O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×
Cadastrar
Entrar
Cotar Pedir orçamentos
Seja um fornecedor
menu

Pergunta

WhatsApp
LinkedIn
Maxsuel

oq eu faço quando não sou liberado para usar as áreas comuns do condomínio?

Por Maxsuel
38 dias

Faz 5 meses q fui morar no Ap de um casal de amigos, fiz meu cadastro como morador, mas não sou liberado para utilizar as áreas comuns! O Adm do condomínio disse q é por fofoca , que algumas pessoas dizem q não moro lá, mesmo a Adm tento acesso as minhas digitais . Entro e saio todos os dias, e coloco minha digital pra ser liberado nas portarias . Mas isso não é o suficiente pra provar q sou morador! Não sei mais oq fazer, já falamos com síndico, e o mesmo disse q eu seria liberado, e não fui! Já falamos com todas pessoa possíveis, e ainda ouço desaforo de funcionários e pessoas q fazem parte do conselho, dizendo q não sou morador, q apenas estou passando uma temporada... já faz mais de 5 meses q moro e sou cadastrado, mas não posso utilizar as áreas comuns! Oq eu faço? A quem eu recorro?

Responder esta pergunta

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (9)

Derek
Derek respondeu
38 dias

Maxsuel, nesse tipo de caso eu sempre me baseio no ponto de vista dos funcionários pois eles conhecem a rotina do condomínio. É estranho que o fato de você morar na unidade ainda seja uma dúvida depois de 5 meses e como você já conversou com as pessoas que poderiam resolver o impasse resta a vocês procurarem a justiça.

Paulo Rodrigues de Moura
Paulo Rodrigues de Moura respondeu
38 dias

Bom dia! O titular do imóvel que tem que resolver isso, mesmo que tenha que recorrer a justiça.

Fonte: 12

paulorodrbiguesmoura@hotmail.com
(11) 98440-4093

Gilmar Marçal da Rosa
Gilmar Marçal da Rosa respondeu
38 dias

Oi Maxsuel!
Quando está neste ponto, o ideal é buscar o judiciário.
Um abraço!

MARÇAL - Síndico Profissionalmente - (Porto Alegre - RS)
E-mail: marcal627@gmail.com - Tel.(51) 991098649
Bacharel em Administração de Empresa

Luiz Leitão da Cunha
Luiz Leitão da Cunha respondeu
38 dias

Notifique o sindico para que libere seu acesso e repreenda os funcionários que lhe fazem desaforos, pois isso não é conduta de profissionais. Se o sindico não liberar seu acesso, entre com uma ação gratuita de Obrigação de Fazer no juizado especial civel, para que o sindico lhe conceda o acesso às areas comuns, como morador que você é.

Luiz Leitão da Cunha | Atuação em São Paulo, nos bairros Jardins, Pinheiros, Bela Vista, Paraíso e Itaim-Bibi.
https://luizleitaosindicoprofissional.wordpress.com
Colunista da revista Direcional Condominios

Habitat Administradora de Condomínios

Prezado, por tudo que foi relatado acreditamos que ja não lhe resta mais nada a não ser a busca por uma solução no judiciário. Procure o CEJUSC de SP, uma simples carta convite para participação de uma conciliação judicial provavelmente vai impor respeito o suficiente para mudar essa situação

Habitat Administradora de Condomínios - Sua tranquilidade, Nossa missão!
Site: www.habitatadm.com.br
Email: contato@habitatadm.com.br
Tel: (11) 3834-2180

Danimar
Danimar respondeu
38 dias

Apresente o contrato de locação para que você prove que não está com contrato de locação temporário.

Fonte: Danimar - Guarujá

DANIMAR ADMINISTRAÇÃO - GUARUJÁ/SP

Adonis Cavalcante
Adonis Cavalcante respondeu
38 dias

Boa Tarde;

Sr. Maxsuel analiso seu caso, com cautela, peça ao proprietário do imóvel a copia da convenção do condomínio (atualizada), veja nela se há clausulas que indiquem direitos e deveres de locatários e comodatos e temporada.

Havendo, ressalvas, indico seguir o disposto em convenção "agregando a luz da lei(código civil)".
Há duas hipóteses:

A- Locatário, comodato, temporada com direito a uso de áreas comuns, ex: piscina, sauna, etc.
Art. 1228 e 1335, II do Código Civil

B- Locatário, Comodato, temporada sem direito a uso de áreas comuns, com base na norma art. 1.331 do Código Civil.

OBS: leia a convenção condominial veja qual vertente normativa ela segui.

De qualquer forma indico a principio, contrato com proprietário de comodato e ou locação.

Abç.

Fonte: Codigo Civil

uAdonis Cavalcante.
Administração de Bens Imóveis São Paulo (Capital).
Gestor Condominial.
(011) 930050049.
adonis_cavalcante@hotmail.com
https://www.linkedin.com/in/adonis-cavalcante-bb264a197/

Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez respondeu
37 dias

Maxsuel em São Paulo o CEJUSC atua bem. Tente o pré-processual ou JEC, ambos sem custo. CEJUSC é mais rápido mas no pre processual a adesão é voluntária.

Gestora de Imóveis - Graduada Universidade CESUMAR. Pós Graduada SENAC. Mediação e Arbitragem TASP.
contato: mari.marta_imoveis@hotmail.com

Adonis Cavalcante
Adonis Cavalcante respondeu
37 dias

Bom dia;

Sr. Maxsuel,

Não se infla o judiciário com temas que podem seguir normativas internas ex: convenção e regimento interno.

E eu como profissional da área jurídica, te digo mais..." Nem sempre a DIREITO quando se busca a JUSTIÇA".

Obs: E vou aqlém como você provaria ao judiciário, que você é morador do condomínio, sem contrato de comodato e ou locação...

Faz o que já indiquei, se formaliza aí no condomínio junto aos proprietários.

Vai por mim.

Abç.

Fonte: .

uAdonis Cavalcante.
Administração de Bens Imóveis São Paulo (Capital).
Gestor Condominial.
(011) 930050049.
adonis_cavalcante@hotmail.com
https://www.linkedin.com/in/adonis-cavalcante-bb264a197/

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação
Entenda como funciona
Ranking geral

Faça suas cotações agora:

111.294 Compradores
347.818 Cotações
2.769 Fornecedores

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...