O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

Terceirizar os serviços do condominio compensa? Este funcionário tem compromisso com o condominio?

Por Mateus gonçalves
Perguntou há mais de 1 ano

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (6)

Ordenar:

Kleber Gonçalves de Almeida
Kleber Gonçalves de Almeida

Respondeu há mais de 1 ano

Boa tarde,

Prezado,

A terceirização é a forma mais prática de se administrar os funcionários haja vista que, toda obrigação trabalhista e problemas de rotatividade de funcionário, cobertura de faltas e férias recaem sobre a terceirizada.

Porém, deve-se tomar cuidado, e estar sempre fiscalizando de perto a empresa, pois o condomínio responde solidariamente com a empresa em qualquer problema de ação trabalhista e ou, acidente de trabalho.

Financeiramente terceirzar é mais vantajoso, não que seja absurdamente mais economico, mais normalmente sai mais barato.

Eu recomendo, porém, deve-se procurar uma empresa idonea. Para tanto, deve-se levantar todas informações sobre a mesma, consultar ações diversas, se existe débito no INSS, FGTS, certidão de breve relato receita federal, bem como, consultar os sócios na esfera civil e criminal.

Também verifique se tem sede própria, se fornece equipamentos individuais de segurança.

E o mais importante, tome muito cuidado com contratos com clausulas leoninas.

Sobre o mesmo ter compromisso, é complicado. Hoje as terceirizadas pagam apenas o piso da categoria, que fica um pouco abaixo do registrado pelo condomínio e tal situação, que na verdade é o grande problema das terceirizadas é a rotatividade de funcionários, o que traz insegurança para os condôminos, pois uma pessoa nova no cargo é sinonimo de perigo.

Recomendo para estes casos, combinar com a terceirizada e pagar um "plus", ou seja, um pouco a mais, talvez R$ 100,00 a R$ 150,00 para cada e ou, um convenio médico, isto já motiva os funcionários, evitando assim, está rotatividade.

Abraços - Kleber - SP

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
francisco freitas mendes
francisco freitas mendes

Respondeu há mais de 1 ano

Willian, a terceirização proporciona ao condominio uma certa tranquilidade, tendo em vista as faltas de funcionários, ferias etc. Quanto a custo, aparentemente/mensalmente a terceirizada é mais cara, mas no final fica igual. Com relação ao compromisso do funcionario com o condominio, creia voce até existe, tendo em vista que os funcionários, quando o condominio não é muito longe de suas casas, até pedem para não serem transferidos, pois acabam acustumando-se com o zelador e com os condôminos e assim não querem ser transferidos para outro local. (experiencia propria).

Francisco

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Maria Telma Falcão de Carvalho
Maria Telma Falcão de Carvalho

Respondeu há mais de 1 ano

Compensa porque você tem menos trabalho, é mais barato (um pouco), por enquanto porque já é o segundo ano que o reajuste é de 15%. Se no próximo ano vier esse percentual, eles passarão os funcionpários registrados e deixará de ser uma vantagem financceira.

Os funcionários por ganharem menos, não tem muita vontade de trabalhar, há uma grande rotatividade e o condominio é co responsável pelos pagamentos que a empresa terceirizada não fizer. De vez em quando recebo intimações para comparecer ao TRT devido ações de empregados de empresas terceirizadas que colocam o condominio "no pau". Graças a Deus eles assumem tudo e nunca tivemos que pagar nenhum, mas ficamos com a despesa da contratação do advogado.

É preciso escolher bem uma empresa dessas. Pedir todos os documentos necessários, fiscais, se tem sede própria, honestos, funcionários limpos, bem vestido (tem uns que vêm descaberlados e com a ropupa encardida.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Angela Merici Grzybowski
Angela Merici Grzybowski

Respondeu há mais de 1 ano

William, antes de pensar em valores e nas "facilidades" da administração de funcionários que a terceirização proporciona a nós síndicos , pense no condomínio, no perfil do seu condomínio.
Eu sou muito favorável à terceirização, conheço vários condomínios que não querem voltar a ter funcionários próprios, por isso mesmo, qdo assumi, eu conversei por alto com alguns moradores daqui, eles foram taxativos ao se dizerem contrários à terceirização, por "n" motivos; então percebi que eles ainda não veêm na terceirização a mesma qualidade de serviços dos funcionários próprios, sendo sssim, eu me desdobro com os problemas relativos a administração de funcionários, aporrinho minha admisntiradora, mas nem penso em terceirizar, pois sei que terei que enfrentar os moradores e isso, com certeza, vai ser mais desgastante do que administtar funcionários próprios.
Qto a valores, as boas e confiáveis empresas cobram muito parecido com a Folha de Pagamento, ninguém faz milagre, salários, direitos, 13º e Férias, são custos oficiais, e as empresas ainda devem ter lucro, então o piso salaria do terceirizado é menor que o funcionário prórpio, mas como a Maria Telma colocou muito bem, logo logo essa diferença vai acabar e aí, só vai sobrar como diferença a questão de administrar férias, faltas e licenças.
Pense bem, OK?!

