O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Pergunta

Marlene Burack

Sistema de alarme de incêndio é obrigatório?

Por Marlene Burack
Perguntou há mais de 1 ano

Estamos providenciando o AVCB e fomos informados que precisamos instalar sirene de alarme no caso de um incêndio, Isso é obrigatório? Qual é a lei que determina isso?

Responder esta pergunta
WhatsApp
LinkedIn

Aviso: O portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo ou mensagens veiculados nesse espaço.


Respostas (7)

Ordenar:

AUGUSTO VONGRAPP
AUGUSTO VONGRAPP

Respondeu há mais de 1 ano

ABNT NBR 17240. Como não sei seu estado, estou levando em consideração São Paulo. Lá na parte da fonte coloquei o link da obrigatoriedade do sistema.

Fonte: http://www.cbm.pi.gov.br/download/201404/CBM16_4394fb5577.pdf

Assinatura: Augusto Vongrapp
Síndico Profissional.
Estudante de direito

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Geraldo Majella da Silva
Geraldo Majella da Silva

Respondeu há mais de 1 ano

Marlene - Desconheço esta obrigatoriedade em Lei, portanto solicite a quem lhe deu esta informação em qual Lei ele esta se baseando. Caso seja ABNT, não é Lei, são normas, portanto não existira a obrigação da instalação do sistema de alarme contra incêndio. 0k

Fonte: Pessoal

Assinatura: Geraldo Majella da Silva

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Farah & Laurindo Sociedade de Advogados
Farah & Laurindo Sociedade de Advogados

Respondeu há mais de 1 ano

O AVCB exige muitas regras sim, contrate uma empresa séria, pois os meros detalhes pode prejudicar a sua obtenção.

Assinatura: Rodrigo B.KG.Laurindo
Advogado e Síndico Profissional
www.farahlaurindo.com.br

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
just & just
just & just

Respondeu há mais de 1 ano

Bom Dia
Marlene
Quem lhe informou,o Corpo de Bombeiro,empresa contratada ou terceiros?
Pois bem,caso seja o Corpo de Bombeiros,significa que você foi comunicada,pois o Vistoriador segue o que foi aprovado em projeto técnico de incêndio,portanto sendo esse o caso,Vossa devera providenciar.
Sendo empresa do segmento de prevenção de incêndio quem a informou,a mesma deveria estar em posso do referido projeto de incêndio,caso contrario a informação é nula.
Caso tenha sido terceiros sem a ciência do projeto,simplesmente desconsidere.
Nos dois casos subsequentes ao primeiro citado por mim,se nenhum deles;empresa ou terceiros não tiverem o referido e Vossa também não o possua,procure uma empresa do segmento para que possa orienta-la e executar o serviço com precisão.
A estrutura de prevenção contra incêndio depende de muitos fatores,entre eles a exigência ou não de tal equipamento.
Att;

Carlos Justo

Just & Just Instalações de Sistemas de Prevenção Contra Incêndio

carlosjusto890@gmail.com

justojust.blogspot.com.br

11 97800-8392 tim/whatsapp

Fonte: justojust.blogspot.com.br

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
HPSTELECOM
HPSTELECOM

Respondeu há mais de 1 ano

Prezada Marlene,

Conforme esclarecido por um colega, a NBR 17240 é uma NBR - Norma Brasileira e infelizmente não há obrigatoriedade de segui-la. Uma NBR somente se torna obrigatória, quando citada dentro de uma NR - Norma Regulamentadora, as quais tratam do conjunto de requisitos e procedimentos relativos à segurança e medicina do trabalho, de observância obrigatória às empresas privadas, públicas e órgãos do governo que possuam empregados regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).
Infelizmente no nosso país, a NEGLIGÊNCIA dos Sistemas de Detecção e Alarme de Incêndio, faz com que as próprias normas escritas para este fim não tenham sentido, ou seja, o sentido deveria ser proteger acima de tudo a VIDA.
Embora elas citem que protegem, realizando uma simples analogia eu demonstro que são compçltamente alheias em se tratando de vidas.
Observe, se você for a um hotel se hospedar, por exemplo um Hotel de 18 andares, 2 subsolos de garagens, notará que neste hotel existem todos os sistemas de detecção e alarme e incêndio bem como combate a incêndio : extintores, hidrantes, alarme e detecção de incêndio ( nas áreas comuns e nos quartos ), sprinklers ( nas áreas comuns e nos quartos ). Por que isto ? Porque se o proprietário não cumprir fielmente o que determina a Lei, este Hotel jamais poderá obter o Habite-se e consequentemente o Akvará de Funcionamento, em se tratando de Hotéis deste porte, a vida humana está em primeiro lugar, palmas para as Leis. Já os menores não, o tratamento é diferente.
Agora eu faço a pergunta : Qual a diferença entre um Hotel de 18 andares e um Condomínio Residencial de Apartamentos de 18 andares ?
Resposta : Muitas. Um condomínio de 18 andares possui uma cozinha por apartamento, os apartamentos possuem muito mais pontos de tomada para ligar aparelhos, os apartamentos não possuem sistemas de detecção de incêndio obrigatória logo se um incêndio se iniciar dentro do apartamento e seus ocupantes estiverem dormindo, morrerão asfixiados pela fumaça e depois serão queimados pelo incêndio pois mesmo com o Edifício equipado com detectores em suas áreas comuns, até o incêndio atingir os detectores, o fogo já e espalhou e vidas foram ceifadas.
E ainda existem trechos na norma e na isntrução técnica que isentam Edifícios que possuem interfone dos alarmes de incêndio, dependendo do ano em que o prédio foi construido ( absurdo, interfones detectam fumaça ou calor automaticamente ?). Bem há muito sobre o que falar mas se os profissionais que realizam os projetos e a população não se CONSCIENTIZAREM que não devem seguir normas ou Leis que não contemplem a VIDA como Prioridade , neste mundo onde a demanda de energia aumenta a cada dia, não preciso ser profeta para dizer que perderemos muitas pessoas se elas mesmo não tomarem medidas apropriadas, colocando detecção automática em suas casas para proteger a vida de seus entes queridos. Meu contato é (92) 99337-1074, minha home-page www.hopstelecom.com.br , fiquem a vontade para me procurar. Observe, nos USA e Europa são ítens obrigatórios.

Fonte: NBR 17240, IT-19 (SP) IT-11 (SP) , IT-22 (SP) NFPA 72

Assinatura: www.hpstelecom.com.br

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn
Maycon Chiceri
Maycon Chiceri

Respondeu há 11 meses

Prevenção não é gasto, é investimento. Infelizmente a mentalidade brasileira ainda é de que "só iremos colocar se for obrigatório". Apesar dos inúmeros casos nos últimos anos, o alarme de incêndio ainda é encarado como item acessório.
O síndico que se preocupa além das obrigações, como a vida dos condomínios, não pensaria duas vezes e contrataria um projeto para prevenção de incêndio. Vamos mudar essa mentalidade, pois a vida é o bem mais precioso. Grande abraço,

Assinatura:

Compartilhar
WhatsApp
LinkedIn

Conteúdos relacionados

Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.