O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

Priscila Monteiro

Aconteceu furto de carro da garagem do predio. O que deve ser feito?

Por Priscila Monteiro
Perguntou há mais de 1 ano

Aconteceu um furto de dentro da garagem em um predio vizinho ao meu. Em nosso seguro nao consta a clausula de furto - o que deve ser feito neste caso?

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (3)

Ordenar:

Angela Merici Grzybowski
Angela Merici Grzybowski

Respondeu há mais de 1 ano

Priscila, você quer saber em relação ao seu prédio se acontecer um furto de carro se o condomínio irá pagar, uma vez que no seguro do condomínio não tem cláusula de furto?

Se o seu seguro não prevê , então, o prejuízo será do condômino, infelizmente. É como na garagem de uma casa comum de rua, se o carro é furtado, o dono fica no prejuízo ou usa o seu seguro do carro para diminuir seu prejuízo.

Em geral, o condomínio só é responsável quando há algum funcionário que fica com a chave do carro, nesse caso é feito o seguro.

Procure na sua Convenção e no Regulmaento Interno e você provavelmente achará um parágrafo como: "O Condomínio se isenta de qualquer responsabilidade de guarda e danos ocasionados a veículos, sendo estes de total responsabilidade do depositário."

Se vocês querem que o condomínio pague em caso de furto terão que contratar um seguro, que não vai sair barato, te garanto, por isso, não contratamos essa cobertura. Aqui onde administro o seguro só cobre se for roubo à mão armada, furto ou roubo simples não está prevista em nossa apólice.

Converse com o síndico e esclareça como é a sua apólice e se for o caso e necessário, estudem a possibilidade de alterar o seguro

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Maria Telma Falcão de Carvalho
Maria Telma Falcão de Carvalho

Respondeu há mais de 1 ano

Priscila,

Acho que não existe seguro para condomínios de furto de carros da garagem.Seria muito fácil "furtarem" e pedirem ressarcimento. Já trabalhei no mercado segurador e eles são muito meticulosos com os seguros que oferecem e esse tipo seria sinistros mil. Não conheço esse seguro e nunca ouvi falar - que fique claro que eu disse PARA CONDOMINIOS.
Se a pessoa que teve o carro furtado tiver seguro, então ele está coberto, mas o condominio não tem nada a ver com essa situação.
O que voce pode contratar é seguro para abalroamento dentro do condomínio, desde que a culpa seja dos funcionários.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Jussara Cunha
Jussara Cunha

Respondeu há mais de 1 ano

O condomínio apenas se responsabiliza pelos veículos estacionados na garagem APENAS se estiver EXPLÍCITO na Convenção. Aí o condomínio deve instaurar uma segurança apenas para os veículos e todo operacional necessário para não haver problemas na garagem - batidas, riscados, etc.

Se o roubo e/ou acidente for causado por funcionário do condomínio, o condomínio, EM PRINCÍPIO, arca com o prejuízo.

Se houver invasão, assalto ao condomínio e levarem carros, o prejudicado deve fazer BO e procurar o seguro do carro. O condomínio apenas fornece ajuda: testemunho, imagens do CFTV, para ajudar a polícia.

Seguro condominial não tem cláusula p/ o que seja proprietário. Nem nas garagens, nem nos aptos. Para esse fim, cada morador contrata o seguro de sua escolha. Seguro condominial assegura a edificação. Contratar seguro para acidentes de garagem imporá uma inspeção de veículos antes de entrar na garagem, análogo ao que é feito nos estacionamentos comerciais. Porém você deve saber o custo de um estacionamento comercial (média R$ 10,00 1a. hora em SP). Ou seja, esse custo será para o condomínio. Vale a pena? Cota condominial irá para as alturas!

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.