O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×
Cadastrar
Entrar
Cotar Pedir orçamentos
Seja um fornecedor
menu

Pergunta

WhatsApp
LinkedIn
Luiz André Barcelos Andrade

Dúvidas frequentes dos moradores

Por Luiz André Barcelos Andrade
65 dias

No meu prédio faleceu o proprietário de um Ap , a herdeira não paga o condominio , só q o Ap está no nome dele ainda , eu posso emitir boletos no nome do proprietário e mandar pro endereço da herdeira ? Pois eu não tenho os dados pessoais dela

Responder esta pergunta

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (6)

Paulo Rodrigues de Moura
Paulo Rodrigues de Moura respondeu
65 dias

Bom dia! Morto não paga,mas tem herdeiro então este é o responsável legal.

O que precisa ter cuidado é em saber se realmente é herdeiro ou herdeiros, neste caso o condomínio precisa ficar atento ao inventário.

Fonte: 12

paulorodrbiguesmoura@hotmail.com
(11) 98440-4093

Osni - Assembleia.Click
Osni - Assembleia.Click respondeu
65 dias

Sr. Luiz André,

Se houver um consentimento (desde já) até pode trocar no nome no boleto porque este não garante o direito de propriedade. O ideal é colocar em nome de quem está registrado o imóvel no Cartório.

assembleia.click
A evolução da assembleia de condomínio.
(13) 99114-4943

Geraldo Majella da Silva
Geraldo Majella da Silva respondeu
65 dias

Luiz - O nome de quem o boleto tem que ser emitido é do proprietário da unidade, ou seja, o nome de quem o imóvel está registrado em Cartório de RGI e não importa se o mesmo já é falecido. A troca do nome só ocorrerá caso seja emitido pela justiça um documento oficial para que o nome do boleto seja modificado, como por exemplo, o inventariante existente no processo de inventário sobre a divisão do imóvel com seus herdeiros.
Se você sabe o endereço da Herdeira envie para ela todas as cotas condominiais em nome do falecido que estão em aberto, por carta registrada, identificando cota por cota e nesta carta, peça a mesma para lhe enviar a copia da carta recebida de volta ao condomínio, informando a data que a carta foi recebida por ela e ela assinando este recebimento. Isto você já pode mandar na própria carta o recibo já identificado na cópia para que ela assine e mande de volta. Não se esqueça de emitir os recibos em atraso com os respectivos juros, multas e correção monetária.
Ela não efetuando o pagamento, contrate um Advogado para que este acione na Justiça os débitos em aberto. O próprio Advogado passará para você os documentos que este processo exigirá. Lembre-se débitos com mais de 5 anos, a Justiça não aceitará cobrança sobre os mesmo e com isto o condomínio poderá ficar sem receber estes débitos, caso o condômino resolva a não pagá-los, porque o condomínio não tem este poder para obriga-lo. 0k

Fonte: Pessoal

Geraldo Majella da Silva

Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez respondeu
65 dias

Sim, pode. O apartamento fechado? E não seria melhor ajuizar ação tão logo seja possível? Ou iniciar um inventário dessa unidade se habilitando no mesmo? Nada melhor do que um pouco de pressão para acordar o devedor.

Gestora de Imóveis - Graduada Universidade CESUMAR. Pós Graduada SENAC. Mediação e Arbitragem TASP.
contato: mari.marta_imoveis@hotmail.com

Compliance Sindico Profissional

Emitir boleto em nome do titular da unidade.

Compliance Sindico Profissional
carvavalho32valmir@gmail.com
Atende: grande São Paulo e Interior.

katia
katia respondeu
65 dias

luiz a cota permanece em nome do proprietário segue o mesmo para herdeiro ou familiar que fico responsável e aguarde mudança se isso ocorrer existe situações que chega a demora mais de 5 anos para alterar em caso de inventario

Katia styllus.atendimento@bol.com.br

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação
Entenda como funciona
Ranking geral

Faça suas cotações agora:

111.294 Compradores
347.818 Cotações
2.769 Fornecedores

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...