O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

Eduardo Ferreira

Cobrança duplicada de gás encanado

Por Eduardo Ferreira
Perguntou há mais de 1 ano

Moro de aluguel em um prédio pequeno de 7 apartamentos que tem o sistema de gás GLP encanado com registros individuais. 2 meses após eu me mudar, descobri que além do valor individual do gás cobrado todo mês, a administradora cobrou na fatura do condomínio um cilindro de gás p45 dividido pelos 7 moradores, achei estranho a cobrança visto que já pagamos o gás individualmente e fui tirar satisfação junto a administradora.
Ela me deu a resposta de que no prédio são usados dois cilindros, sendo um de reserva, esse que estava sendo cobrado no condomínio. Disse que cada cilindro durava cerca de 4 meses no prédio. E que estava seguindo o artigo 23 da lei do inquilinato. Já estou morando a quase 2 anos lá e não consegui resolver esse problema! Como procedo?

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (1)

Ordenar:

Paulo Rodrigues de Moura
Paulo Rodrigues de Moura

Respondeu há mais de 1 ano

Boa noite! Desconheço a obrigatoriedade em tão pouco tempo, muda de apt.

Fonte: 12

Assinatura: paulorodrbiguesmoura@hotmail.com
(11) 98440-4093

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação
Entenda como funciona
Ranking geral

Faça suas cotações agora:

7.146 Compradores
14.703 Cotações
6.000 Fornecedores
Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.