O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Responder pergunta

Reinaldo Santos Almeida

Reinaldo Santos Almeida

Por Reinaldo Santos Almeida

Outras respostas (3)

CLAUDIO FAGUNDES SARAIVA FILHO
CLAUDIO FAGUNDES SARAIVA FILHO

Respondeu há 4 meses

Reinaldo,

Depende do tipo de trabalho, do local, se e' em altura, etc
De preferencia contrate empresas que já conhecem os procedimentos, normas de segurança, as certificações necessárias, os EPIs necessários e TEM seguro.

E' muito mais seguro para você e para o condomínio.

Paulo Rodrigues de Moura
Paulo Rodrigues de Moura

Respondeu há 4 meses

Boa noite! A segurança ocupacional nos condomínios são para lá de amadoras, isso vem dos sindicos que ocuparam a função sem saber o que de fato em termos legais o condomínio deveriam segurem, percebo que norma da BNT que não são leis muitos sindicos inclusive que usam a nomeclatura profissional falam que a norma determina isso e aquilo e o que são leis , são ignorado,mas vamos a sua pergunta.

1° o condomínio que tiver um síndico atenado com as leis contata serviço de segurança do trabalho decente para ministrar curso para o funcionário designado, como não tem profissionais para constituir uma CIPA então é designado um funcionário, este deveria receber curso com carga horária de 20 horas conforme define o governo federal via Ministério do Trabalho e Emprego,o que vemos no mercado não passa de 5 ou 6 horas, apenas com isso treinamento de 20 o condomínio teria internamente um profissional com instruções capaz de orientar todo e qualquer serviço que o condomínio vier a contratar neste sentido ( prevencionista) isso iria trazer segurança para toda a massa condominial, uma vez que quando acontece um acidente ,as investigações por parte da autoridade competente não é no endereço da empresa que o condomínio contratou,mas sim no local do evento ( acidente.

Considerando que a empresa está habilitada para trabalho em altura esta deveria apresentar ao contratante o certificado de treinamento CIPA ou designado;

Atestado de Saúde Ocupacional (ASO);

Programa de Prevenção dos Riscos Ambientais (PPRA)

Certificado de treinamento de trabalho em altura;

O serviço sendo executado por mais de um profissional cabe o certificado de primeiro socorros e a empresa também tendo uma boa política neste sentido pode ainda dispôr no local um quite de primeiro socorros.

CIPA ou designado NR 5;

ASO e Primeiros Socorros NR 7;

PPRA NR 9;

Treinamento em altura RN 35;

Tem ainda é de Equipamentos de Proteção Individual ( EPI) , essa é de n° 6.

Tem o seguro de vida, nota fiscal e a opção de contratar um profissional técnico habilitado para ser o responsável técnico pela excussão do serviço.

Veja que tudo isso tem um custo para quem contrata,mas tem a qualidade do serviço.

Diante de apenas um serviço podemos vê a legalidade das coisas , daí o que mais eu leio aqui são as afirmações que é obrigatório serviço até sem sentido ter um técnico responsável para emitir o termo de responsabilidade técnica isso só mostra que não é verdade tais afirmações.

Estamos longe de realmente temos em condomínio algo profissional e isso não culpa dos profissionais que oferecem o serviço,mas sim de quem contrata.

Luiz Leitão da Cunha
Luiz Leitão da Cunha

Respondeu há 4 meses

Certificado NR 35 de habilitação para trabalho em altura, seguro de vida e de responsabilidade civil.

Ranking do Mês

Usuários que mais respondem as perguntas

Pontuação
Entenda como funciona
Ranking geral

Faça suas cotações agora:

7.146 Compradores
14.703 Cotações
6.000 Fornecedores
Aviso importante:

As recomendações contidas nesta seção são realizadas pelos próprios usuários do Portal SíndicoNet, que não revisa nem controla as respostas apresentadas. Desta forma, o Portal SíndicoNet não assume nenhuma responsabilidade, a qualquer título, pela correção ou exatidão das respostas apresentadas, que são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Neste sentido, o Portal SíndicoNet não se responsabiliza por nenhum dano, a qualquer título, decorrente da utilização das recomendações contidas nesta seção. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.