O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

Ana claudia passanezi

Os filhos do meu marido estão sendo considerados visitantes , e sendo proibidos de utilizar a piscin

Por Ana claudia passanezi
Perguntou há mais de 1 ano

Eles nos visitam a cada 15 dias , e passam metade das ferias conosco . Hoje , o sindico me disse que caso utilizem novamente , seremos multados , pois eles só vêem aqui aos fds , e por isso sao considerados visitantes . Achei,um absurdo , esta correto ?

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (22)

Ordenar:

Anônimo
Anônimo

Respondeu há mais de 1 ano

Ana

não esta errado, notifique o sindico apresentando a certidao de nascimento e declarando os meninos como moradores.
a frequencia que esses moradores visitam o pai ou utilizam a piscina não é da conta nem do condominio , nem do sindico.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
nilo de araujo borges junior (advo)
nilo de araujo borges junior (advo)

Respondeu há mais de 1 ano

Prezada ana. Você mesmo diz que "eles nos visitam a cada 15 dias", ou seja, você os considera visitas. por que o síndico pensaria diferente. O síndico está certo pelas suas próprias palavras. Nilo de Araújo Borges Junior

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez

Respondeu há mais de 1 ano

Ana embora existam outras interpretações eu considero que filhos menores de idade serão considerados residentes na casa do pai enquanto estiverem sob os cuidados dele. A criança têm duas casas, duas referências e eu não impediria que usassem a piscina.

Melhor seria que o condomínio definisse claramente o que vocês vão considerar visitante. Ou tirar visitante e colocar "morador e seus familiares diretos (mulher e filhos) sendo as exceções examinadas caso a caso pela assembleia ou conselho.

Force a barra, mande o assunto para a assembleia. Boa sorte

Abraços

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Angela Merici Grzybowski
Angela Merici Grzybowski

Respondeu há mais de 1 ano

Ana, a pergunta a ser feita é: os filhos visitam o pai ou moram com o pai?
Se moram, são moradores e podem usar as áreas comuns (o que inclui a piscina) se não moram, são visitantes e não podem usar as áreas comuns, cuja destinação é uso de moradores.
Simples assim, absurdo ou não.
Se todos os moradores levarem seus visitantes à piscina e outras áreas comuns, os moradores efetivamente não terão como usufruir dessas áreas.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
nilo de araujo borges junior (advo)
nilo de araujo borges junior (advo)

Respondeu há mais de 1 ano

Ana Claudia Costumo rever tudo o que digo e escrevo. quem sabe achamos uma solução. Mas, antes, me informe, qual a idade deles e quantos são ? Nilo de Araújo Borges Junior

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
nilo de araujo borges junior (advo)
nilo de araujo borges junior (advo)

Respondeu há mais de 1 ano

Esqueci de perguntar: quem é o condômino ? o proprietário do apartamento ? desculpe essas perguntas intimas mas tudo precisa ser analisado, para tirarmos proveito do que for possível. Nilo de Araújo Borges Junior

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez

Respondeu há mais de 1 ano

Angela a pergunta a ser feita é: como fica no caso de guarda compartilhada? Eu me recuso a aceitar que filho menor de idade é visita na casa do pai. Mas com bons argumentos eu até revejo minha posição. Tempos modernos.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Angela Merici Grzybowski
Angela Merici Grzybowski

Respondeu há mais de 1 ano

Amiga, guarda compartilhada é mais que visitas aos finais de semana, normalmente a criança passa alguns dias da semana com o pai e o restante da semana com a mãe.
A Ana disse que as crianças visitam o pai, ou seja, moram com a mãe, então não é guarda compartilhada e eles são sim visitantes e não podem usar a piscina.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Anônimo
Anônimo

Respondeu há mais de 1 ano

Forum

Vai entender a cabeça das pessoas ne???

a empregada que mora ou vai todos os dias no edificio tem o direito de frequentar a piscina. OK correto

os filhos do zelador tem o direito de frequentar a piscina.OK correto

os filhos do proprietarios, herdeiros naturais da propriedade, existem restrições.

Como é que pode????

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ana claudia passanezi
Ana claudia passanezi

Respondeu há mais de 1 ano

As crianças tem 3, 5 e 9 anos . Eu morava neste imóvel com meu ex marido , e na separação , fiquei com o apartamento . Agora estamos morando juntos no imóvel . As craúnas freqüenta lá piscina a mais de ano , e agora o síndico alega que houve uma denúncia de um morador , relatando que eu utilizo a piscina com meu " namorado " e filhos . Tentei explicar que conforme regulamento , e proibido a entrada de visitantes , sendo que visitantes , ao meu ver são primos, amigos ou familiares , nao filhos menores do morador do imóvel . O síndico foi muito arrogante , dizendo sobre sua experiência em administrar condomínios . Como posso resolver a situação ?

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ana claudia passanezi
Ana claudia passanezi

Respondeu há mais de 1 ano

Quando mencionei guarda compartilhada , quis dizer que durante a semana algumas vezes eles também vem dormir aqui . Isso nao e uma regra , pois as vezes meu marido precisa viajar a trabalho , e aí eles não vem

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Anônimo
Anônimo

Respondeu há mais de 1 ano

Ana

Notifique esse idiota, declarando as crianças como moradores e ponto final.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez

Respondeu há mais de 1 ano

Ana desta vez eu discordo total da Ângela e entraria com as crianças na piscina normalmente, Multou? Defenda-se na assembleia de acordo com as normas convencionais; não reverteu? Que vão para a justiça. É radical, eu sei, mas ninguém me convence que a casa do pai não é também a casa de sua prole menor de idade.

