O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

Fabricio Paiva

Como se livrar de síndico e sua maioria corrupta?

Por Fabricio Paiva
Perguntou há mais de 1 ano

Como garantir que o prédio seja administrado com competência e honestidade e sem perseguições contra as minorias.

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (6)

Ordenar:

Angela Merici Grzybowski
Angela Merici Grzybowski

Respondeu há mais de 1 ano

Escolhendo um síndico e conselheiros honestos e competentes, é preciso saber votar, se não há candidato competente, optem pela contratação de um síndico profisssional.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Eduardo Gimenez Junior
Eduardo Gimenez Junior

Respondeu há mais de 1 ano

Escolhendo um cadidato que esteja disposto a trabalhar em pro do condominio.
O problema é que nem sempre aparecem alguem querendo ser conadidato, dai sobre esses corruptos, que se aproveitam da baixa participação dos proprietarios para engordar seus patrimonios.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez

Respondeu há mais de 1 ano

Oi Fabricio

O que eu posso te dizer? Se você mesmo já coloca que a MAIORIA É CORRUPTA então como você vai conseguir apoio deles?

Meu melhor conselho: pule fora enquanto é tempo.

Desculpe, mas maioria sempre ganha. Vide os "companheiros aloprados". Voltaram todos via voto popular. Fazer o que?

Abraços

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ver todos os comentários (1)
Fabricio Paiva
Fabricio Paiva

Comentou há mais de 1 ano

Prezada Marisa

Aqui vai a receita do bolo: comece registrando dia, hora e local de todo evento persecutório;
tire cópia das atas e verifique se está havendo aprovações em assuntos gerais, se a convenção e RI estão sendo desrespeitados, assim como as leis; se estão criando dificuldades e restrições exageradas para o acesso as partes comuns; se estão tirando os jogos e fechando as salas;
se começam a ameaçar de multas e cobranças indevidas; se estão fraudando as atas e as votações;
se estão dando eclarações por rescrito em atas e outros contra você. E
a partir daí você monta uma barragem de processos:
- um contra o condomínio por perseguição e assédio moral;
- uma notícia crime no MP contra a síndica por ameaça e constrangimento ilegal;
- um processo contra a síndica por dano moral;
- uma notificação judical contra a imobiliária e seu advogado por omissão e conivência;
e finalmente 06 processos contra condôminos que dão declarações falsas.
E se for preciso ainda tem mais.....
Abraço

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
João Uller
João Uller

Respondeu há mais de 1 ano

Tomo a liberdade de refrescar a memória da Angela, Marisa e de outras pobres almas bôas que dão trela a determinadas pessôas que muito falam e pouca coisa que se aproveita dizem.
O fabrício disse recentemente que foi síndico por dois anos...
Disse também: "...Assim, se já existe uma lei do silêncio que permite obras das 7 as 22 horas por que vou aceitar que uma assembleia me roube esse direito..."
Onde você viu essa lei. No Brasil não foi, certamente.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ver todos os comentários (2)
Fabricio Paiva
Fabricio Paiva

Comentou há mais de 1 ano

è só ler a lei do silêncio do estado do rio de janeiro, na parte das permissões que está lá:
obras das 07 às 22hs. E se começamos concordando com perda de direitos, isso não para aí.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Fabricio Paiva
Fabricio Paiva

Comentou há mais de 1 ano

O prédio que caiu no Rio as 20:30hs, a obra estava a pleno vapor, sem restrições condominiais alguma

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Maria Telma Falcão de Carvalho
Maria Telma Falcão de Carvalho

Respondeu há mais de 1 ano

Fabricio,

Você já deu o caminho das pedras. Este não serve?

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ver todos os comentários (1)
Fabricio Paiva
Fabricio Paiva

Comentou há mais de 1 ano

Caminho completo descrito acima

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Felipe Luis Cabral de Vasconcellos Noronha
Felipe Luis Cabral de Vasconcellos Noronha

Respondeu há mais de 1 ano

Caro amigo,

A tarefa de um morador livrar-se de um síndico "corrupto" é tão difícil quanto o síndico livrar-se de pessoas que partem da premissa de que todos são desonestos.

Árdua tarefa.

Boa sorte no seu intento.

Mas se você tiver provas contundentes de que seu síndico pratica crimes, procure uma Delegacia de Polícia.

Saudações.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.