O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

Gabriela

Troca de interfones estragados- despesa ordinária ou extraordinária

Por Gabriela
Perguntou há mais de 1 ano

Os interfones do Condminio não dão mais manuntenção. Saõ obsoletos e não encontra peças para troca. Vários estrão estragados. Foi decidido trocar e colocar tudo novo, interfone e monofones em todos os apartamentos. Todas as unidades são alugadas. Inclusive tem moradores que moram lá a 20 anos. Esta despesa é dos proprietários ou dos moradores???

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (8)

Ordenar:

angel ramon quintana
angel ramon quintana

Respondeu há mais de 1 ano

boa tarde gabriela,os inquilinos van levar os interfones?acho que não, quem paga e o proprietário a melhora e para o bem

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Maria Telma Falcão de Carvalho
Maria Telma Falcão de Carvalho

Respondeu há mais de 1 ano

Gabriela,
Na minha opinião, é despesa ordinária, manutenção. Como não teve manutenção os interfones se deterioram.
Os inquilinos deverão pagar, já que eles usam diariamente..

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
angel ramon quintana
angel ramon quintana

Respondeu há mais de 1 ano

os elevadores também se deterioram, se mude antes que decidam trocar eles!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
ANGELICA THOMAZ
ANGELICA THOMAZ

Respondeu há mais de 1 ano

Gabriela.
Essa despesa deverá constar no boleto e caberá as partes decidirem mediante o contrato. Na minha opinião particular é a seguinte, quem usa é quem deve pagar.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
angel ramon quintana
angel ramon quintana

Respondeu há mais de 1 ano

pessoalmente eu não acho justo que quem se muda a um mês deva pagar o desgaste de anos, opinião pessoal

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Compliance Sindico Profissional
Compliance Sindico Profissional

Respondeu há mais de 1 ano

Gabriela,

Essa pergunta o portal já respondeu e varias vezes. Despesas ordinária ou extraordinária o boleto é enviado ao proprietário da unidade privativa, se quem paga é o inquilino ou o proprietário, para o condomínio isso é irrelevante, pois o condomínio não faz a gestão dessa relação contratual entre o locador/proprietário e ou locatário. Pelo visto,trata-se de compra de central nova de interfones, essa despesa é extraordinária, pressupõe deliberação e aprovação em assembleia para o rateio extra.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ver todos os comentários (1)
Gabriela
Gabriela

Comentou há mais de 1 ano

Desculpe Valmir, houve uma informação equivocada minha Não se trata de condominio. O edificio é TODO de apenas um proprietário. O proprietário pagou a despesa e solicitou que lançará os valores para os locatários reembosá-lo. Existem moradores que moram neste edificio desde a sua construção. Ele usufruiram e nunca deram manuntenção em seus monofones. Como os mesmos não tinham mais solução solicitaram providencias ao proprietário, que prontamente pagou tudo a vista e agora deseja reembolso podendo ser pago em parcelas. Sua alegação é que os interfones estavam em perfeito estado e foi a falta de zelo de de manunteção que os inutlizou definitivamente e que os mais novos moradores residem há mais de 2 anos e vao usufruir disto. O que vc acha neste caso? Abro esta resposta para os demais

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
angel ramon quintana
angel ramon quintana

Respondeu há mais de 1 ano

gabriela,eu acho que o morador novo não deve pagar por a decidia de os moradores anteriores,era o direito do dono conferir e cobrar esses interfones quebrados, em quanto a os moradores antigos eles devem entregar o apto nas condiciones que foi entregado,interfones funcionando

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
INNOVA BH ADMINISTRAÇÃO LTDA - ME
INNOVA BH ADMINISTRAÇÃO LTDA - ME

Respondeu há mais de 1 ano

Prezados, boa tarde. Não se trata de achar ou não tal situação. É importante que sejamos técnicos para evitar ações de ressarcimento por pagamento em dobro de valores cobrados indevidamente. No caso em questão é, sem dúvida, despesa extraordinária. A Lei de Locação, 8.245/91 no artigo 22 prevê que as despesas extraordinárias são de responsabilidade do locador, neste caso do proprietário. A alínea "c" do inciso X do mesmo artigo descreve que "obras destinadas a repor as condições de habitabilidade do edifício" estão entre as consideradas despesas extraordinárias. Posto isto, não resta dúvida que a troca dos interfones é despesa extraordinária, devendo ser custeadas pelo proprietário da unidade.

Fonte: Lei 8.245/91

Assinatura: Dr. Sidnei Rodrigues Júnior - www.innovabh.com.br

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.