O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

QUE FATORES PODEM INVALIDAR UMA PROCURAÇÃO PARA UMA AGE

Por AMAURY SILVERIO COSTA
Perguntou há mais de 1 ano

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (2)

Ordenar:

Jussara Cunha
Jussara Cunha

Respondeu há mais de 1 ano

Qualquer procuração é inválida desde que:
1 - Não se aplica ao fim onde esteja tentado utilizá-la - foi feita para 1 AG específica, ou um processo específico e não pode ser usada em outra ocasião;

2 - Está fora do prazo - qdo explicita (para AGs do ano de 2008) - não poderá ser usada em 2011, óbvio!

3 - Não foi feita por quem deveria fazê-la, ou seja, o proprietário da unidade - reconhece-se a assinatura para facilitar essa certificação, ou o condomínio sabe de antemão que o proprietário não forneceria procuração, que o proprietário esteja morto - morto não faz procuração!

4 - A procuração é para João, RG X, e aparece José com a procuração.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Alva Administradora
Alva Administradora

Respondeu há mais de 1 ano

Sr. Amaury, primeiro consulte sua convenção para saber quais pessoas podem receber procuração para votar em AGE (muitas convenções proibem que conselheiros e síndico recebam poderes em procuração para votar em AG).

Depois, verifique na procuração quais poderes foram outorgados (se não há poder outorgado para votar, então não pode votar quem recebeu a procuração).

Depois verifique se quem assinou é mesmo a pessoa indicada na procuração.

Por último, verifique a data da procuração e para qual AG está permitida.

Sucesso.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.