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
juarezferreiraalves@hotmail.com
juarezferreiraalves@hotmail.com

Respondeu há mais de 1 ano

Fonte: http://189.19.215.201/Web/ler.php?cod_5=18&entra_no_web1=at2
Denúncia contra a terceirização: No início do ano, o presidente do Sindifícios, Paulo Ferrari, recebeu um envelope com uma séria denúncia feita por um porteiro, funcionário de uma empresa que terceiriza a mão de obra em condomínios, relatando a forma como ele atua e a vida que leva profissionalmente.
Ao todo, são 114 páginas escritas à mão por uma pessoa que pede para não ser identificada. João, como vamos tratá-lo, está na mesma empresa há quase três anos e diz que nela entrou por estar desesperado procurando emprego e tem medo de voltar à mesma situação. Em busca de emprego João revela que o início foi surpreendentemente fácil; ao ler uma placa na rua solicitando ?Porteiros mesmo que sem experiência / Início imediato?, resolveu conhecer do que se tratava. Sem preparo, cursos ou experiência, recebeu roupas de uniforme, rádio, códigos e, no dia seguinte, começou a trabalhar num condomínio com 340 apartamentos. O trabalhador se cala para ter emprego Contratado para trabalhar em escala 4x2, descobriu no primeiro dia que seria 5x1, sem contar a carga horária diária superior a determinada pela Convenção Coletiva da Categoria. Na prática, ele afirma que para fugir do desemprego o trabalhador aceita calado imposições ilegais; assim, garante um salário baixo, mesmo trabalhando muito, com dificuldades para receber horas extras e feriados. E não adianta pedir ajuda ao sindicato das terceirizadas: ?Este pouco se importa com essa situação?, afirma João e completa: ?Com o tempo descobri que nenhuma terceirizada manda o funcionário embora; elas querem que o insatisfeito peça demissão para fazer um acordo que, na prática, consiste em o funcionário arcar com as despesas rescisórias para sair?. O contato com o morado. No texto, João narra a dificuldade de se relacionar com os moradores, pois o síndico proíbe o contato para não ter vínculos com os funcionários. Também revela que, da portaria, pôde ouvir o síndico negociando com a empresa contratada os benefícios pessoais que recebera pelo contrato.Segurança. A segurança no condomínio terceirizado é precária, pois muitos locais sustentam só a aparência. Monitores e câmeras de monitoramento desligados ou com imagens ruins, cercas elétricas desligadas, moradores que não cumprem com as normas em especial no acesso a garagem, enfim, a vulnerabilidade do condomínio expõe a vida de todos os moradores e o pior: funcionários terceirizados sem treinamento algum.
Comentário de juarezferreiraalves@hotmail.com - Gerente Predial e Administrativo há 25 anos; Essa situação gera muitas outras, faltas e atrasos que não são compensados nem relatados, quando da apresentação da fatura mensal pela Terceirizada. A hierarquia então, não existe. É um tal de funcionário procurar o Síndico ou a Terceirizada sem passar pelo Zelador ou Síndico, de tal forma que o Zelador e o Sindico quase nunca ficam sabendo antecipadamente, que o funcionário iria faltar ou chegar atrasado, ou que deu satisfação somente á Terceirizada ou ao Supervisor, sem dar conhecimento ao Zelador. Por último e o mais importante; O Patrão do funcionário e do Zelador Terceirizado é a Terceirizada, á quem ele deve obediência e lealdade, e não o Síndico ou o Condomínio. Afinal, quem é que denunciaria seu patrão, por irregularidades no cumprimento do dever? Se um funcionário terceirizado for dispensado de qualquer Condomínio, ele nunca é mandado embora. Ele será jogado pra lá e pra cá e trabalhará super-revoltado disseminando a discórdia, até pedir a conta. Já pensou você ter em seus quadros um funcionário descontente desses? E tendo meia dúzia ou mais?

