O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×
Cadastrar
Entrar
Cotar Pedir orçamentos
Seja um fornecedor
menu

Pergunta

WhatsApp
LinkedIn
Antonio Carlos da Costa

É normal um funcionario que ja aposentou e continuou na função querer ser demitido ?

Por Antonio Carlos da Costa
49 dias

Nosso funcionario (porteiro noturno) se aposentou e continuou na função, na pandemia ficou em casa recebendo e agora não quer mais voltar, não quer se demitir para que eu o substitua e pleiteia ser demitido recebendo uma indenização. Ja viram isso ?? isso tem alguma consistencia legal ? grato por qualquer luz

Responder esta pergunta

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (4)

Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez respondeu
49 dias

Nada te obriga a demiti-lo. Se ele não quer mais trabalhar que peça demissão.

Gestora de Imóveis - Graduada Universidade CESUMAR. Pós Graduada SENAC. Mediação e Arbitragem TASP.
mari.marta_imoveis@hotmail.com

Luiz Leitão da Cunha
Luiz Leitão da Cunha respondeu
49 dias

Se ele não aparecer no trabalho, envie-lhe um telegrama dizendo que após 30 dias de ausencia injustificada, ele será desligado por abandono de emprego. A partir do momento em que vcs comunicarem a ele oficialmente que deverá voltar ao trabalho, cada dia de falta será descontado.

Isso de querer ser demitido é um problema brasileiro originado pela nossa legislação, que considera uma infração o simples fato de um patrão decidir demitir um empregado. A chamada "demissão imotivada", que muitos aproveitam para faturar a multa rescisoria de 40% do FGTS. Faça provas, mas não aceite um pedido para ser demitido. Gente correta que não está satisfeita com o emprego pede demissão. Recorra a advertencias e suspensões, se for o caso, até chegar à justa causa.

Luiz Leitão da Cunha | Atuação em São Paulo, nos bairros Jardins, Pinheiros, Bela Vista, Higienópolis, Paraíso e Itaim-Bibi.
https://luizleitaosindicoprofissional.wordpress.com
Colunista da revista Direcional Condominios

Geraldo Majella da Silva
Geraldo Majella da Silva respondeu
49 dias

Antonio depende do tipo de aposentadoria. Se for por tempo de serviço o condomínio desligando terá que pagar todos os direitos que ele tem, como se fosse um funcionário não aposentado. Logico que ele fará o jogo dele, forçando a barra para ser mandado embora, como qualquer outro funcionário faria, desejando receber os direitos que ele tem ao ser demitido. Como ele já tem uma renda fixa com a aposentadoria, dificilmente aceitará qualquer tipo de acordo. Lembrando que o abandono de emprego é após 30 dias e o empregador tem que seguir regras para conseguir. Melhor demiti-lo. 0k

Fonte: Pessoal

Geraldo Majella da Silva

Prompt Serviços
Prompt Serviços respondeu
42 dias

Boa tarde Antonio!
Encaminhe um telegrama dizendo a data que o mesmo deve retornar ao trabalho e que sua ausência injustificada acarretará em descontos em sua folha de pagamento. Caso não haja retorno as suas atividades laborais, após 30 dias será caracterizado abondo de emprego ocasionando a dispensa por justa causa.

Prompt Especializada- Terceirização de Portaria, Limpeza e Serviços
Site: https://promptespecializada.com.br
Telefone: (11) 2950-4839

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação
Entenda como funciona
Ranking geral

Faça suas cotações agora:

111.294 Compradores
347.818 Cotações
2.769 Fornecedores

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...