O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×

Pergunta

WhatsApp
LinkedIn
Elidiane Mendonça da Cunha

Condômino faz denúncia de furto de energia. Como o síndico deve proceder?

Por Elidiane Mendonça da Cunha
3 meses

Moradora teve aumento na conta de energia por um período de quase um ano, tirou fotos do quadro de luz no qual constatou uma ligação irregular em seu ramal. Ela fez boletim de ocorrência e o síndico após calcular as médias a reembolsou. A investigação ainda não foi concluída pela polícia, é correto o condomínio arcar com este ônus antes de uma conclusão?

Responder esta pergunta

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (12)

Ricardo Corrêa - Síndico Profissional

Não, acredito que deveria realizar uma assembléia e informar o ocorrido.
Duvida... ela estava pagando a conta de outra unidade ou da área comum? Quem tem acesso a este quadro de energia?

Ricardo Corrêa - Síndico Profissional (Guarulhos- SP)
e-mail: contato@correasindico.com.br
Tel. (11) 2087-3087
Cel. (11) 97081-4321 Whatsapp

Elidiane Mendonça da Cunha
Elidiane Mendonça da Cunha respondeu
3 meses

Ricardo Corrêa,

Não houve assembléia, recebemos o boletim de ocorrência por e-mail já com a informação do reembolso.
A moradora que fez a denúncia e o boletim de ocorrência é a proprietária de uma das unidades, e o quadro de luz não tem cadeado, qualquer pessoa hoje tem acesso.
Sendo proprietária também, não concordo com este reembolso, visto que nem há conclusão da investigação policial. O síndico crê que a investigação será inconclusiva, e que como os quadros de energia estão dentro das dependências do condomínio este é responsável pelo possível furto de energia.

Jean Angelotti
Jean Angelotti respondeu
3 meses

Elidiane, nesse caso o síndico deveria ter acionado um engenheiro elétrico para verificar a planta elétrica e até mesmo investigar qual lugar essa ligação irregular que a moradora relata estava alimentando.

O síndico não pode sair ressarcindo apenas com um BO sem inquérito policial instaurado e comprovando que houve algum problema, até mesmo porque precisaria de laudo de um perito falando que a ligação irregular no quadro da unidade reclamante estava alimentando outro lugar.

Jean Angelotti Sindico Profissional falandodecondominio@gmail.com

Elidiane Mendonça da Cunha
Elidiane Mendonça da Cunha respondeu
3 meses

Jean Angelotti,

Nas fotos que deram origem ao boletim de ocorrência só consta uma ligação de um plug de tomada no disjuntor da unidade reclamante, por esse motivo o síndico alega que não há como comprovar a saída de energia para outra unidade. O questionei se entrou em contato com a Enel para ter as médias de todas as unidades e ele disse que isso é papel da polícia no decorrer da investigação.
Não estou dizendo que a denúncia é falsa, só não concordo em pagar por algo qualificado como roubo sem ter comprovação. O condomínio negligenciou o acesso, mas quero ter a certeza se deve reembolsar.

Paulo Rodrigues de Moura
Paulo Rodrigues de Moura respondeu
3 meses

Boa noite! O mais importante você não falou, que é o local de consumo sendo na área comum sim o condomínio é responsável , caso tenha sido algum morador o mesmo é o responsável.

Fonte: 12

paulorodrbiguesmoura@hotmail.com
(11) 98440-4093

Elidiane Mendonça da Cunha
Elidiane Mendonça da Cunha respondeu
3 meses

Boa noite Paulo Rodrigues de Moura,

Não sei se o entendi bem. O quadro de energia que foi adulterado fica em área comum sim, e como não há controle qualquer um tem acesso. Pela fotografia não há como identificar quem possa ter se beneficiado.

Gilmar Marçal da Rosa
Gilmar Marçal da Rosa respondeu
3 meses

Oi Elidiane!
O síndico para se protinficar desse jeito, sem buscar uma avaliação de um profissional elétrico, já sabia o que estava acontecendo?
Um abraço!

MARÇAL - Síndico Profissional - (Porto Alegre - RS)
E-mail: marcal627@gmail.com - Tel.(51) 986366900
Bacharel em Administração de Empresa

Elidiane Mendonça da Cunha
Elidiane Mendonça da Cunha respondeu
3 meses

Gilmar Marçal Da Rosa,

Não tenho essa informação, a gestão dele tem mais ou menos 01 ano, antes disso era administrado pela própria reclamante.

Se este fato tivesse ocorrido comigo claro que também gostaria de ser reembolsada, qualquer um que seja lesado tem esse direito, porém penso que a investigação deveria ter sido concluída.

Eliasar Pereira Eduardo
Eliasar Pereira Eduardo respondeu
3 meses

Elidiane, bom dia. Você não diz quem estava furtando a luz da moradora, condomínio ou outro condômino, se foi o condomínio, é correto, mas se foi outro condômino não precisaria pagar nada, mesmo após a conclusão do inquérito.

Elidiane Mendonça da Cunha
Elidiane Mendonça da Cunha respondeu
3 meses

Bom dia Eliasar Pereira Eduardo,

Não temos comprovação de quem tenha feito isso, simplesmente foi reembolsado.

Eduardo Ximenes - Síndico Profissional

Denúncia à polícia e à concessionária são as primeiras medidas
Essa ligação irregular alimentava as áreas comuns e seus equipamentos? Se sim, cabe reparação e ação judicial contra o condomínio e seu síndico.
Se a ligação alimentava outra unidade, não considero que haja culpa imputável ao condomínio.

Eduardo Ximenes
Sindico Profissional
CNPJ 16.660.598/0001-85
021 98708-2823

Suely Duék
Suely Duék respondeu
3 meses

Pesquisar com a light ou técnico particular , comunicar aos condôminos caso não resolva é caso para advogados

Suely Duék

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação
Entenda como funciona
Ranking geral

Faça suas cotações agora:

110.977 Compradores
346.872 Cotações
2.783 Fornecedores

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...