O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

como síndico deve proceder em uma assmbléia quando um condomino tumultua.

Por elizete antunes
Perguntou há mais de 1 ano

não deixando a assembléia dar prosseguimento?

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (5)

Ordenar:

Jussara Cunha
Jussara Cunha

Respondeu há mais de 1 ano

190.
Impedindo que a AG se realize, transtorno da ordem para a realização de uma reunião legítima.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Angela Merici Grzybowski
Angela Merici Grzybowski

Respondeu há mais de 1 ano

Elizete, quem manda na assembleia é o presidente dela, o síndico não deve se meter, quem deve por ordem na casa, inclusive pedindo a retirada de quem esteja tumultuando a assembliea, é o seu presidente, para isso ele foi eleito no início da assemlbeia, para conduzir de forma organizada a assembleia.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez

Respondeu há mais de 1 ano

Elizete

Concordo com as colegas mas é complicado arrisrar-se a perder todo o trabalho apenas porque algum cidadão recebeu a ordem de calar a boca.

O gerente da minha conta é um cara super tranquilo, e nós tivemos em uma assebmleia três cidadaos que tinham se unido apenas para tumultuar. (tentaram e aleição e perderam feio).

Bom esse rapaz da administradora deixou os caras falarem por quase uma hora, voltou-se para a assembleia e disse: Nós estamos aqui ouvindo por 50 minutos, e tudo o que foi falado eu nem anotei porque não está na pauta e assembleia não é local para se resolver baixarias. Vamos continuar?

Menina, se os caras ousassem abrir a boca o grupo os massacraria. Ninguém aceitou que eles falassem "a". Porque embora o presidente tenha essa função, e possa chamar 190, são todos vizinhos, e a interferencia de um estranho profissional e pago, foi mais do que bem vinda.

Abraços

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ver todos os comentários (1)
Jussara Cunha
Jussara Cunha

Comentou há mais de 1 ano

Adorei!
Como faço parte das pessimistas que o irado pode puxar a pistola, já penso logo no Polícia 24 horas!

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Fabricio Paiva
Fabricio Paiva

Respondeu há mais de 1 ano

Deve apoiar o presidente e o secretário para impor as regras:

- só um fala de cada vez;
- só um fala por unidade;
- só um vota por unidade;
- somente assuntos na pauta;
- assuntos gerais não criam despesas ou restrições;
- apenas 5minutos por pessoa por assunto para falar;

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Maria Telma Falcão de Carvalho
Maria Telma Falcão de Carvalho

Respondeu há mais de 1 ano

Olá,

Se a pessoa causar tumulto na assembléia, pode ser enquandrado na Lei de Contraveção Penal prevista no art. 40 dpo Dec. Lei 3.688/41, qual seja, o delito de provocaçãop de tumulto ou conduta inconveniente, sujeitando-se o causador à prisão de 15 dias a 6 meses , ou ao pagamento de multa.

Art. 40: Provocar tumultos ou portar-se inconveninetmente ou desrespoeitoso em solenidade oficilç EM ASSEMBLÉIA OU ESPETÁCULO PÚBLICO, SE O FATO NÃO CONSTITUI IINFRAÇÃO PENAL MAIS GRAVE: pENA: PRISÃO SIMPLES DE 15 DIAS A 6 MESES OU MULTA.

nO CASO PODE TAMBÉM CHAMAR 190 para retirada do elemento causador do tumulto.

Fonte: Manuel do Sindico editado pelo SECOVI

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.