O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

Mateus Castro

Problema com alarme da garagem

Por Mateus Castro
Perguntou há 89 dias

Bom dia, comprei um apartamento usado, já fiz o pagamento da entrada e já estou com a chaves, o antigo dono já entregou o controle do alarme da garagem sem funcionar, dizendo que era problema do prédio e logo seria consertado. Já se passaram duas semanas, o alarme dispara muito alto toda vez que eu uso a garagem, várias vezes por dia. O Síndico disse que é problema específico meu, por que todos os demais funcionam, fui até a empresa responsável e fiz um controle novo, e mesmo com o novo não funciona. O que eu posso fazer? Seria responsabilidade minha ou do síndico, ir atrás desse conserto?

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (4)

Ordenar:

CLAUDIO FAGUNDES SARAIVA FILHO
CLAUDIO FAGUNDES SARAIVA FILHO

Respondeu há 89 dias

Mateus,

Voce deve perguntar quem fez as isntalacoes, quem as aprovou. Se foi aprovado por assembleia e colocao individualmente, a responsabilidade e' do condômino.

Se foi decisão de assembleia e colocado pelo condomínio, pode ser que a manutenção também o seja. mas se na ata constar que a manutenção será do condômino, esta definida a responsabilidade.

O problema do seu alarme nunca foi com o CR, O problema provavelmente esta na caixa de controle, que provavelmente e' individual (e provavelmente sob sua responsabilidade, mas certifique-se).
Agora, independente da responsabilidade, seus vizinhos não merecem ser incomodados com esse estorvo.
Filme, registre a situação, se precisar de uma evidencia futura e mande reparar e cobre isso do condomínio, depois.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Paulo Rodrigues de Moura
Paulo Rodrigues de Moura

Respondeu há 89 dias

Bom dia! Sendo individual a responsabilidade é do condômino.

Fonte: 12

Assinatura: paulosindicoprofissional@outlook.com 11 98440-4093.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
HELIO SANDER DOS SANTOS
HELIO SANDER DOS SANTOS

Respondeu há 89 dias

O alarme está sendo utilizado pela garagem que é de uso de sua unidade exclusiva.

É o mesmo caso do controle de portão. Se ele estragar quem terá que consertar é o proprietário / morador.

Sendo assim, eu entendo que a responsabilidade é do proprietário, salvo se a origem do problema for o sistema elétrico do condomínio como um todo.

Sugiro então, você arcar com este custo e após realizar o serviço pedir um laudo simples, pode ser até manuscrito e assinado pelo eletricista.

Neste Laudo, ele deve apontar a origem do problema. Se a origem for o sistema elétrico do condomínio você então poderá pedir reembolso ao síndico.

Assinatura: Hélio Sander - CRA-MG 41.010
Sindico Profissional e Administrador de Condomínios
whats: (34) 9-9870-8497

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Luiz Leitão da Cunha
Luiz Leitão da Cunha

Respondeu há 89 dias

Se você providenciou novo controle e o problema persiste, é hora de o sindico agir e chamar a empresa de manutenção para verificar o que está ocorrendo. O fato de o problema ser exclusivo dos seus controles não afasta a hipotese de que o problema seja no sistema do condominio.

Assinatura: Luiz Leitão da Cunha - Síndico Profissional - Jornalista Especializado, colunista da revista Direcional Condomínios
Área de atuação: bairros Cerqueira Cesar/Jardins e Pinheiros
https://luizleitaosindicoprofissional.wordpress.com/

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.