Fonte: juarezferreiraalves@hotmail.com - Gerente Predial e Administrativo há 25 anos

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ver todos os comentários (2)
Angelina Somolanji R. Oliveira
Angelina Somolanji R. Oliveira

Comentou há mais de 1 ano

Juarez:
No meu condomínio, que é relativamente pequeno, tentamos verificar a opção de terceirizadas, mas o custo também ficava alto. Desistimos e precisei demitir dois funcionários antigos e deixar a portaria apenas no período diurno (horário comercial) e noturno (das 22 ás 6) e sem porteiros no domingo. Foi o jeito de economizar. Estou colocando mais portão de acesso e cameras. Segurança total nunca vamos ter, pois mesmo com portaria 24h os porteiros eram relapsos e tinham falhas graves de segurança. E isto porque paguei cursos, o salário não é dos piores (recebem 20% a mais do piso). Enfim lidar com o ser humano é dificil.
Eu ainda acho melhor ter funcionários próprios e reciclar cursos, ter itens de segurança bons e se o funcionário não atender as expectativas demitir.
Eu tive problemas com moradores por uma decisão acertada em assembleia (dispensar funcionários), gritarias, acusações de roubo, etc. Mas até o fim do ano todo mundo esquece, se adapta e continuamos em frente.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
juarezferreiraalves@hotmail.com
juarezferreiraalves@hotmail.com

Comentou há mais de 1 ano

Em tempo, trabalhar com funcionário terceirizado é o mesmo que comprar produto Chinês. Independentemente da qualidade, o produto Chinês é produzido com trabalho escravo, controlado pelo Estado Comunista que não admite ser contestado.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Miró Souzza
Miró Souzza

Respondeu há mais de 1 ano

A principio parece vantajoso ao condomínio, custos aparentemente menores, sem vínculos com funcionários, menos preocupações com 13º, férias, rescisões etc...
Trabalho no ramo de condomínios a mais de 20 anos , comecei como faxineiro, passei a porteiro, zelador, supervisor , gestor predial e síndico profissional. O fator humano é preciso ser levado em questão também nessas decisões, e são normalmente esquecidos dando espaço somente aos interesses financeiros.

Não há nenhuma forma milagrosa para reduzir custos concretos, o síndico que se entende como um visionário e sai somente cortando gastos sem avaliar o real interesse da maioria, será aquele lembrado no condomínio como o de um mandato só...

Á terceirização pela experiencia que tenho, traz muito mais transtornos do que beneficios a maioria dos condomínios. Trabalho hoje com uma carteira de 35 condominios em são paulo, dos quais 16 foram terceirizados, tenho todo tipo de problemas, de caráter moral ao judicial , vejo que tal economia de terceirizar nos traz muitos mais transtornos do que beneficios. Normalmente condominios de baixo padrão tem mais essa ideia sobre reduzir os custos contratando serviços terceirizados de mão de obra para seus condominios, alguns dizem ter dado certo e acham vantajoso, a maioria com a questão do tempo voltam a contratar funcionários proprios , tendo em vista uma experiencia nada agradavel com a terceirização...

Não sou completamente contra a terceirização, acho que em alguns setores funcionam muito bem. Mas pra condominio nunca tive boas experiencias, olha que já trabalhei com as tops do mercado, fazem de tudo pra te convencer que farão um excelente serviços, mas escondem o descontentamento das pessoas que colocarão para tomar conta da porta da sua casa.

Além de todos processos trabalhista que venho negociando por responsabilidade solidária, a pesar de ter toda uma cautela juridica ao fechar contratos de terceirização, mesmo assim sempre sobra algo para os condomínios. Pois o empregado da terceirização quando se cansa do seu trabalho normalmente muito mal remunerado , aprendeu a acionar o condominio para forçar a sua empresa demiti-lo, ai vem custos que levam todas falsas economias realizadas com uma terceirização...

Funcionário sem vínculo , nunca se dedicara ao condominio. A maioria dos assaltos ocorridos em condominios são empresas de terceirização que tomaram conta do local, sem contar quando as investigações descobre envolvimento e facilitações diretas dos empregados dessas empresas, e não são fatos isolados, basta pesquisar ! Dos 16 condominios que trabalho com terceirização, quase metade esta revisando a quebra de contrato com as terceirizadas .
Entendo e respeito a opinião de quem defende ...mas não tenho boas experiencias com terceirização,

Fonte: Opinião pessoal

Assinatura: Mirivaldo P souzza
Gestor predial

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.