O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×
Cadastrar
Entrar
Cotar Pedir orçamentos
Seja um fornecedor
menu

Pergunta

WhatsApp
LinkedIn
Renata C.

A construtora tem direito a votos em uma assembléia dizendo ser proprietário da maioria dos aptos?

Por Renata C.
5 anos

Não foram vendidos 50%+1 dos aptos onde moro, foram vendidos 15 de 48 e já terá a primeira assembléia p escolha de sindico, administradora e etc, a construtora esta alegando q votará pelos aptos faltantes isso pode?? Q lei o beneficia disso?? Este mesmo empreendedor diz se candidatar a sindico, e já escolheu uma administradora q ele mesmo indicou e esta dizendo ter a maioria dos votos, como condômina estou me sentindo lesada por ñ poder optar por nd, nos será imposto varias coisas e ñ teremos como votar pq ele diz ter a maioria dos votos? Aguardo resposta grata.

Responder esta pergunta

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Conteúdos relacionados

Respostas (8)

Ordenar:

Elias Hastenraiter
Elias Hastenraiter respondeu
5 anos

Renata
Podem sim mas depois disso eles vendem tudo e voces decidam o melhor.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Angelina Somolanji R. Oliveira

Renata:
É isto mesmo desde que a construtora esteja contribuindo com as taxas condominiais da parte dos apartamento que ainda tem. Assim que venderem mais apartamentos vocês condôminos podem opinar e acertar as coisas.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
JOSE LOPES GOMES
JOSE LOPES GOMES respondeu
5 anos

Renata - se a construtora/incorporadora estiver pagando a taxa de condomínio PODE. O que Vocês podem e devem fazer é ter um candidato a Subsíndico e ter os conselheiros escolhidos entre os já residentes.

José Lopes (lopesjg@uol.com.br)- Adm. de Empresas, MBA em qualidade, Gestão de Recursos Humanos e Sindico Profissional.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Paulo Miller
Paulo Miller respondeu
5 anos

Renata, os proprietários votam em assembleia e a construtora ainda é dona das unidades não vendidas portanto é direito dela votar.

Só fique de olho porque pode aparecer alguma isenção indevida para as unidades não vendidas e nesse caso corram para um advogado para exigir seus direitos.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez respondeu
5 anos

Renata toda unidade tem um dono. Por enquanto o dono das unidades não vendidas é o incorporador. Então ele paga condomínio por essas unidades e vota por essas unidades, feito?

Gestora de Imóveis - Graduada Universidade CESUMAR. Pós Graduada SENAC. Mediação e Arbitragem TASP.

contato: mari.marta_imoveis@hotmail.com

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Rafael R S Lima de Siqueira
Rafael R S Lima de Siqueira respondeu
4 anos

Renata C.,

As unidades que não foram negociadas, as responsabilidade será do incorporador.

Boa sorte,

Fonte: Sindiconet

RR S Lima de Siqueira
Subsíndico
Site: www.havilah.16mb.com

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Rui
Rui respondeu
2 anos

Ainda que passados dois anos, deparei-me com esta discussão que é salutar e percebe uma 'luz no fim do túnel' que nunca, NUNCA, ninguém aborda: o instituto do 'abuso de direito', previsto no código civil e que, aqui no escritório, consegui com sucesso em dois casos para alterar deliberações legítimas de assembleia.

Fonte: Código Civil

Rui F Jr

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Gilberto A. Scopinho
Gilberto A. Scopinho respondeu
1 ano

Como diz nosso colega Rui, "abuso de direito". A lei dá essa brecha.
Estamos tratando de interesses de convivência em uma comunidade. Se a construtora/incorporadora não pertence e não quer vir a participar dessa convivência, como pode ter poder sobre ela?
Para resolver isso só mudando (acertando) a lei. Quem não tem ou possa a vir a ter convivência com a comunidade, não pode ter direito a voto. Simples assim.

Fonte: Entendimento próprio.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...