O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×
Cadastrar
Entrar
Cotar Pedir orçamentos
Seja um fornecedor
menu

Pergunta

WhatsApp
LinkedIn
FLAVIA MARTINS LUCIO

Como provar que comprei apto com garagem?

Por FLAVIA MARTINS LUCIO
50 dias

Meu prédio tem 28 aptos e vaga para 25 condôminos, alguns aptos foram vendidos com vaga (e com recibo a parte pela compra)e outros foram vendidos mais baratos por não terem vaga. Porém na convenção fala se que as vagas são rotativas e quem comprou sem vaga quer usufruir destas 5 vagas rotativas. Como provar que fomos enganados?

Responder esta pergunta

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (5)

Paulo Rodrigues de Moura
Paulo Rodrigues de Moura respondeu
50 dias

Bom dia! No contrato e na matrícula tem,quem comprou com direito usuflui da de direito e das rotativas ,quem não vai usufluir apenas das rotativas.

Não há tamanha inocência a ponto de usar a palavra " fomos enganados".

Fonte: 12

paulorodrbiguesmoura@hotmail.com
(11) 98440-4093

Luiz Leitão da Cunha
Luiz Leitão da Cunha respondeu
50 dias

Se a sua escritura o compromisso de compra e venda mencionam a vaga, você tem direito a ela. O trmo rotativo significa apenas que as vagas são indeterminadas, quem chega antes vai estacionado naquela que achar melhor. Inclusive, que tem vaga paga condominio sobre uma fração ideal maior. Cadê o síndico? Chama o síndico!!

Luiz Leitão da Cunha | Atuação em São Paulo, nos bairros Jardins, Pinheiros, Bela Vista, Paraíso e Itaim-Bibi.
https://luizleitaosindicoprofissional.wordpress.com
Colunista da revista Direcional Condominios

Gilmar Marçal da Rosa
Gilmar Marçal da Rosa respondeu
50 dias

Oi Flávia!
O ideal é consultar um advogado para verificar documentações do prédio, desde sua origem, para verificar o que houve?
Um abraço!

MARÇAL - Síndico Profissionalmente - (Porto Alegre - RS)
E-mail: marcal627@gmail.com - Tel.(51) 986366900
Bacharel em Administração de Empresa

Eliasar Pereira Eduardo
Eliasar Pereira Eduardo respondeu
50 dias

Flavia, boa tarde. Cuidado, existem armadilhas, aqui em nosso condomínio, quando você lê na escritura, fica entendido que você tem uma vaga, pois anotam da seguinte forma, unidade de número tal e vaga na garagem, quando o correto é discriminar a vaga citando áreas e confrontações, se sua unidade tem a vaga registrada em cartório, não precisa se preocupar é sua, caso alguém a ocupe será invasão. Neste caso, o melhor a fazer é pedir a orientação de um advogado especialista em direito imobiliário, pois o patrimônio está em risco e como lemos aqui, vemos que a maioria dos síndicos não têm experiência ou conhecimento suficiente, podem acabar cedendo a pressão. Pois a maneira de provar é através dos contratos assinados com a construtora ou escritura devidamente registrada.

Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez respondeu
50 dias

Explica melhor:

1. Vinte e oito apartamentos e vinte e cinco condôminos com vagas. De onde surgiram essas cinco vagas rotativas? No total existem quantas vagas?

2. Por que a vaga foi vendida em documento apartado da unidade?

3. Confrontando sua escritura com a convenção do condomínio elas são conflitantes?

Gestora de Imóveis - Graduada Universidade CESUMAR. Pós Graduada SENAC. Mediação e Arbitragem TASP.
contato: mari.marta_imoveis@hotmail.com

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação
Entenda como funciona
Ranking geral

Faça suas cotações agora:

111.294 Compradores
347.818 Cotações
2.769 Fornecedores

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...