O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

CRISTINA SILVA

PODE O SINDICO TROCAR DE ELEVADOR E ADMINISTRADORA SEM LEVAR NA ASSEMBLEIA?

Por CRISTINA SILVA
Perguntou há mais de 1 ano

Em meu condomínio, não há aumento desde 2013....... e com passar dos anos as despesas foram apertando, devido os aumentos dos salarios dos funcionários, aumento de luz e agua e o sindico não quer aumentar a taxa de condomínio, ele quer é reduzir custos, cortando alguns gastos como:
tirar a empresa que dá manutenção no elevador , colocando outra bem mais barata.
ele quer trocar a administração, colocando uma mais barata.
ele quer tirar os porteiros do turno da noite, para diminuir o custo e colocar portão eletronico.

Eu pergunto.... ele pode fazer todas essas trocas, sem levar ao conhecimento dos moradores?

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (8)

Ordenar:

Luiz Leitão da Cunha
Luiz Leitão da Cunha

Respondeu há mais de 1 ano

Todas essas alterações devem ser decididas pela assembleia. É possivel trocar a mantenedora dos elevadores, mas deve-se ter cuidado com a escolha, porque existe uma quantidade enorme dessas prestadoras de serviço.

A adm. também pode ser trocada, mas convém manter conta corrente propria do condominio.

Já a eliminação do porteiro noturno requer maiores cuidados, o sindico deve explicar como será o atendimento noturno, certamente por uma empresa de portaria virtual. É possivel, especialmente à noite, mas convém visitar outros condominios atendidos pela escolha eventualmente escolhida e ver se a coisa funciona direito.

Assinatura: Luiz Leitão da Cunha
luizmleitao@yahoo.co.uk
Atuação exclusivamente em São Paulo, Capital

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Henrique Vianna
Henrique Vianna

Respondeu há mais de 1 ano

O síndico é o administrador do condomínio, e, salvo disposição em contrário na convenção, ele pode contratar e dispensar empresas e empregados. Mas, como digo sempre, o melhor conselheiro é o bom-senso, e nenhum síndico deve tomar essas decisões sem respaldo, no mínimo, do conselho. E mesmo que o conselho não se oponha, o síndico deve levar o assunto à assembleia. Em condomínios onde há total e absoluta confiança no sínico, o tempo de se encarrega de dispensar essas consultas, mas qualquer síndico sempre se sentirá mais confortável se dividir a responsabilidade pelas decisões com mais pessoas. Nos casos mais relevantes eu levo o resultado das cotações ao conselho. Se não houver divergência, eu aprovo a cotação. Mas, havendo ou não divergência, ao menos comunico à assembleia a contratação realizada com apoio do conselho. É bem mais tranquilo.

Assinatura: Henrique Vianna - Síndico Condominial e titular de www.hvpropriedadesecondominios.com.br - Rio de Janeiro

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
CRISTINA SILVA
CRISTINA SILVA

Respondeu há mais de 1 ano

Então o que não estamos entendendo que ele não quer levar isso na assembleia,quer tomar a decisão sozinha, porque ele consultou um advogado e o mesmo informou que ele pode tomar decisão sozinho.
A preocupação que o elevador é de empresa conceituada e nunca tivemos nenhum problema, a não ser os reparos normais.
A administração está com a gente desde a entrega dos apartamentos, não tem nada contra ela
E tirando os porteiros, os moradores entrarão no condomínio acionando o portão eletrônico, o que pode ser muito perigoso, pois nunca ficamos sem porteiros....sempre foi 24 horas.

Queria é saber se no codigo civil, tem alguma coisa advertindo ele ou proibindo o mesmo a tomar tal decisão sem o conhecimento dos moradores....sendo que não temos conselho fiscal.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Geraldo Majella da Silva
Geraldo Majella da Silva

Respondeu há mais de 1 ano

Cristina - Há sempre um recurso para discutir um assunto em assembleia é só os condôminos se reunirem e 1/4 poderá convocar uma assembleia e discutir tudo que o sindico quer reduzir. Muitas das vezes o barato sai caro, portanto convoque uma assembleia e poderão chegar a um acordo. 0k

CC - Lei nº 10.406 de 10 de Janeiro de 2002
Institui o Código Civil.

Art. 1.355. Assembleias extraordinárias poderão ser convocadas pelo síndico ou por um quarto dos condôminos.

Vá em frente. 0k

Fonte: Pessoal

Assinatura: Geraldo Majella da Silva

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez

Respondeu há mais de 1 ano

Cristina com base na lei 10406/02 quem contrata e distrata é o síndico, portanto ele tem autonomia para mudar os prestadores de serviços como empresas de manutenção e administradora, salvo disposição em contrário na convenção.

E convenhamos: para uma empresa se responsabilizar pelo RIA (ao menos aqui em Sampa) é preciso que ela tenha engenheiro responsável e nós não vemos elevadores despencando todos os dias então contratar uma empresa idônea, que não responda processos relacionados à prestação de serviços, e o mesmo cuidado seja tomado em relação aos sócios, nenhum problema ser mais barata. O caro nem sempre é o melhor. Verifique no município de BH quais são as exigências no tocante à conservação de elevadores.

Quanto à administradora, que por lei não administra nada, tudo o que ela (administradora) fizer recai nas costas do síndico vez que administradora trabalha só mesmo em serviços burocráticos sob inteira responsabilidade do síndico.

Quanto a portaria 24 horas é preciso saber se quem a determinou foi uma assembleia, restando a outra assembleia decidir sobre sua manutenção ou dispensa. E se for materia convencional será preciso mudar a convenção.

Como diz o colega Henrique, bom senso em tudo. E como te orienta o Geraldo: 1/4 dos condôminos pode convocar a assembleia portanto mãos à obra. Discordo total do colega que diz todas essas matérias devem ser decididas na assembleia, vez que a lei não exige assembleia a cada troca de prestador.

Abraços

Assinatura: Gestora de Imóveis - Graduada Universidade CESUMAR. Pós Graduada SENAC. Mediação e Arbitragem TASP.
contato: mari.marta_imoveis@hotmail.com

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Jeferson
Jeferson

Respondeu há mais de 1 ano

Poder, ele pode fazer sem assembléia. Mas se vocês não concordam porquê não elegem outro síndico?
Não adianta reclamar da pessoa e continuar votando e elegendo ele.
Economia deve ser feita, mas chega um momento que tem que reajustar os valores, não tem jeito. O barato pode sair muito caro neste caso, abram o olho.

Assinatura: Administrador de Empresas / RS - Síndico Profissional pela SíndicoNet - sindico.caxiasdosul@gmail.com

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Paulo Rodrigues de Moura
Paulo Rodrigues de Moura

Respondeu há mais de 1 ano

Bom dia! Quem não sabe adm um condomínio fez isso, porque anualmente deve- se repassar ao menos a inflação ( correção) dos contratos mais o reajuste dos colaboradores isso na cota de condomínio,com os números não há milagres.

Fonte: 12

Assinatura: paulorodriguesmoura@hotmail.com

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez

Respondeu há mais de 1 ano

Paulo quando o administrador ganha em eficiência não precisa repassar inflação nas contribuições condominiais.

Assinatura: Gestora de Imóveis - Graduada Universidade CESUMAR. Pós Graduada SENAC. Mediação e Arbitragem TASP.
contato: mari.marta_imoveis@hotmail.com

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.