O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×

Pergunta

WhatsApp
LinkedIn
Mariana

prédio de 1987 (Praia Grande) sem vaga pra todos os condôminos

Por Mariana
4 dias

Em um prédio construído por volta de 1987, a matrícula de cada apartamento consta uma vaga de garagem. Mas na verdade existem 40 apartamentos e apenas 20 vagas (com aprovação da Prefeitura). Um condômino que comprou apto neste prédio há 3 anos pode pedir algum tipo de indenização, já que na matrícula consta a vaga, mas na verdade ela não existe?

Responder esta pergunta

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (7)

Eliasar Pereira Eduardo
Eliasar Pereira Eduardo respondeu
4 dias

Mariana, boa tarde. Pedir ele pode, ganhar é que são elas. Ele tem que entrar na justiça contra o vendedor, que foi que o ludibriou. Por isso é preciso vistoriar o imóvel atentamente.

Osni - PROCOND
Osni - PROCOND respondeu
4 dias

Sra. Mariana,
Precisa ver o que está na Convenção Condominial.
O condomínio pode ter vagas "rotativas".....até mesmo por ser de veraneio.

WWW.PROCOND.COM.BR - Assessoria, Consultoria, Sindico e Administração Condominial
www.SeuCondominioLegal.com.br | contato@procond.com.br | (13) 98119999

Paulo Rodrigues de Moura
Paulo Rodrigues de Moura respondeu
4 dias

Boa tarde! A quem? Nem a construtora por ter se passado tanto tempo.

Fonte: 12

paulorodrbiguesmoura@hotmail.com
(11) 98440-4093

JOSE LOPES GOMES
JOSE LOPES GOMES respondeu
3 dias

Mariana - precisa ler a convenção condominial e regulamento interno para saber a respeito. Talvez, as vagas são limitadas a 20 e rotativas, estaciona que chegar primeiro.

Se não for, ele tem que ir através do vendedor que o enganou.

José Lopes (lopesjg@uol.om.br)- Consultoria em RH/DP e Sindico Profissional. Gestão e Assessoria em analise de prestação de contas e operação.

Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez respondeu
3 dias

Ao condomínio não. Ele que peça indenização a quem vendeu a unidade a ele.

Gestora de Imóveis - Graduada Universidade CESUMAR. Pós Graduada SENAC. Mediação e Arbitragem TASP.
contato: mari.marta_imoveis@hotmail.com

Geraldo Majella da Silva
Geraldo Majella da Silva respondeu
3 dias

Mariana - Quando ao condômino acionar o condomínio na justiça, porque, se não foi o condomínio que construiu a edificação e nem lhe vendeu o imóvel. O que ele quer, arranjar um problema para os condôminos com a intenção de levar vantagem por este ato, pois da cabecinha Juízes poderá sair qualquer decisão.
Mariana na matricula do seu imóvel não poderá constar um aberração como esta que está mencionando. Poderá constar que cada unidade tem o direito de uso das vagas existentes. Assim mesmo, na sua convenção deve constar o modo de uso das vagas existentes, por cada unidade ou condômino. Confere os dois documentos e depois posta aqui novamente, clicando em responder. 0k

Fonte: Pessoal

Geraldo Majella da Silva

Mariana
Mariana respondeu
1 dia

Mariana respondendo: na Matrícula consta "cabendo-lhe direito a uma vaga na garagem coletiva". Este é o problema, pois a garagem coletiva tem poucas vagas e não comporta um veículo por condômino. Neste caso, o proprietário pode se voltar contra quem?

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação
Entenda como funciona
Ranking geral

Faça suas cotações agora:

110.748 Compradores
346.199 Cotações
2.784 Fornecedores

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...