O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

Ferias de funcionarios....

Por marcela
Perguntou há mais de 1 ano

Meu condominio tem funcionarios com ferias 8 ferias vencidas, como proceder?

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (5)

Ordenar:

Maria Telma Falcão de Carvalho
Maria Telma Falcão de Carvalho

Respondeu há mais de 1 ano

Marcela,
Quando um funcionário tem direito a férias, uisto é, quando completa um ano de trabalho ele tem direito a tirar férias. Após essa data você ainda dispões de 11 meses para conceder as férias para ele sob pena de ter de pagar em dobro.

Se tem funcionário com 8 férias vencidas, em 8 anos o funcionário nunca tirou férias?
Então eu só posso lhe dizer que prepare o bolso. Como é que você deixou a coisa chegar a esse ponto?
Existe a CLT e voc~e deve segui-la como se fosse uma bíblia. Isso é muito sério e seu condomínio está seriamente comprometido.
Sinto muito. Você não tem administradora? Não foi orientada pelo contador?

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Angelina Somolanji R. Oliveira
Angelina Somolanji R. Oliveira

Respondeu há mais de 1 ano

Isto não é possível? Será que ele não tirou em dinheiro as férias e não descansou? Isto não é certo de modo nenhum, mas alguns fazem isto (vender as férias). Se não é isto o melhor é fazer um acerto com o funcionário (com ajuda da administradora) e dar as férias de imediato. Por exemplo dê duas férias seguidas, depois trabalhe mais um mês, então dê mais duas até acertar. Ou já dê as oito férias do funcionário e contrate um temporário para o lugar. De qualquer modo isto vai ficar bem caro.
Isto será possível se o funcionário aceitar e mesmo assim ele pode entrar com processo trabalhista contra o prédio. Aí a conta fica mais alta ainda.
Boa Sorte.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
E. Rui Franco
E. Rui Franco

Respondeu há mais de 1 ano

Marcela, Há obrigatoriedade de após 12 meses de trabalho, em outros 12 meses conceder férias. Porém, alguns funcionários recebem em R$, mas para isso asinam o recibo e não pode assinar cartão ponto etc etc etc. Isso não é legal, mas é usual.
Passado esse período, o aquisitivo e o de gozo, as férais são devidas em dobro. Se houver comprovantes assinado, tudo bem, se não houver, se prepare para rateioextra, e se ele for na DRT, prepare para dor de cabeça. Gosto muito do seu Estado, Morei em Boa Viagem, e trabalhava em Paulista e Abreu e Lima, na antiga Carrier, Era Gerente Regional do NE e estava baseado em Recife.
Boa sorte.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Rafael R S Lima de Siqueira
Rafael R S Lima de Siqueira

Respondeu há mais de 1 ano

Marcela,

Realmente isso aconteceu? 8 Anos sem férias? As férias não foram pagas/vendidas?

Boa sorte,

Assinatura: RR S Lima de Siqueira
Subsíndico
Site: www.havilah.16mb.com

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Luiz Leitão da Cunha
Luiz Leitão da Cunha

Respondeu há mais de 1 ano

Oito férias vencidas? Há multa. Programe logo essas férias e começe a regularizar a situação.

Assinatura: Luiz Leitão da Cunha

Atuação: Jardins, Região da Av. Paulista, Itaim Bibi e Pinheiros.Idiomas: inglês e espanhol.
lmleitao@outlook.com

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação
Entenda como funciona
Ranking geral

Faça suas cotações agora:

7.146 Compradores
14.703 Cotações
6.000 Fornecedores
Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.