O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

Quero saber se pode colocar em votação algo que não esteja no edital de convocação

Por Maurício Vicente Corradini
Perguntou há mais de 1 ano

No edital consta quatro itens a serem discutios, um deles é GARAGEM/ESTACIONAMENO EXTERNO(Rediscussão sobre o uso e normas) e depois de acertar este tem, quiseram aproveitar para colocar em votação a cobrança de vagas para motos na parte interna da garagem que desde quando foi construido o edificio em (1956) nunca foi cobrado e ai resolveram cobrar nesta assembleia, colocaram em votação e foi aprovado acobrança, quero saber se isto é legal pois no edital não falava em cobrança de estacionamento para motos, e mais um detalhe, este condomínio tem 112 apartamentos e na reunião tinha apenas 25 pessoas e cerca de 17 votaram a favor da aprovarão desta cobrança.

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (4)

Ordenar:

Maria Telma Falcão de Carvalho
Maria Telma Falcão de Carvalho

Respondeu há mais de 1 ano

Mauricio,

Na minha opinião, o assunto se encaixa em "rediscussão sobre o uso e normas". Existem moradores que colocam um arro e duas motos e tem aqueles que nao têm moto - a maioria, então é justa a cobrança já que não tem vaga de moto para todos.
Vamos aguardar a opinião dos outros colegas.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez

Respondeu há mais de 1 ano

Oi Mauricio

Muitas vezes no Edital de Convocação consta o famosissimo "assuntos gerais de interesse coletivo". Eu já vi sentença em que foi mantido um aumento concedido nessa situação porque o juiz entendeu que havia a possibilidade de se deliberar outros assuntos nesse item.

Entretanto, o consenso é de que não se delibera nada que não esteja especificado no edital, servindo esse "assuntos gerais" apenas para se colher sugestõe a serem oportunamente deliberadas em nova assembleia, portanto eu entendo que você tem grandes chances de reverter essa situação, principalmente se você estava na assembleia.

Tente se reunir com outros motoqueiros e notifiquem o síndico que vocês não concordam com essa deliberação fora de pauta, se ele não voltar atras o jeito é ir para a justiça. Que em sendo no Brasil é uma loteria.

Abraços

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
ANTONIO CARLOS EVANGELISTA
ANTONIO CARLOS EVANGELISTA

Respondeu há mais de 1 ano

Na Convocação para Aludida Assembleia, é restrita a Garagem.
Normas, etc, conforma o Senhor mesmo menciona.
Se houve algo que esqueceram durante 20 anos, mas, agora desejaram corrigir estando dentro do contexto, GARAGEM, não há nenhum impedimento sobre esse assunto.
Não poderia é entrar em assuntos que não se relacionasse com Garagem.
Ora numa garagem, é para veículos e motos é um veículo como seria também triciclo, bicicletas, etc.
Votaram a maioria, e sim tem valor a cobrança.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Angela Merici Grzybowski
Angela Merici Grzybowski

Respondeu há mais de 1 ano

Maurício, como as vagas das motos são internas, não poderiam ter sido discutidas no item definido como "estacionamento externo"; mas , você vai precisar de um advogado da área de condomínios para poder fazer a anulação dessa decisão da assembleia.
Será mais fácil se mobilizar os demais proprietários de motos para que juntos entrem com essa ação judicial.
Boa sorte.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.