O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×
Cadastrar
Entrar
Cotar Pedir orçamentos
Seja um fornecedor
menu

Pergunta

WhatsApp
LinkedIn
Marlon Prado

O que fazer quando o cachorro de um condômino não para de latir ?

Por Marlon Prado
9 anos

Responder esta pergunta

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Conteúdos relacionados

Respostas (7)

Ordenar:

E. Rui Franco
E. Rui Franco respondeu
9 anos

Já foram falar com o proprietário, se for durante o dia e o animal estiver sozinho, pode por barulho no corredor, crianças correndo etc. Não acredito que alguém em casa aguente o cachorro latir por latir.
Outro passo é verificar na Convenção de constituição do Condomínio e Regimento Interno, o versa sobre esse assunto. Se não resolveu, fale com a administradora e com o Síndico, que deverão comunicar-se com o Condômino responsável pelo Animal e tomar as medidas necessárias. Procure não se indispor com seu vizinho, vá pelas vias normais, talvez lhe poupe de um punhado de dor de cabeça e trabalho.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Kleber Gonçalves de Almeida
Kleber Gonçalves de Almeida respondeu
9 anos

Boa tarde Prezado Marlon,

Conforme artigo 1.277 do novo Código Civil, " o proprietário ou possuidor de um prédio tem o direito de fazer cessar as interferências prejudiciais à segurança, ao sossego e à saúde dos que o habitam, provocadas pela utilização de propriedade vizinha"

Como nota no artigo acima, você poderá enviar ao Síndico carta solicitando o cumprimento deste, caso contrário, poderá ingressar com ação na justiça contra o morador e contra o Síndico, que não fez cumprir as determinaçôes legais.

Porêm, muito cuidado, pos realmente deve ficar confirmado o excesso de barulho do animal, caso contrário, você poderá sofrer ação por danos morais.

Abraços - Kleber - SP

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Jussara Cunha
Jussara Cunha respondeu
9 anos

* Leia a sua convenção sobre questão de animais.
* Permitindo animais ou nào permitindo, de qualquer modo o animal não pode provocar transtorno para o condomínio, seja por barulho, seja por mal cheiro.
* Comprove e documente as ocorrências de transtorno: dia/hora e se possível filme com o celular e faça a reclamação para o condomínio.
* O síndico deverá advertir o dono do apto e pedir providências.

Qto às providências, hoje qualquer cachorro torna-se um ser frequentador de qualquer sala. Não faltam adestradores nas cidades e programas de TV ensinando a DOMESTICAR e URBANIZAR o cachorro para ele conviver em um condomínio.
Eis algumas páginas de adestradores em BH:
* http://www.caesinteligentes.com.br/?gclid=CN_uo7yZ8KkCFZFY7AodCRSLWg
* http://adestradoramigo.com/
* http://www.educoseucao.com/

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Maria Telma Falcão de Carvalho

Marlon,

Além do que nossos amigos informaram, você pode entrar com ação por perturbação de sossego através de BO.
Lembrando que o ruído é medido por decibéis, mas fico imaginando um cachorro latindo sem parar, não há quem aguente.
Outraq coisa, você sabe se o dono abandona o cachorro sozinho em casa? se sim, tem uma Lei municipal que obriga o dono do cachorro a uma série de providencias, tais como: registrar na Prefeitura, colocar o RGA na coleira, vacinar e apresentar a caderneta de vacinação contra a raiva quando solicitado, não deixar dejetos nas vias públicas. Tudo isso pode levar o morador a ser multado pelo município Zoonose) é só denunciar..
Você tem várias situações para resolver o seu problema.
Boa sorte.

Telma

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
carlos barto meira
carlos barto meira respondeu
9 anos

É comun a presença de animais em condomínio,porém é preciso colocar ordem na casa.
Com uma convenção bem feita,é possível corrigir estas irregularidades.
Comunicar o morador verbalmente e por escrito é a primeira etapa,para acabar com o abuso.Caso persista o barulho dos animais,a próxima etapa é comunicar o morador que ocorrerá cobrança de multa,pelo barulho dos animais.
Estas medidas tem contribuido para eliminar estes abusos.

Fonte: Código Civil, registra a sugestão de refazer a convenção,colocando-o mais completo.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
sandra ruiz
sandra ruiz respondeu
9 anos

Onde moro tem calopsitas, pior ainda passam o dia gritando, e de manha que começa. O cachorro não sabe obedecer, cabe ao dono fazer ele se calar, eu tenho uma cachorra, late normalmente se houver barulhos no hall, mas a noite é sagrado, tranco ela no quarto, e se ameaça a latir brigo com ela

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Jeniffer
Jeniffer respondeu
1 ano

Recebi duas multas por meu cachorro chorar quando saímos de casa. Na primeira fiz a defesa, e não recebi a resposta. Cobraram o valor de 1 cota condominial.
Na segunda, cobraram 5x o valor do condomínio. Fiz a defesa, e recebi o indeferimento, já com o boleto anexado.
3300,00 reais de multa, sem esse valor estar estipulado no Regimento Interno.
O que devo fazer?

Jeniffer

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...