O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×
Cadastrar
Entrar
Cotar Pedir orçamentos
Seja um fornecedor
menu

Pergunta

WhatsApp
LinkedIn
francisco

Poço proibir a utilização de martelete elétrico ou pneumático em reformas dentro dos apartamentos?

Por francisco
3 meses

Caso positivo baseado em que lei?

Responder esta pergunta

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (11)

Paulo Rodrigues de Moura
Paulo Rodrigues de Moura respondeu
3 meses

Boa tarde! Não existe lei para isso, exceto para quem acha que norma de ABNT é lei.

Fonte: 12

paulorodrbiguesmoura@hotmail.com
(11) 98440-4093

RICHARD GILBERT ADAMS JUNIOR
RICHARD GILBERT ADAMS JUNIOR respondeu
3 meses

Boa tarde, se for levado assunto em uma Assembléia, devidamente pautado; uma vez aprovado para não se usar, então não pode ser usado.

Keyssan Condomínios
Keyssan Condomínios respondeu
3 meses

Sr Francisco, boa tarde,

Proibir o síndico não pode, o que pode ser feito é: Verificar se existe alguma regra no RI que trate do assunto, solicitar que o condômino proprietário da obra apresentes ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) ou RRT (Registro de Responsabilidade Técnica) ou o Termo de Responsabilidade Técnica - TRT assinado por Técnicos Industriais de acordo com a Resolução nº 40, de 26 de outubro de 2018, emitida por um engenheiro responsável pela obra.

Espero ter ajudado, boa sorte,

José Augusto - Keyssan Condomínios
(11) 5041-0801 - Síndico Profissional
j.augusto@keyssancondominios.com.br
www.keyssancondominios.com.br

Eliasar Pereira Eduardo
Eliasar Pereira Eduardo respondeu
3 meses

Francisco, não, você não pode. Somente se você provar que está interferindo na estrutura do prédio, o que acho difícil.

Paulo Roberto de Sousa
Paulo Roberto de Sousa respondeu
3 meses

Boa tarde,

Qualquer reforma em unidades prediais devem ser precedidas de projetos com ART do engenheiro responsável e a autorização do sindico, neste momento pode ser questionado ao engenheiro responsável quanto a utilização de marteletes na obra, vai depender da decisào dele pois, conforme as condições de execuções da obra poderá ou não ser substituído por outra ferramenta!

Eng. Paulo R. Sousa
SAGATECH TECNOLOGIA
@sagatechbahiatelemetria

Eng. Paulo R. Sousa
SAGATECH BAHIA / SERGIPE
71-99667-9670
@sagatechbahiatelemetria
www.sagatechbrasil.com.b

Gilmar Marçal da Rosa
Gilmar Marçal da Rosa respondeu
3 meses

Oi Francisco!
Não compete ao condomínio, determinar qual instrumento o profissional irá utilizar, a não ser que os instrumentos internos do prédio traga uma relação, que duvido?
Até por que a responsabilidade, é do condômino em caso de um problema qualquer ou questão que feri um regramentos interno como horários ou que cause impacto ao sossego dos demais.
Teria que analisar melhor qual sua preocupação com o caso?
Um abraço!

MARÇAL - Síndico Profissional - (Porto Alegre - RS)
E-mail: marcal627@gmail.com - Tel.(51) 986366900
Bacharel em Administração de Empresa

Eletricallazz Soluções em Energia

Boa noite,

Não é possível até porque quem esta fazendo a reforma depende do respaldo de um engenheiro civil e os horários estabelecidos pelo condomínio

Marcio W. Lazzini
Eng. Eletricista
e-mail: engenharia@eletricallazz.com.br
Whats: 11 97246-3672

BELFOX
BELFOX respondeu
3 meses

A NBR 16280 determina que as reformas e manutenções tenham uma ART ou RRT, ou seja deve haver uma engenheiro ou arquiteto responsável pela obra, assim o síndico pode perguntar ao responsável (engenheiro ou arquiteto) se a ferramenta está sendo usada corretamente e tentar, amigavelmente, conversar com ele.
Se a questão for somente barulho, não terá como impedir o uso, a menos que no Regulamento Interno do condomínio constar esse item.

