O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

Kleydson Maia

O síndico pode proibir a instalação de um serviço?

Por Kleydson Maia
Perguntou há 88 dias

Hoje é um feriado que foi antecipado em meu estado. Há uns dias, adquiri um pacote de internet, e a empresa agendou a instalação para hoje, às 13h. O síndico chegou esbravejando todo deselegante e mal educado, quem havia permitido a entrada da equipe no condomínio. Em seguida, disse que naquele horário (entre 12h até 14h), não era permitido fazer serviços. E depois afinou que aquele dia se tratava de um feriado, então era proibido fazer o serviço em qualquer hora do dia. E que isso estava na escrito na convenção.

Gostaria de saber se o síndico pode fazer esse tipo de proibição, e seu pelo meu relato eu infringi alguma "regra". E também se ele pode proibir algum serviço desse tipo por ser feriado?

P.S. na convenção não cita nada parecido ou nada que possa ser interpretado dessa forma.

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (4)

Ordenar:

CLAUDIO FAGUNDES SARAIVA FILHO
CLAUDIO FAGUNDES SARAIVA FILHO

Respondeu há 88 dias

Kleydson,

Normalmente os condomínios proíbem as instalações reformas, mudanças, recebimentos de coisas grandes etc em feriados e fins de semana. Normalmente isto esta na convenção ou no RI.

Mas como você disse, se feriado era hoje, mas foi antecipado, "hoje" passa a ser dia normal...
E o sindico esta errado.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Paulo Rodrigues de Moura
Paulo Rodrigues de Moura

Respondeu há 88 dias

Boa tarde! Serviços essenciais normalmente não é vetado em regras internas, melhor proibido fazer em domingos e feriados ao contrário de reforma e mudança.

Sindico não tem autonomia para proibir nada, este deve-se preocupar em cumprir e fazer cumprir a Convenção, Regulamento Interno e as deliberações da assembleia.

Fonte: 12

Assinatura: paulosindicoprofissional@outlook.com 11 98440-4093.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez

Respondeu há 88 dias

Kleydson você nos diz que foi antecipado um feriado. Ocorre que em algumas cidades houveram acordos entre os sindicatos patronais e dos empregados para que os funcionários trabalhassem normalmente e sem horas extras nas antecipações e folgassem nos dias em que normalmente os feriados ocorreriam. Isso porque manter todo o Staff trabalhando no regime de horas extras seria muito caro aos condomínios. Essa é uma possibilidade: a despeito dos decretos governamentais os condomínios simplesmente seguiram suas rotinas.

Outra possibilidade é que, a depender do Staff, em horários de almoço do zelador não sejam agendados serviços por absoluta falta de quem acompanhe os prestadores.

Só que se o assunto não consta em convenção, RI ou foi disciplinado em assembleia você não teria como saber, certo? Porque só pela cabeça do síndico não se faz regras.

Esse seu serviço dependia que os prestadores adentrassem em áreas exclusivas, certo? E quando isso acontece é o condômino quem acompanha o prestador ou fica a cargo de um funcionário do condomínio?

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Sheler Laudos e Inspeções
Sheler Laudos e Inspeções

Respondeu há 71 dias

Olá Kleydson, se não está explícito na convenção, o síndico não poderia ter proibido a instalação do serviço.

Assinatura: Shelter Laudos e Inspeções (https://www.shelterlaudoseinspecoes.com/)

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.