O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×
Cadastrar
Entrar
Cotar Pedir orçamentos
Seja um fornecedor
menu

Pergunta

WhatsApp
LinkedIn
Sandra Regina

Idosos no condomínio.

Por Sandra Regina
28 dias

Como resolver questão de idoso que passa mal de madrugada e o síndico não mora no condomínio.
É responsabilidade do síndico cuidar de cada evento que aconteça com os idosos em seu apartamentos? Temos muitos idosos morando sozinhos no condomínio e ultimamente alguns tem solicitado cuidados por passarem mal de madrugada. O síndico já atendeu alguns casos, mas agora estamos em época de eleição de síndico e estamos pensando em contratar síndico profissional e muito provavelmente o novo sindico não residirá no condomínio. Como abordar isso nas reuniões e como resolver isso?
Agradeço.
Sandra

Responder esta pergunta

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (6)

Paulo Miller
Paulo Miller respondeu
28 dias

Síndico não é responsável por saúde de morador, a família é que deve ser acionada para cuidar do idoso.

Fonte: eu

Erita pickler
Erita pickler respondeu
28 dias

Olá! O Sindico não tem responsabilidade alguma com questões de saúde, mesmo que nosso lado humano queira ajudar, devemos seguir o que diz a Lei, o regimento interno e a convenção.
já pensou Sandra, se cada morador que passe mal o Sindico tenha que tomar conta disso? e se dois ou mais passe mal ao mesmo tempo ( tudo é provável)?! como proceder?
o mais sucinto é expor isso na assembleia, e deixar bem claro que questões de saúde, mais especificadamente "questões particulares" são responsabilidade individuais do condômino/inquilino.

Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez respondeu
28 dias

Sandra o síndico cuida das áreas comuns. E qualquer vizinho pode ser acionado em caso de prestar socorros. Quem estiver disponível que vá. Ou acione o SAMU.

Não seria interessante que os idosos em questão usassem pulseiras de pânico que os conectassem com suas famílias? Ou, se vocês têm portaria 24 horas, instruir aos porteiros que acionem o SAMU (ou os convênios dos idosos em questão)?

Gestora de Imóveis - Graduada Universidade CESUMAR. Pós Graduada SENAC. Mediação e Arbitragem TASP.
contato: mari.marta_imoveis@hotmail.com

Habitat Administradora de Condomínios

Prezado,

Síndico não é atendente de pronto socorro, não é plantonista e nem tem responsabilidade alguma sobre saúde de moradores. Isso não tem nada a ver com gestão financeira do condomínio.

Recomendamos nem entrar nesse assunto na assembléia.

Habitat Administradora de Condomínios - Sua tranquilidade, Nossa missão!
Site: www.habitatadm.com.br
Email: contato@habitatadm.com.br
Tel: (11) 3834-2180

Paulo Rodrigues de Moura
Paulo Rodrigues de Moura respondeu
28 dias

Boa tarde! O síndico não tem nada de resposabilidade sobre isso.

Prestar socorro ao próximo é ato nobre e previsto em lei qualquer cidadão deve e pode fazer isso.

Fonte: 12

paulorodrbiguesmoura@hotmail.com
(11) 98440-4093

Luiz Leitão da Cunha
Luiz Leitão da Cunha respondeu
28 dias

Indo além da obrigação, pois não compete ao sindico cuidar dos moradores, pode-se fazer o seguinte:

Havendo portaria 24 horas, vocês podem criar uma lista de contatos de emergência dos moradores (inclusive para outras questões, como vazamentos), como telefones de parentes e nome do convenio médico, se houver.

De resto, a portaria ou os vizinhos acionarão esses contatos, ou o SAMU.

Luiz Leitão da Cunha | Atuação em São Paulo, nos bairros Jardins, Pinheiros, Bela Vista, Paraíso e Itaim-Bibi.
https://luizleitaosindicoprofissional.wordpress.com
Colunista da revista Direcional Condominios

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação
Entenda como funciona
Ranking geral

Faça suas cotações agora:

111.294 Compradores
347.818 Cotações
2.769 Fornecedores

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...