O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

Estourou outro cano dentro da parede do banheiro social. Tenho que consertar o apartamento de baixo?

Por Leticia Alcici Santana
Perguntou há mais de 1 ano

Estragou armários (banheiro e quarto) e piso de meu quarto. A infiltração estragou o teto, porta e armários do apartamento de baixo. Tive o maior transtorno e gasto para consertar a infiltração, que foi um cano estourado dentro da parede, perto da pia. Gostaria de saber se EU TENHO QUE CONSERTAR O APARTAMENTO DE BAIXO. Não tive culpa, pois o cano estava embutido na parede. Também tive muito prejuízo, dor de cabeça e incômodo em minha casa, que ficou sem banheiro social mais de um mês para descobrir onde era a infiltração.
Além de tudo o que passei e gastei, estão falando que eu devo consertar o apartamento abaixo do meu. É verdade? Isso é regulado por alguma lei?
Agradeço antecipadamente quem puder me ajudar a esclarecer o dilema.
Letícia

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (5)

Ordenar:

Alexandre Paschoalini Beraldino
Alexandre Paschoalini Beraldino

Respondeu há mais de 1 ano

Bom dia, Leticia.

Será necessário, primeiramente, investigar quais danos foram causados no apartamento abaixo e se realmente ocorreram por conta do problema em sua unidade. O reparo do dano a outrem está previsto no Código Civil, conforme texto abaixo:

Responsabilidade Civil
A responsabilidade civil é a obrigação legal que se estabelece para quem provoca dano a outrem, de repará-lo. Está prevista no art. 927 do Código Civil.
Art. 927. Aquele que, por ato ilícito (arts. 186 e 187), causar dano a outrem, fica obrigado a repará-lo.
Parágrafo único. Haverá obrigação de reparar o dano, independentemente de culpa, nos casos especificados em lei, ou quando a atividade normalmente desenvolvida pelo autor do dano implicar, por sua natureza, risco para os direitos de outrem.
O ato ilícito é o ato praticado em desacordo com uma norma legal, que pode ou não gerar dano. Acarretando dano, leva ao dever de indenizar.

Fonte: http://www.escolalivrededireito.com.br/o-que-e-responsabilidade-civil/

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Aderson José de Oliveira
Aderson José de Oliveira

Respondeu há mais de 1 ano

Leticia, infelizmente é isso mesmo,como o vazamento ocorreu na rede interna de seu apartamento, você é responsável pelos reparos na unidade de baixo,ok

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Aderson José de Oliveira
Aderson José de Oliveira

Respondeu há mais de 1 ano

Leticia, infelizmente é isso mesmo,como o vazamento ocorreu na rede interna de seu apartamento, você é responsável pelos reparos na unidade de baixo,ok

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
MAURILIO PINTO
MAURILIO PINTO

Respondeu há mais de 1 ano

Infiltrações e vazamentos no edifício
Aquele que ocasionou o dano, ou teve a infelicidade de sofrê-lo na origem, deve efetuar os consertos necessários e indenizar qualquer outro prejuízo sofrido pelo vizinho; se o vazamento tem origem em área comum, o condomínio conserta e indeniza.

Fonte: http://www.finocredito.com.br/noticias/inflitracoes-e-vazamentos-no-edificio

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
MAURILIO PINTO
MAURILIO PINTO

Respondeu há mais de 1 ano

Infiltrações e vazamentos no edifício
Aquele que ocasionou o dano, ou teve a infelicidade de sofrê-lo na origem, deve efetuar os consertos necessários e indenizar qualquer outro prejuízo sofrido pelo vizinho; se o vazamento tem origem em área comum, o condomínio conserta e indeniza.

Fonte: http://www.finocredito.com.br/noticias/inflitracoes-e-vazamentos-no-edificio

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.