O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×

Pergunta

WhatsApp
LinkedIn
MAURICIO

INFILTRAÇÃO NO MEU APARTAMENTO.

Por MAURICIO
6 meses

COMPREI UM APARTAMENTO E O MESMO APRESENTA INFILTRAÇÃO NA PAREDE DO QUARTO , BANHEIRO E TETO DO BANHEIRO.

O SÍNDICO E O DONO DO APARTAMENTO DE CIMA NÃO FIZERAM NADA MESMO SENDO ENVIADO CARTA REGISTRADA A AMBOS PARA TENTAR RESOLVER O PROBLEMA.

COMO DEVO RESOLVER O PROBLEMA DE INFILTRAÇÃO ORIUNDA DO APARTAMENTO DE CIMA OU DA COLUNA DO CONDOMÍNIO, JÁ QUE A INÉRCIA DE AMBOS EM RESOLVER O PROBLEMA AGORA ME TRAZ MAIORES PROBLEMAS JA QUE O APARTAMENTO ESTÁ ALUGADO E O INQUILINO JÁ ESTÁ RECLAMANDO E PEDINDO PROVIDENCIAS, SOB PENA DE SAIR.

POSSO CONVOCAR UMA ASSEMBLÉIA EXTRAORDINÁRIA PARA DAR PUBLICIDADE DO FATO A TODOS OS PROPRIETÁRIOS ?

COMO ENTRAR COM AÇÃO NA JUSTIÇA PARA REQUERER O CONSERTO DA INFILTRAÇÃO E O CONSERTO DO ESTRAGO NO TETO E PAREDES DO IMÓVEL ?

NA AÇÃO O JUIZ INDICA UM PERITO PARA DAR UM LAUDO DIZENDO QUEM É O RESPONSÁVEL PELO PROBLEMA ?

Responder esta pergunta

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (6)

Geraldo Majella da Silva
Geraldo Majella da Silva respondeu
6 meses

Mauricio - Com a cópia da carta entregue ao morador de cima, que por sinal é o síndico, você poderá acioná-lo na Justiça. Provavelmente, o morador de cima que é o sindico, não lhe dará a oportunidade de você entrar no imóvel dele para fazer esta perícia junto com um profissional do ramo, portanto, faça esta solicitação por carta registrada, informando o seu contacto e o meio mais fácil dele, se comunicar com você, e dê a ele um prazo, final do prazo, acione o mesmo na Justiça e poderá usar a Justiça gratuita, Juizado Especial Civil que atende o seu bairro, lá não terá a despesas com Advogado, caso o cidadão atenda a intimação recebida, comparecendo na audiência e se isto não ocorrer, terá que contratar um Advogado para dar seguimento no processo. Não podendo pagar um Advogado, procure a Defensoria Publica que atende o seu bairro. 0k

Fonte: Pessoal

Geraldo Majella da Silva

JOSE LOPES GOMES
JOSE LOPES GOMES respondeu
6 meses

Mauricio - entendo que tem que fazer 2 notificações, sendo uma para o morador de "cima" e outra para o Condominio. Faça a notificação por escrito e mande através de carta registrada ou cartório e não esqueça de dar um prazo para a solução. Ex. 30 dias.

Não havendo manifestação, contrate um advogado e entre com uma ação contra o morador e outra contra o condomínio. Pode utilizar o Juizado Especial. Não havendo o comparecimento de uma das partes, você só perdeu tempo.

José Lopes (lopesjg@uol.com.br)- Consultoria em RH/DP e Sindico Profissional. Gestão e Assessoria em analise de prestação de contas e operação.

Paulo Rodrigues de Moura
Paulo Rodrigues de Moura respondeu
6 meses

Bom dia! A parede do quarto faz divisa com o banheiro?

Teto do banheiro obviamente é de cima.

Parede precisa avaliar se é proveniente de ramal ou coluna.

Você tem ideia de quanto custa uma perícia?

Se for pelo lado técnico/ judicial tenha certeza que ficará muito mais oneroso do que arrumar, só o laudo que é o documento com fé pública inicial pode ficar em R$ 1.500,00 a R$ 2.000,00.

Fonte: 12

paulorodriguesmoura@hotmail.com
(11) 98440-4093

edimar rocha bandeira
edimar rocha bandeira respondeu
6 meses

Toda ação, tem uma reação.
Maurício, tendo em vista que todos os seus esforços deram em nada, pela incompreensão dos causadores dos problemas, sugiro o seguinte :
A encanações sanitárias do apartamento de cima (causador do problema), passa no teto do seu banheiro, cujo forro é de gesso. Corte o forro do seu banheiro e isole todas as encanações do apartamento superior. Como fazer isso ? Corte os canos e ponha tampa cega na parte que passava água e dejetos. Com isso, o morador não poderá dar descarga e nem usar a pia.
Você verá que rapidinho ele vai pedir para você deixar alguém verificar e desentupir.
Chegou pois, a hora da negociação. Primeiro, ele conserta aquilo que afeta a você. Depois, você desbloqueia os canos dele.
Com vizinhos que não prestam, a gente tem que usar os mesmos métodos.

Fonte: A voz do retorno. Se não vai com graxa, vai no seco.

Compliance Sindico Profissional

Desculpa, surreal seu post. Se há uma ação em andamento, não tem sentido vc vir ao fórum, mesmo porque não é ético tecer comentários sobre a demanda em curso. Aguarde o processo e nada que for falado aqui, vai interferir na decisão judicial.

Compliance Sindico Profissional
carvavalho32valmir@gmail.com
Atende: grande São Paulo e Interior.

Anthero Santos
Anthero Santos respondeu
5 meses

Mauricio,

Para entrar com uma ação judicial você deverá possuir elementos comprobatórios da responsabilidade da infiltração caso contrário terá que acionar o condomínio, o apartamento acima do seu e os demais apartamentos para evitar receber uma ação regressiva por calúnia.

Quando você processa uma unidade e essa unidade é absolvida, ela possui o direito de processá-la por calúnia e constrangimento.

Contrate um profissional habilitado (engenheiro ou arquiteto) para realizar uma perícia e identificar a origem, os danos e a responsabilidade pela infiltração.

Na ação judicial, o responsável pelo pagamento do perito judicial será o autor da ação (você) caso não seja solicitado o ônus da prova.

Caso prefira entrar em contato diretamente, segue o meu contato:
Anthero Santos
Engenheiro Civil Perito
21 99104-2366
eng.antherosantos@gmail.com

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação
Entenda como funciona
Ranking geral

Faça suas cotações agora:

110.153 Compradores
344.410 Cotações
2.786 Fornecedores

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...