Seria diferente se fossem jovens maiores de idade; mas criança sob a responsabilidade do pai fica onde o pai estiver. Desculpe Ângela mas eu não considero visita uma criança na casa de qualquer dos seus guardiões.

Abraços

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ana claudia passanezi
Ana claudia passanezi

Respondeu há mais de 1 ano

Roberto , Marta , como devo fazer esta notificação ? Quais provas vcs acham que preciso reunir ? Os nomes já estão no caderno de moradores . Nao sei mais o que fazer .

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez

Respondeu há mais de 1 ano

Se é para radicalizar o próprio acordo assinado na justiça que o pai tem o direito de FICAR COM OS FILHOS (e não visitar os filhos) em dias alternados. E que portanto, enquanto os filhos estão sob a custódia do pai eles ficam onde o pai estiver.

Eu entendo que visitação seria o contrário: o pai indo ver os filhos na casa da mãe deles. Minha visão, ok? Mas eu não iria engolir essa de jeito nenhum.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
nilo de araujo borges junior (advo)
nilo de araujo borges junior (advo)

Respondeu há mais de 1 ano

Ana cada vez que leio fico mais confuso. Vamos nos concentrar no imóvel que tem a piscina e que o síndico criou o problema. Quem é o condômino (proprietário) ? quem mora lá ? Responda só isso e depois continuamos. Vamos procurar uma saida rápida e eficaz Nilo de Araujo Borges Junior

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Angela Merici Grzybowski
Angela Merici Grzybowski

Respondeu há mais de 1 ano

Engraçado vcs, crianças sempre podem tudo?!?! É por isso que os jovens estão cada vez mais sem limites
.
Amiga, eu (que não sou criança) visito minha mãe todos os dias, tenho quarto no apto dela e algumas vezes durmo com ela; nem por isso posso ser considerada moradora.

Mas, quem quer brigar, se apega às vírgulas e briga.

Em condomínio se um pode todos podem, abrir exceções às regras é um risco, qdo tentarem usar a piscina e estiverem os visitantes dos vizinhos não reclamem.
Boa sorte.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Marisa Marta Sanchez
Marisa Marta Sanchez

Respondeu há mais de 1 ano

Angela essa é a questão: você visita sua mãe; as crianças estão sob a guarda do pai.

Nilo o apartamento é da madrasta e do pai das crianças. Pelo que eu entendi o pai não tem a guarda compartilhada mas tem o direito de ficar com os filhos metades das férias e finais de semana alternados.

Axé

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Ana claudia passanezi
Ana claudia passanezi

Respondeu há mais de 1 ano

O apartamento e meu , mas acho que o que importa e quem reside , caso contrário inquilinos nao iriam poder utilizar a piscina , nao e mesmo . Moramos juntos e dividimos nossas contas . Com relação a adultos que visitam seus pais, eu também visito os meus , mas nao considero justo freqüentar a piscina da casa deles , sendo que possuo minha própria residência . No caso de crianças , e diferente , pois menores nao são responsáveis por si próprios , nao pagam suas contas nao respondem por si, nao e mesmo ?

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Lucas Silva
Lucas Silva

Respondeu há mais de 1 ano

Ao meu ver, o sindico nao tem bom senso quanto a essa questão, que vem ele recebendo essa ''denúncia'' parece que são adolescentes que estão causando baderna numa simples piscina, este síndico não deve ser pai eu acho, pois querer levar adiante uma situação dessas só queima a imagem dele, tem muitas outras coisas que ele síndico precisa se concentrar para resolver no condomínio, do que ter que brecar crianças de frequentarem a piscina, onde o pai dessas crianças paga a taxa condominial e todos os seus deveres e não querem deixar seus filhos brincar na piscina, pois não moram com ele....

Tem pessoas aqui dando exemplo de um marmanjo de 40 anos com uma criança de 9, são cenários completamente diferentes..


Ao meu ver síndico pisou na bola e o tal condômino que ''denunciou'' pior ainda.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
nilo de araujo borges junior (advo)
nilo de araujo borges junior (advo)

Respondeu há mais de 1 ano

Pessoal acho que agora entendi. Eles são filhos naturais e legais de morador (com quem a condômina, mantém vinculo matrimonial). Assim eles têm o direito de usar da piscina. Peçam o auxilio do Conselho Tutelar pois os menores estão sofrendo assédio moral por parte do síndico . Nilo de Araújo Borges Junior

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
ana carolina mattos
ana carolina mattos

Respondeu há mais de 1 ano

Claro que são tipificados como visitantes. Não residem, não coabitam. Mesmo menores ou com guarda compartilhada são visitantes. Está claro na pergunta o termo "ELES NOS VISITAM". Pelo que entendi o documento "declaração", serve para obter êxito na pretensão. Isso demonstra a intensão em conseguir sobre outras formas o direito que lhe negado, e negado de forma justa.

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.