O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

Priscila Saint

Água voltando do ralo quando outro apartamento lava roupa

Por Priscila Saint
Perguntou há mais de 1 ano

Boa noite, prezados.
Moro nesse condomínio há quase 11 anos, e desde o início sofro com o mesmo problema. Ocasionalmente ocorre uma inundação na lavanderia. Os apartamentos acima do meu, moro no 2 andar, quando lavam roupa e a máquina expulsa a água, simplesmente retorna pro meu ralo. Minha cozinha sempre ficava molhada. Na época os síndicos sempre limpavam a gordura, e tudo mais, e depois voltava ao normal. Exatamente neste ano, o problema voltou, porque trocaram todo o pessoal, e nunca mais limparam essa parte. Um dia, enquanto dormia, acordamos com a casa completamente inundada, chegou até no quarto do meu irmão, chegando molhar até o colchão dele, quase molhou o vídeo game. Molhou minha estante, ela está podre, meu sofá. A síndica nem quis vir pra olhar, simplesmente mandou um cara que cobrou 250 reais pra "desentupir". Porém dias depois voltou a alagar, chegando na minha sala de novo. A síndica disse que isso acontece muito no 2 andar, o cara voltou, e desentupiu. Minha dúvida é a seguinte: todas as vezes em que uma pessoa lava roupa, meu apartamento alaga, é de fato um entupimento no meu apartamento? Porque quando lavo as roupas, não entope e a máquina dispensa a água normalmente. Eu tenho que pagar os custos disso ou o condomínio que deve se responsabilizar? Sendo que sofro com esse problema desde quando mudei pra cá. E amenizou porque os síndicos anteriores mantinham a manutenção, agora ninguém limpa, e não tem uma empresa pra fazer isso. Posso reaver o dinheiro que gastei?
Agradeço se puderem me responder.

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (2)

Ordenar:

Geraldo Majella da Silva
Geraldo Majella da Silva

Respondeu há mais de 1 ano

Priscila isto pode estar acontecendo, porque o apto de cima, talvez, fez um reforma e instalou um cano de 50 mm para a saída da água da máquina dele, esquecendo que a tubulações antigas, talvez, sejam de ferro ou de dimensões menores que 100 mm, usando a de 75 mm que não suporta a pressão que a maquina lança suas águas direto nesta tubulação.
Quando isto ocorre, a água da maquina tem que ser lançada dentro do tanque, neste caso, a água desce lentamente pela ralo do tanque, não ocasionado problemas na tubulação. Converse com o seu vizinho e peça ao mesmo colocar um prolongamento na manqueira da maquina e colocá-la dentro do tanque. No final desta manqueira tem que ter um peso de 300 gramas ou mais para conter a pressão da água e manter a manqueira dentro do tanque. Veja se isto resolverá o seu problema de 11 anos. Caso contrario volte aqui e nos conta o que houve, ou chame algum especialista, neste caso um Engenheiro. 0k

Fonte: Pessoal

Assinatura: Geraldo Majella da Silva

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Gilmar Marçal da Rosa
Gilmar Marçal da Rosa

Respondeu há mais de 1 ano

OI PRISCILA!
TERIA QUE ANALISAR MELHOR ESSA QUESTÃO, SE ESSA ÁGUA RETORNA PELO SEU RALO, É POR QUE EXISTE UM PROBLEMA NA COLUNA DO PRÉDIO.
TERIA QUE VERIFICAR COM UM ENGENHEIRO, SE A QUESTÃO É PROBLEMA DE ENTUPIMENTO OU SE A COLUNA NÃO COMPORTA A QUANTIDADE DE ÁGUA INSERIDA NELA?
SE A QUESTÃO É ENTUPIMENTO, CABEE A TODOS OS CONDÔMINOS PARTICIPAREM DO RATEIO, SEM DISCUSSÃO.
UM ABRAÇO!

Assinatura: MARÇAL - Síndico Profissional - (Porto Alegre - RS)
E-mail: marcal627@gmail.com - Tel.(51) 986366900
Bacharel em Administração de Empresa

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.