O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

Katia Belarmino

Troca de reguladores de gás é responsabilidade do condomínio ou dos moradores?

Por Katia Belarmino
Perguntou há mais de 1 ano

O gás do nosso prédio é encanado até a cozinha (um ponto de gás para o fogão) e tem um relógio para cada apto no corredor do prédio. O regulador é aquela peça redonda presa ao relógio que regula a pressão do gás que chega ao apto e tem validade de 5 anos. Os moradores só lembram de trocá-la quando dá defeito. Informei aos moradores que o condomínio vai trocar todos que estiverem vencidos e cobrar o valor no boleto (R$ 28,00). Porém fiquei em dúvida se a responsabilidade é realmente do morador ou se é do condomínio, já que é algo que coloca em risco todos os moradores quando não há a devida manutenção. Caso não seja responsabilidade do morador, não cobrarei a troca.

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (5)

Ordenar:

Angelina Somolanji R. Oliveira
Angelina Somolanji R. Oliveira

Respondeu há mais de 1 ano

Katia:
A responsabilidade pela troca é do condomino, pois já passou da garantia.
Só acho que você deveria se resguardar e chamar a empresa de gás de sua cidade para ela dar um laudo se realmente os reguladores de gás precisam ser trocados.
Você também tem que chamá-los para realizar a troca Não se pode ir simplesmente trocando os reguladores com qualquer profissional, pois se não for bem feito, pode até piorar a situação.
Pense bem e boa sorte.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ver todos os comentários (2)
Aurélia Petry
Aurélia Petry

Comentou há mais de 1 ano

Olá!
Aqui no meu prédio tenho a mesma situação da Kátia. Procedi como orientado pela Angelina (da mesma maneira que foi feito há cinco anos pela síndica da época), mas tem moradores questionando o procedimento.
Gostaria de saber em que legislação posso me amparar para responder tais questionamentos.
Grata!

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Katia Belarmino
Katia Belarmino

Comentou há mais de 1 ano

Fiz exatamente isso, entrei em contato com a empresa que fornece o gás (Supergasbras) que tem parceria com uma empresa que faz a avaliação dos reguladores e indica a troca. Eles entregam um documento com o parecer sobre os reguladores de acordo com a data de validade e o estado da peça.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Everson Barretos De Almeida
Everson Barretos De Almeida

Respondeu há mais de 1 ano

Boa tarde Katia , o medidor é de responsabilidade do condomínio agora o regulador é por conta dos moradores tanto que em nosso condomínio foi decidido em assembleia que iria ser feito uma vistoria até dentro de cada apartamento e constatando irregularidade tanto em registros , mangueiras de fogão ou aquecedor no apartamento seria feito a troca e debitado no condomínio.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
IVAN
IVAN

Respondeu há mais de 1 ano

Boa noite,
A responsabilidade e do condomínio e caso houver incêndio por vazamento de gás no ou nos registros o seguro predial não sera pago ao condomínio e ainda acarretara penalidades pelos órgãos fiscalizadores.

Fonte: Fonte do conhecimento empresa DR. GÁS

Assinatura: Ivan

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
tadeu raphael martorano
tadeu raphael martorano

Respondeu há 6 meses

A responsabilidade é individual.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
tadeu raphael martorano
tadeu raphael martorano

Respondeu há 6 meses

A responsabilidade é individual.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.