O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×
Cadastrar
Entrar
Cotar Pedir orçamentos
Seja um fornecedor
menu

Pergunta

WhatsApp
LinkedIn
Pedro Racy

Obras/Reformas pandemia covid

Por Pedro Racy
28 dias

Meu vizinho está querendo fazer uma obra, não emergencial de quebra de parede e pisos! Que vai gerar barulho e em plena pandemia
Quero saber se sindico ou a assembleia vetar essas obras vetar ou cancelar o início da mesma com os poderes que a assembleia e o síndico tem! Moro no estado de SP
Legalmente o sindico ou a assembleia vetar essas obras não emergenciais? Comentaram sobre o poder dos 3S (SEGURANÇA, SOSSEGO E SAUDE), e ao meu ver a assembleia e o síndico podem vetar.
POREM EXISTE O DIREITO A PROPRIEDADE

Responder esta pergunta

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Conteúdos relacionados

Respostas (3)

Paulo Rodrigues de Moura
Paulo Rodrigues de Moura respondeu
28 dias

Boa noite! Os demais não estão precisando ,então nada que o vizinho venha a precisar não será emergêncial.
Cada um sabe o que é emergêncial para si.
O que o poder público não vetou ,porque achar que uma assembleia pode?

Isso caso aconteça pode ir para a justiça ,é isso que querem ?

Fonte: 12

paulorodrbiguesmoura@hotmail.com
(11) 98440-4093

Compliance Sindico Profissional

Não pode o sindico utilizar os 3 S, todos precisam ser tolerantes e a vida tem de seguir de forma humanizada. Somente alegar direito real o proprietário, inquilino tem direito obrigacional.

Compliance Sindico Profissional
carvavalho32valmir@gmail.com
Atende: grande São Paulo e Interior.

Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez respondeu
28 dias

Pedro entendo que a assembleia até pode disciplina horários das obras nas unidades autônomas, desde que com quórum suficiente para alteração de RI e desde que não haja exagero nessa disciplina. Por exemplo: razoável que as obras se iniciem só a partir das 8 horas e parem as 17.

Apenas proibir que um não faça obras porque o outro felizardo quer sossego é abusivo. Os serviços "in home" vieram para ficar e as obras não pararão por causa deles. Compete a cada felizardo que pode trabalhar a partir de sua casa providenciar um local para isso.

Gestora de Imóveis - Graduada Universidade CESUMAR. Pós Graduada SENAC. Mediação e Arbitragem TASP.
mari.marta_imoveis@hotmail.com

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação
Entenda como funciona
Ranking geral

Faça suas cotações agora:

111.294 Compradores
347.818 Cotações
2.769 Fornecedores

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...