O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×
Cadastrar
Entrar
Cotar Pedir orçamentos
Seja um fornecedor
menu

Pergunta

WhatsApp
LinkedIn
Carla varela sarda

A taxa de energia foi cobrada junto com a taxa no condominio em um boleto só. Pode?

Por Carla varela sarda
34 dias

A taxa de energia foi cobrada junto com a taxa de condominio em um boleto só. Liguei na administradora para ver a possibilidade de desmembrar mas me informaram que só fariam isso se o síndico autorizasse.
A conta do condominio não aceita deposito nem transferencia para eu pagar somente a taxa do condominio.
Entendo que fui coagida a pagar pois a fatura vencia no dia seguinte.
Terei que entrar na justiça pedindo repetição de indébito correto?

Responder esta pergunta

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (6)

Keyssan Condomínios
Keyssan Condomínios respondeu
34 dias

Sra Carla, bom dia,

Antes de fazer qualquer coisa, precisa levantar do que se trata esta taxa de energia, se foi aprovada ou não em assembleia.

Quanto a efetuar a cobrança em um só boleto de cobrança (Cota condominial + Taxa de energia), não tem nenhum problema, o síndico pode fazer isso.

Espero ter ajudado, boa sorte,

José Augusto - Keyssan Condomínios
(11) 5041-0801 - Síndico Profissional
j.augusto@keyssancondominios.com.br
www.keyssancondominios.com.br

Osni - PROCOND
Osni - PROCOND respondeu
34 dias

Sr. Carla. Se esse consumo de energia é das áreas comuns, deve sim vir no mesmo boleto já que é um gasto ordinário. Se a cobrança é de sua unidade (não havendo relógios medidores individuais) (?) também deve vir no mesmo boleto.

WWW.PROCOND.COM.BR
Administração Condominial e Engenharia.
contato@procond.com.br - (13) 4106-2488 – (13) 98119-9999

Paulo Rodrigues de Moura
Paulo Rodrigues de Moura respondeu
34 dias

Bom dia! Você viu o valor da conta fornecida pela concessionária?.

Como é que esta na Convenção?

Caso o condomíno cota condominial seja por unidade seria mais aceitável mesmo assim quem não esta pagando o condomíno teria que lançar o valor para os adiplentes.

Fonte: 12

paulorodrbiguesmoura@hotmail.com
(11) 98440-4093

Habitat Administradora de Condomínios

Boa tarde prezada,

Essa é uma prática muito comum e normal nos condomínios. Pelo seu relato a referida energia deve se tratar do consumo de áreas comuns do edifício.
Por qual motivo não deseja pagar a taxa de energia?

Habitat Administradora de Condomínios - Sua tranquilidade, Nossa missão!
Site: www.habitatadm.com.br
Email: contato@habitatadm.com.br
Tel: (11) 3834-2180

Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez respondeu
34 dias

Não, Carla. Cabe repetição de indébito apenas quando alguém, de má fé, demanda por dívida já paga. E cada boleto emitido = uma tarifa cobrada. Portanto todas as cobranças devidas pelos condôminos são concentradas num único boleto bancário.

Gestora de Imóveis - Graduada Universidade CESUMAR. Pós Graduada SENAC. Mediação e Arbitragem TASP.
contato: mari.marta_imoveis@hotmail.com

Luiz Leitão da Cunha
Luiz Leitão da Cunha respondeu
33 dias

É um boleto só mesmo, devendo-se discriminar no campo próprio as diversas verbas nele concentradas. Não há coação porque o pagamento do condominio deve mesmo ser feito somente através de cobrança bancário, pois do contrario o controle fica impossivel. E não é o caso de ação de repetição de indebito.

No seu condomínio não há medidores de energia individuais, ou tratar-se-ia da conta de luz das áreas comuns?

Luiz Leitão da Cunha | Atuação em São Paulo, nos bairros Jardins, Pinheiros, Bela Vista, Paraíso e Itaim-Bibi.
https://luizleitaosindicoprofissional.wordpress.com
Colunista da revista Direcional Condominios

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação
Entenda como funciona
Ranking geral

Faça suas cotações agora:

111.294 Compradores
347.818 Cotações
2.769 Fornecedores

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...