O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

A ata de asembleia e valida caso não seja lida e aprovada em assembleia como determina a convenção?

Por ROBINSON OLIVEIRA DOS SANTOS
Perguntou há mais de 1 ano

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (6)

Ordenar:

Angelina Somolanji R. Oliveira
Angelina Somolanji R. Oliveira

Respondeu há mais de 1 ano

Robinson:
A sua convenção determina que a ata do dia da assembléia seja lida e aprovada na hora?
Isto deve ser muito antigo, ninguém mais faz isto na hora. Se faz um rascunho da ata e depois se digita e distribui com a anuência do secretário e do presidente da mesa.
Espere mais opiniões.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez

Respondeu há mais de 1 ano

Oi Robinson

Alguns prédios ainda fazem a ATA na hora, se sua convenção determina isso especificamente, eu pediria a cada assembleia que autorizasse a lavratura da ATA posteriormente.

Ou todos ficam esperando até que a ATA fique pronta. Claro, vocês interrompem a assembleia por algumas horas, e voltam a se reunir. Complicado, não? Mas isso é muito comum em empresas.

Abraços

Abraços

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Maria Telma Falcão de Carvalho
Maria Telma Falcão de Carvalho

Respondeu há mais de 1 ano

Robinso,

Se a ata diz a verdade dos fatos, não vejo porque não ter validade. Uma ata só perde a validade quando ela contém inverdades ou quando deixou de constar assuntos que estavam na pauta.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Angela Merici Grzybowski
Angela Merici Grzybowski

Respondeu há mais de 1 ano

Robinson, antiigamente o primeiro item de pauta de uma assembleia era "Leitura e aprovação da ata da assembleia anterior"; mas isso foi caindo em desuso, pois se a assembleia foi no ano anterior, ou seja, já faz um ano, as pessoas receberam a ata (supondo que ela leram) e não questionaram nada ao longo do ano inteiro, é sinal de que ela está correta e é válida, afinal, se a ata estivesse diferente do que foi a assebleia, alguém teria reclamado concorda?!?!
Esse item ocupava muito tempo da assembleia e desistimulava os participantes, por isso, foi sendo suprimido e hoje muitos poucos fazem isso.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ver todos os comentários (1)
Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez

Comentou há mais de 1 ano

Oi Angela

Só para eu ver se estou fazendo errado: minha administradora ainda coloca essa pauta e claro, todos dispensam a leitura. Mas de uma única vez que se convocou uma AGE sem esse item, um condômino reclamou; você conhece alguma norma a respeito? Ou é só um costume?

Fico no aguardo, obrigada.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Nadir da Motta
Nadir da Motta

Respondeu há mais de 1 ano

Acho desnecessário ler a Ata, pois todos ja a receberam e perde-se tempo. A aprovação e as obs. entendo que devam ser feitas na Assembleia, pois se houver algo a alterar, todos ficarão sabendo e isso se constará na próxima Ata, simples assim. Um condômino poderá fazer uma obs. quando receber a Ata, mas, e aí, vão fazer o quê ? Vão alterar a Ata ? Ou vão levar essa obs. para a próxima Assembleia ? Então, me parece óbvio e justo, fazer quaisquer obs. na próxima Ata.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Felipe Zotarelli Alcarde
Felipe Zotarelli Alcarde

Respondeu há mais de 1 ano

Entendo que, se consta na Convenção que a ata da assembleia anterior deve ser lida, então que leia-se, pois a legislação é omissa nesse aspecto. Assim, trata-se de uma regulamentação que cabe à convenção do condomínio. Se a legislação proibisse a leitura, aí sim a convenção não poderia exigir, obviamente. Enfim, na sua pergunta consta "como determina a convenção". No seu condomínio, a Convenção exige a leitura?

Assinatura: Felipe Zotarelli Alcarde

Graduado em Direito
MBA em Administração e Marketing
Síndico Profissional

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.