O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×
Cadastrar
Entrar
Cotar Pedir orçamentos
Seja um fornecedor
menu

Pergunta

WhatsApp
LinkedIn
Weslany Silvério Neto

Furto de sapatos no hall

Por Weslany Silvério Neto
49 dias

Esqueci meus sapatos na porta do meu apartamento. O vizinho "pegou" e não devolveu. No condomínio é proibido deixar os sapatos. Como estava errada, ele realmente pode pegar?

Responder esta pergunta

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (7)

Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez respondeu
49 dias

Tem provas? Registre BO e ele que responda pelo crime.

Gestora de Imóveis - Graduada Universidade CESUMAR. Pós Graduada SENAC. Mediação e Arbitragem TASP.
mari.marta_imoveis@hotmail.com

Geraldo Majella da Silva
Geraldo Majella da Silva respondeu
49 dias

Weslany por deixar sapatos no corredor, por se uma área comum, o Síndico do seu condomínio poderia ter lhe multado por este ato, uso indevido da área comum. Agora o cometido por alguém, sumindo com seu sapato passa a ser um ato ilícito, artigo 186 Código Civil, identificando quem cometeu o ato, poderá registrar um BO e processa-lo criminalmente, por furto. Uma coisa não justifica a outra. Deixar o sapato no corretor, apesar de ser uma infração condominial, não significa que alguém pode furta-lo ou sumir com o mesmo. 0k

Fonte: Pessoal

Geraldo Majella da Silva

WESLEY DA SILVA LOURENCO
WESLEY DA SILVA LOURENCO respondeu
49 dias

Prezada Weslany, morador não tem autorização para se apropriar de qualquer objeto de vizinho independente do regimento interno. Trata-se furto! Solicite a devolução imediata, caso contrário, processe esse indivíduo por furto.

Estou à disposição para eventual auxílio jurídico.

OBS: A análise concreta de casos específicos se enquadra em serviço de consultoria jurídica, portanto, sujeita-se ao ajuste prévio de honorários.

Atenciosamente.

Wesley da Silva Lourenço
Advogado/MG
Especialista em Direito Imobiliário
Consultor e Assessor Jurídico
we_lourenco@yahoo.com.br
Instagran: @aprendendodireitoimobiliario

WESLEY DA SILVA LOURENCO
WESLEY DA SILVA LOURENCO respondeu
49 dias

Prezado Geraldo Magela, o ilícito civil não se confunde com o ilícito penal (crime)! O fundamento para a ação criminal é o artigo 155 do Código Penal que tipifica o crime de furto.

Wesley da Silva Lourenço
Advogado/MG
Especialista em Direito Imobiliário
Consultor e Assessor Jurídico
we_lourenco@yahoo.com.br
Instagran: @aprendendodireitoimobiliario

Gilmar Marçal da Rosa
Gilmar Marçal da Rosa respondeu
49 dias

Oi Weslany!
Se consegue provar a situação, faça um BO!
Um abraço!

MARÇAL - Síndico Profissionalmente - (Porto Alegre - RS)
E-mail: marcal627@gmail.com - Tel.(51) 991098649
Bacharel em Administração de Empresa

Luiz Leitão da Cunha
Luiz Leitão da Cunha respondeu
49 dias

Não é porque vc estava errada que o vizinho pode se apropriar do que é seu. No caso, trata-se de furto.

Luiz Leitão da Cunha | Atuação em São Paulo, nos bairros Jardins, Pinheiros, Bela Vista, Higienópolis, Paraíso e Itaim-Bibi.
https://luizleitaosindicoprofissional.wordpress.com
Colunista da revista Direcional Condominios

Wagner Vieira
Wagner Vieira respondeu
47 dias

Boa tarde Weslany!

Se trata de furto, caso tenha provas reais, é caso de registro de ocorrência policial.

O condomínio não é responsável por objetos deixados ou esquecidos nas áreas comuns.

Att,
Wagner Vieira
Vieira Síndicos & Consultoria Condominial
contato@vieirasindicos.com.br
Intagram: @vieirasindicos

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação
Entenda como funciona
Ranking geral

Faça suas cotações agora:

111.294 Compradores
347.818 Cotações
2.769 Fornecedores

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...