O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

A SINDICA DO MEU PREDIO IFORMOU QUE IRIA CLOCA PORTÃO ELETRONICO MAIS NÃO FEIZ REUNIÃO ELA PODE?

Por SHIRLENE REIS
Perguntou há mais de 1 ano

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (5)

Ordenar:

ANTONIO CARLOS EVANGELISTA
ANTONIO CARLOS EVANGELISTA

Respondeu há mais de 1 ano

Pelo Novo Código Civil, qualquer providencia que seja necessário a ser exercida pelo Sindico que não esteja dentro da previsão Orçamentária, deve ser feito uma Assembleia Extraordinária específica para o assunto em pauta ou até vários assuntos desde que dentro das exigências que são necessárias para aprovação dos Condôminos com antecedência de no mínimo 8 dias úteis para a realização da mesma.
Esse ato praticado pela sua Síndica(o), pode sim ser interpelado quer por sua pessoa individualmente, quer por meio de solicitar uma AGE para que haja as devidas explicações por parte do mesmo. Podendo inclusive neste período, o que couber relativo ao rateio desse portão, ser depositado em juízo até que haja uma solução.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Maria Telma Falcão de Carvalho
Maria Telma Falcão de Carvalho

Respondeu há mais de 1 ano

Ela disse que ira fazer. Ela fez?

Imagfino que um portão eletronico necessite de chamada de AGE, portanto, esclareça a ela para atentar para esse detalhe.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Angela Merici Grzybowski
Angela Merici Grzybowski

Respondeu há mais de 1 ano

Shirlene, se já existe um portão e ela vai automatizar, isso é entendido como item de segurança e se há dinheiro em caixa o síndico faz a obra e depois leva pra assembleia aprovar.
Ao contrário do que parece, automatizar um portão hoje não é uma obra cara.
Afinal, você também quer melhorar a segurança do seu condomínio não quer?!?!

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Sergio Henrique
Sergio Henrique

Respondeu há mais de 1 ano

Shirlene, se a síndica tiver dinheiro em caixa ela pode fazer sem reunião. Se não tiver e ocasionar cota extra terá que dar reunião com orçamento de pelo menos 5 empresas para que os condôminos aprovem ou não.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
ANTONIO CARLOS EVANGELISTA
ANTONIO CARLOS EVANGELISTA

Respondeu há mais de 1 ano

Shirlene, se a síndica tiver dinheiro em caixa ela pode fazer sem reunião. Se não tiver e ocasionar cota extra terá que dar reunião com orçamento de pelo menos 5 empresas para que os condôminos aprovem ou não.
Absolutamente errado. Com dinheiro em caixa ou sem dinheiro o que seria impossível de ter feito o portão; o Novo Código Civil que rege há anos todas as Convenções e Regulamentos Internos dos Condomínios e outros assuntos diversos; é bem claro, para cada gasto que não esteja dentro da previsão orçamentária que normalmente é apresentada e aprovada ou não na AGO, deverá haver uma Assembleia Extraordinária para resolução do que se deseja verificando é claro o quorum que seja necessário para cada tipo de necessidade. Reitero, se fez, óbvio que com dinheiro dos Condomínio, sem as devidas exigências, que deverão ser esclarecidas e aceitas pelos Condôminos ainda mais se não houve uma apresentação de no mínimo três fornecedores, respondendo portanto o Sindico(a) por abuso de Poder e infringir ao Código Civil.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação
Entenda como funciona
Ranking geral

Faça suas cotações agora:

7.146 Compradores
14.703 Cotações
6.000 Fornecedores
Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.