O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

Contratação de Laudo predial exige assembleia ?

Por Vanessa S.Castro
Perguntou há mais de 1 ano

Ano passado contratei uma empresa para realizar uma vistoria predial e os mesmos forneceram um laudo sobre retrofit das áreas. Tenho autonomia em ata e assembléia de gastar até R$ 5.000,00 em obras urgentes, necessárias e afins. O laudo custou R$ 2.800,00. Tem um condômino advogado que diz que não poderia ter realizado o laudo sem a aceitação da assembléia. Estou em dúvida....Se o laudo é um serviço e o vr. é menor que 5.000,00.....por quê necessito de assembléia ? Não estamos realizando a obra e sim um estudo de viabilidade.
O que os mais experientes dizem sobre isso ?

Obrigada pela atenção;

Vanessa

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (2)

Ordenar:

Jussara Cunha
Jussara Cunha

Respondeu há mais de 1 ano

Não precisa autorização pois está dentro do limite de gastos e trata-se de um serviço de verificação de condições do condomínio bastante útil.

Mas já pelo valor já indica que não necessita aprovação de AG.

Não te impressione pelas carteiradas!

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ver todos os comentários (1)
Vanessa S.Castro
Vanessa S.Castro

Comentou há mais de 1 ano

Obrigada pela ajuda Jussara !

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Maria Telma Falcão de Carvalho
Maria Telma Falcão de Carvalho

Respondeu há mais de 1 ano

Vanessa,

Se fosse comigo eu perguntaria primeiro o preço do laudo para depois mandar faze-lo.
Você fez com algum objetivo? por exemplo, fazer um retrofi no prédio?Isso foi pedido pelos condominos ou foi idéia sua?
Retrofitar um prédio custa uma grana preta, então, é preciso saber os detalhes do como foi essa assembléia que deu esse limite de gastos para você.
Aguardo seu retorno.

A sua autonomia para gastos não é definida em Ata e sim no convenção ou no regulamento interno.
Se você agiu fora do que diz o regulamento, então você está errada, pois assembléia não modifica o que diz a convenção ou regulamentro.

Verifique seu regulamento para ver se consta o limite de gastos sem precisar prestar contas.
Pelo ao conselho você comentou ou pediu uma orientação?

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ver todos os comentários (1)
Vanessa S.Castro
Vanessa S.Castro

Comentou há mais de 1 ano

Boa noite Maria !

Pedi um conselho.

O objetivo do laudo foi direcionar as obras que são muitas. Necessitaremos fazer impermeabilização, design de interiores, projeto elétrico e hidráulico, redefinição dos espaços externos...enfim...vários serviços.
Foi realizado os orçamentos e venceu o melhor custo x benefício. O valor do laudo ficou dentro do que eu posso gastar. A determinação de valores p/ serem gastos foi definida em assembléia anterior e o vr girou em torno de 5.000,00 para gastar com o que precisasse. Logo, entendo eu , que este serviço poderia ser realizado sem necessidade de uma assembléia....até mesmo porque o pessoal estava totalmente perdido com a qtde de serviços a serem realizados e não tínhamos condições de ordenar . O Laudo foi extremamente válido e nos orientou de forma sequencial e efetiva nas determinação das prioridades além de ter sido sugestão do meu conselho.
No regulamento interno não lembro de ter algum assunto relacionado a valores, agora na convenção lembro-me q obras grandes terão de ser aceitas em assembléia.
Verificarei Regulamento e convenção p/ ter certeza se há alguma restrição nesse sentido...

Obrigada por eqto.

Vanessa

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.