês temos a leitura das unidades com o consumo em M3 de cada unidade, assim no boleto é discriminado valor do condominio e agua e gas , fundo de reserva e etc.
No caso de inadimplencia os boletos são processados pelo seu valor total incluindo todas as custas.
Creio que essa estrategia votada em AGE para o rateio do mesmo não refresca muito, pois o mesmo ja esta sendo pago por cada morador na taxa condominal. Caso voce esta tendo dificuldade na taxa condominal que nao cobre as despesas a mesma deve ser aumentada ou então realizar a individualização correta da agua para que no boleto seja pago a verdadeira realidade de rateio por M3 de cada morador.

Abs
Mary Help

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Bianca Lunetta Panariello
Bianca Lunetta Panariello

Respondeu há mais de 1 ano

Sim, pode haver essas cobranças no boleto. Em alguns locais tem internet tambem.

Mas quanto ao protesto veja se ai em Santa Catarina ja tem lei que permita esse procedimento, senao nao faça.

Para maus pagadores, cobrança judicial!

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Maria Telma Falcão de Carvalho
Maria Telma Falcão de Carvalho

Respondeu há mais de 1 ano

Veja o que diz seu regulamento interno.
Você pode colocar a água e gás e fazer a conbrança junto com o rateio normal e aí, se o cara ficar inadimplente, você protesta todas as verbas que estão sendo cobradas no boleto.

Não entendi porque você quer separar as contas, fica mais caro porque o boleto é cobrado pelo banco e quem não paga condominio não paga água nem gás também; eu digo isso porque no nosso cndpmonio era assim, mas agora unificamos todas as cobranças (taxa condominial, água, gás, provisão de férias e 13º e fundo de reserva).

Não entendi também quandpo você diz que só há um hidrômetro e a leitura mensal, então como pensa fazer o rateio? se não estiver individualizado você não vai pooder fazer rateio individual, tem que ser rateado por fração ideal.

Explique direito essa questão da água porque eu não entendi.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Marcelo D Arienzo
Marcelo D Arienzo

Respondeu há mais de 1 ano

No meu condominio existe um medidor deagua e um de gas para cada unidade, e estes valores vão para o boleto juntamente com a taxa do condominio, se voces ratearam o valor e no caso de algom morador não pagar deve ser cobrado juros de tudo, porque o condominio vai pagar a conta total da agua e do gas em dia e tera que desembolsar(emprestar) para os inadimplentes, sub intendo isso....

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.