O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

wilson lopes rocha

É permitido venda de bebidas alcoólica em cantina de condomínio residencial ?

Por wilson lopes rocha
Perguntou há mais de 1 ano

Em um condomínio residencial existe comercio de bebida alcoólica , ouvi dizer que por lei não é permitido .
Se não for, qual é a lei que proíbe ?

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (2)

Ordenar:

JOSE AUGUSTO DE ABREU LOPES
JOSE AUGUSTO DE ABREU LOPES

Respondeu há mais de 1 ano

Sr Wilson, boa tarde.

Bebida alcoolica em condomínio? não é permitido.
Mesmo condominio de grande porte de uso exclusivamente residencial, não pode vender bebidas alcoólicas.
E acho que muito menos ter um ´bar' ou lanchonete, etc... pois muda a configuração de "Condomínio Residencial".

Espero ter ajudado, boa sorte

Assinatura: José Augusto - Keyssan Condomínios
(11) 5041-0801

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Luiz Leitão da Cunha
Luiz Leitão da Cunha

Respondeu há mais de 1 ano

É proibida a venda a menores. Para maiores, consulte a convenção e o regulamento interno.

Assinatura: Luiz Leitão da Cunha | Atuação nos bairros Jardins, Pinheiros e Itaim-Bibi.
luizmleitao@yahoo.co.uk | www.luizmleitao.wixsite.com/sindicoprofissional

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.