Fonte: NBR 16280

Belfox Engenharia.
Especialização: Projeto, manutenção e instalação elétrica e SPDA, Montagem e Projeto de Painéis Elétricos, Arquitetura de interiores.

Plenty Pinturas e Reformas
Plenty Pinturas e Reformas respondeu
3 meses

Bom dia.
Na verdade não há uma Jurisprudência sobre este assunto.
Mas gostaria aqui de apresentar a minha posição Profissional.

1-Acredito que primeiramente precisa ser revisto a Política de Boa Vizinhança.
2-O Condomínio pode exigir o Cumprimento de todas as Normas Técnicas inerentes à Obras e horários de execuções.
3-Antes de entrar em Atrito com um Morador,lembre - se que algum dia vai precisar de usar os mesmos equipamentos que o "outro" hoje usa.
4-É bom ficar ciente que o serviço que Um Martelo te faz em um dias,se fizer com talhadeira se é marretas demora uma semana ou mais...Pense nisso!
5-Será um retrocesso profissional e evolucional.
6-Será com certeza um Grande Castigo para o Profissional que se prepara com Ferramentas algum de quadra,ser penalizado por ignorância ou ranço individual.

Plenty Pinturas e Reformas
19-981237031

Rui Gouveia da Silva
Rui Gouveia da Silva respondeu
3 meses

Todas as reformas devem obedecer a um horário e norma do condomínio. Não há na lei nada que proíba o uso de equipamentos como marteletes para a execução dos serviços. Se a reforma estiver respaldada em projeto e RRT assinada por engenheiro ou arquiteto as trabalhos deverão prosseguir. Aliás me parece até certo ponto incoerente dado que o uso do martelete acelera os serviços gerando assim menos tempo de transtorno ao condomínio.

EVANG Engenharia De Condomínios

Olá Francisco,
Somente pode ser proibido se for definido pelo Regulamento Interno do Condomínio. O uso do martelete reduz o tempo de execução da obra e o Sindico pode negociar o prazo e o horário de utilização do equipamento.

A assessoria de um Engenheiro no Condomínio para aprovação de ARTs e posterior fiscalização das obras traz mais segurança aos trabalhos dos Síndicos.
www.evangcondominios.com.br
contato@evangcondominios.com.br
11.94483-3201

PBR - Perícias de Engenharia Civil

Qualquer reforma deve ser comunicada ao Síndico com a devida antecedência para ser, inclusive, analisada a melhor forma de minimizar a perturbação do sossego alheio.
Deve ser apresentada ao Síndico a respectiva ART do Engenheiro Responsável pela obra.
Não há como proibir o uso de martelete. Entretanto, a obra não pode ultrapassar certos limites de perturbação, inclusive, em termos de horário, continuidade e permanência do barulho a ser provocado.
Por outro lado a OMS - Organização Mundial de Saúde - estipula limites máximos de ruído e barulho que varia de 75 a 85 decibéis, acima deste limite há comprometimento em termos de saúde. Martelete provoca ruídos, nas proximidades da obra, muito acima destes valores.
De qualquer forma deve sempre prevalecer o bom senso entre as partes envolvidas.

ConstruRoyal Construções e Reformas

Olá, boa tarde!

Infelizmente não existe nada que proíba o uso de tais equipamentos, dentro dos horários permitidos para os trabalhos.
Porém se caso estiver incomodando muito, procure conversar com o responsável para que juntos encontrem uma solução para o caso.

Atenciosamente

André Santana
ConstruRoyal - Construções e Reformas de alto padrão para condomínios.
www.construroyal.com.br
contato@construroyal.com.br
(11) 94779-2005

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação
Entenda como funciona
Ranking geral

Faça suas cotações agora:

111.294 Compradores
347.818 Cotações
2.773 Fornecedores

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...