O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×
Cadastrar
Entrar
Cotar Pedir orçamentos
Seja um fornecedor
menu

Pergunta

WhatsApp
LinkedIn
Marcio Bromberg

Policia pode subir ao apartamento ser ser anunciado pelo porteiro? Cabe processo ao condominio?

Por Marcio Bromberg
7 anos

Responder esta pergunta

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Conteúdos relacionados

Respostas (11)

Ordenar:

ANGELICA THOMAZ
ANGELICA THOMAZ respondeu
7 anos

Márcio.
Em ocorrência policial o condomínio não poderá intervir. O porteiro tem a obrigação de liberar a entrada.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
angel ramon quintana
angel ramon quintana respondeu
7 anos

bom dia marcio,se o condomínio não permite esta fazendo obstrução de justiça, a obstrução ocorre quando o indivíduo, de má-fé e intencionalmente, coloca obstáculos à ação da Justiça ou da autoridade policial com o objetivo de inibir o cumprimento de uma ordem judicial ou uma diligência policial.
o crime de obstrução será punido com um a três anos de detenção, além de multa. Essa pena será aumentada em 1/3 se a ordem judicial ou a ação policial não se realizarem em razão da obstrução.o condômino pode processar mais não acho que o juiz encontre mérito a sua denuncia

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Maria Telma Falcão de Carvalho

Marcio

A policia não pode entrar em nenhum apto. sem o documento exigido e só entra no condomínio com autorização do sindico, há não ser quando se trata de morte, acidente muito grave.

Ele precisa apresentar mandato do delegado, por exemplo, para poder adentrar ao apto. de um morador.

Se eles entrarem, é considerado invasão de domicílio.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Maria Telma Falcão de Carvalho

Angel,

Me desculpe, mas a policia só pode entrar em aptos. com mandato judicial expedido pelo juiz, caso contrário não pode e se entrar sem esse documento é invasão de domicilio.

Já tive que chamar a polícia várias vezes aqui no condomínio. Uma vez o filho, drogado e alcoolizado, tentava matar a mãe. Chamamos a polícia e eles nem entraram no condomínio e informaram que só poderiam entrar com o tal do mandato. Questionei: ué, então o rapaz pode matar a mãe e vocês não vão fazer nada? - resposta: senhora, estamos cumprindo a Lei.
Esse é o nosso país e as nossas leis mal formuladas que só atendem aos marginais.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Compliance Sindico Profissional

Marcio,

Policial nenhum tem o direito arbitrário e abusivo de invadir domicilio de quem quer que seja, dentro do condomínio, só podem entrar após a previa prévia identificação e se estiver munido de ordem judicial. Se o fizerem, repito de forma arbitraria, o condomínio tem que processar o Estado, comunicar a Corregedoria da Policia e denunciar esses péssimos policiais, visto que, o domicilio é inviolável e esta amparado pelo Art. 5, XI, da Constituição da República. "a casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo penetrar sem consentimento do morador, salvo em caso de flagrante delito ou desastre, ou para prestar socorro, ou, durante o dia, por determinação judicial". Certeza, a policia não estava no encalço de criminoso que se encontra em flagrante delito (artigos: 301 a 310 do CPP). Então, tome as providencias.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez respondeu
7 anos

Telminha eu teria denunciado esses policiais à corregedoria. Porque QUALQUER pessoa, e não só a polícia, tem o direito e o dever de adentrar em qualquer domicílio para prestar socorro. A polícia também tem o dever de entrar em situação de flagrante.

Afora isso, dentro dos apartamentos realmente só com mandato judicial.

Abraços

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Maria Telma Falcão de Carvalho

Pois é Marisa, na hora questionei e fiquei muito brava na frente deles, mas eu desconhecia esses entraves. Depois que entrei no CONSEG É QUE TOMEI CONHEIMENTO DE MUITA COISA COM RELAÇÃ A ESSES POLICIAIS.
Ainda bem que não aconteceu nada com a mãe do rapaz e ela vendeu o apto., mudou-se daqui e internou o filho.

Aqui tinha um "bandido" procurado pela Policia Federal e quando foi descoberto um agente da polícia Federal pediu a permissão do sindico para pernoitar dentro do carro dele, camuflado para pegar o cara e conseguiram.
Por isso que digo todo dia: cuidado com quem entra para morar no condomínio! Mas a gente nem desconfia que o cara é bandido não é?

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
angel ramon quintana
angel ramon quintana respondeu
7 anos

colegas se desvirtuo a conversa a pregunta foi SUBIR ao apto não ENTRAR,nos os responsáveis do condomínio vamos a barrar a entrada da policia?então que processem ao condomínio eu deixo passar

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
César Oliveira
César Oliveira respondeu
7 anos

Exatamente, a ordem ou mandato judicial deve ser apresentada NO APARTAMENTO e não NA PORTARIA.
Permitir a SUBIDA até a unidade privativa, sendo o agente policial devidamente identificado, é uma obrigação da portaria, independente de motivo; permitir a ENTRADA na unidade privativa ou não, é um problema do morador. Pois o domicílio do morador começa na sua unidade privativa e não na portaria.
Era polícia civil ou militar?

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
César Oliveira
César Oliveira respondeu
7 anos

O domicílio inviolável começa na porta do apartamento e não na portaria.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez respondeu
7 anos

Com toda certeza. Na área comum a simples anuência de qualquer condômino e a polícia já entra.

E detalhe: o condomínio não pode ser processado por causa disso, o bandido que arrume outro mocó fora do condomínio para se acoitar, certo?

Abraços

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação
Entenda como funciona
Ranking geral

Faça suas cotações agora:

111.294 Compradores
347.818 Cotações
2.769 Fornecedores

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...